13 de Outubro em Fátima “sim, mas sem peregrinos”. Delegada de Saúde espera que a Igreja se “porte bem”

Paulo Cunha / Lusa

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram “sem peregrinos”, esperando que a Igreja se porte “tão bem” como aquando do 13 de Maio.

“A minha posição é a posição que a Igreja adoptou para o 13 de Maio”, sustenta à agência Lusa Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública (USP) do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo.

“A Igreja que tão bem esteve no 13 de Maio, fazendo a transmissão das cerimónias para que todos as pudessem acompanhar, acho que agora em Outubro, para bem da população, para bem de todos, poderia também adoptar essa postura”, acrescenta esta responsável.

Maria dos Anjos Esperança observa que, “também o povo se portou muito bem no 13 de Maio, não se deslocou a Fátima, e compreendeu perfeitamente a situação que estávamos a viver”.

“Com o aumento do número de casos que tem havido ultimamente, não só no país como em muitos outros países da Europa, eu sou da opinião que cerimónias em Fátima sim, mas sem peregrinos“, insiste a delegada de Saúde.

No passado 13 de Setembro, o acesso ao Santuário de Fátima foi bloqueado quando o complexo religioso atingiu a lotação máxima permitida no contexto da pandemia de covid-19.

Nos últimos dias, chegou-se a noticiar que a Direcção Geral de Saúde (DGS) poderia permitir até um máximo de 50 mil pessoas no Santuário no próximo dia 13 de Outubro.

Mas a directora-geral da saúde, Graça Freitas, já veio referir que não parece “expectável” que aquele número se verifique, garantindo também que a DGS não foi contactada sobre a matéria.

“Não nos chegou nenhum pedido de parecer, nenhum plano de contingência, nenhuma planta do Santuário, e portanto, estando nós em situação de contingência, com uma epidemia a subir, e apesar de (nem) a DGS ou qualquer outra autoridade de saúde ter sido consultada sobre o assunto, não nos parece expectável 55 mil pessoas no santuário”, apontou Graça Freitas.

Sindicato denuncia “situações gravíssimas” com IPSS da Igreja Católica

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Centro (STIHTRSC) denuncia que cerca de 1.000 pessoas perderam o emprego em Fátima.

“As 170 unidades hoteleiras de Fátima são responsáveis por cerca de 2.000 postos de trabalho. Cerca de 50% dos trabalhadores são efectivos e os outros contratados a prazo e muitos no período sazonal. Portanto, cerca de 1.000 terão perdido o emprego“, aponta o presidente do STIHTRSC, António Baião.

O dirigente sindical alerta ainda que na restauração é mais difícil saber os números de trabalhadores que perderam o emprego, uma vez que “existe mais clandestinidade e trabalho não declarado”,

“A muitos, os patrões disseram-lhes vão para casa, metam baixa médica ou licença sem vencimento, porque os chamaremos. Sabemos que muitas unidades de restauração já abriram e muitos desses trabalhadores não foram chamados”, refere ainda.

António Baião critica ainda que em Fátima muitas unidades hoteleiras e instituições particulares de solidariedade social (IPSS) são geridas por “padres e freiras” que diz que “não respeitam os direitos dos trabalhadores”.

“Existem nestas unidades muitas situações de assédio laboral e de alteração de horários de trabalho, situações que são gravosas e feitas por instituições que são geridas pela Igreja Católica”, acusa ainda o sindicalista.

“Combatemos e denunciamos as práticas erradas de alguns padres e freiras, que se nos dirigem com palavras como solidariedade, fraternidade e respeito pelo próximo, que depois não são praticados”, lamenta a dirigente sindical Helena Cardinali.

Em algumas IPSS, verificaram-se “situações gravíssimas, de pessoas que estiveram 15 dias sem saírem da instituição e sem condições para descansarem”, aponta ainda Helena Cardinali.

Estavam como prisioneiras a trabalhar 24 sobre 24 horas, sem direito a estarem com a família e a ter vida própria”, refere também.

António Baião acrescenta que o Santuário de Fátima “terá revertido a posição do despedimento coletivo por despedimentos por mútuo acordo“.

“Há pessoas com idade mais avançada que estão a ser chamadas e pressionadas para rescindir por mútuo acordo”, denuncia ainda António Baião, considerando que a Igreja Católica está a passar “uma imagem para a sociedade portuguesa que não deve dar”. “Já basta aquilo que fazem as empresas privadas que querem o lucro”, conclui o presidente do sindicato.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Um dos problemas é o facto de os padres serem por ad hoc presidentes das IPSS’s da terra onde estão a exercer o sacerdócio. E então acumulam cargos para os quais não têm nenhuma competência! Depois surgem os “casos” e vem logo à baila que a Igreja Católica é isto e aquilo. Enquanto não existir um saneamento nas dioceses do Norte a fanfarra vai continuar. Para quem não sabe, alguns padres estão a receber 3000 euros por mês para celebrar 4 missas por cada fim de semana, (fica a 200 euros cada) e nos restantes dias coçam os ditos cujos, ou então vão dar aulas para o colégio do Sagrado Coração de Jesus, onde recebem mais uma boa maquia. Para quando uma investigação!?

Petição de Cristina Ferreira contra cyberbullying já reúne mais de 37 mil assinaturas

Cristina Ferreira lançou este sábado (28) uma petição contra o ódio e a agressão na internet que já conta com mais de 37 mil assinaturas. O objetivo é levar este tema à Assembleia da República. Cristina …

Uma das praias mais famosas da Austrália está a desaparecer (e desta vez a culpa não é das tempestades)

https://vimeo.com/444063224 Normalmente, as tempestades ou os ciclones tropicais são os culpados do desaparecimento de grande parte das praias. Contudo, na costa norte de New South Wales em Byron Bay, na Austrália, a causa é outra. Nos últimos …

Prisão preventiva para hacker português suspeito de invadir sistema do tribunal eleitoral do Brasil

O hacker suspeito de invadir o sistema informático do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil, detido no sábado em Portugal, ficou esta segunda-feira em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo. A PJ, …

Chefe do Governo Hong Kong revela ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, revelou esta semana ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas. Em declarações à International Business Channel, a líder do Executivo de Hong Kong …

António Mexia e Manso Neto vão deixar gestão da EDP

Os presidentes executivos da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, ambos suspensos de funções, manifestaram-se indisponíveis para voltar a integrar os órgãos sociais do grupo num novo mandato. Em comunicado à Comissão …

João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura "o quanto antes"

  João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os "todos" os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo "quanto antes", por "uma questão de transparência". “Já todos perceberam o …

Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato. Israel, há muito …

Portugal é o país da UE mais próximo de atingir metas climáticas para 2030

Portugal é o país da União Europeia (UE) mais perto de atingir as suas metas climáticas de redução de emissões até 2030, relativamente aos níveis de 2005, segundo um relatório esta segunda-feira publicado pela Comissão …

Novos casos aumentam mais de 50% em oito concelhos do Norte

O número de novos casos de infeção no Norte aumentou mais de 50% em oito concelhos da região, seis dos quais no distrito de Vila Real e dois em Bragança, segundo o relatório da Administração …

União Europeia convida Joe Biden para cimeira presencial durante presidência portuguesa em 2021

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma cimeira presencial no primeiro semestre de 2021, durante a presidência portuguesa da União Europeia. Fontes europeias informaram que …