Votar contra a reforma das Forças Armadas seria “uma contradição muito grande”, diz Rio

ppdpsd / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio, afirmou esta segunda-feira que seria uma “contradição muito grande” votar contra a reforma das Forças Armadas, defendida pelo partido “há anos”, só porque foi apresentada pelo Partido Socialista (PS).

“Seria uma contradição muito grande do PSD dizer assim: nós há tantos anos que defendemos uma reforma neste sentido e agora porque ela é apresentada pelo Partido Socialista contradizemo-nos a nós mesmos e vamos votar contra só porque é do Partido Socialista, só porque não é do nosso governo”, defendeu, em declarações aos jornalistas, no Porto, onde visitou o Museu do Holocausto, citado pela agência Lusa.

No domingo, o ex-Presidente da República Cavaco Silva considerou “um erro grave” a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que é “um equívoco a tempo de ser corrigido”, e que “seria chocante ver deputados social-democratas seguirem esse caminho”.

Declarando o seu respeito pelo ex-chefe de Estado cuja experiência destacou, o social-democrata sublinhou o que está em causa é uma matéria que consta dos programas do PSD “desde o tempo do Durão Barroso”, que já apontava para a necessidade de uma reforma com “mais ou menos” estes parâmetros.

“Não tem de ser exatamente assim, nem ninguém está a dizer que a forma como ela vai entrar no Parlamento é exatamente a forma como ela vai sair e poderá, na especialidade, naturalmente, sofrer alterações. Mas aquilo que é a linha de fundo é algo que esteve nos programas de Durão barroso, de Santana Lopes até, nos programas de Passos Coelho e que nós procuramos sempre levar a cabo”, observou.

Para Rio esta é uma questão de coerência, sob pena de amanhã ser o PSD a tentar fazer uma reforma e o PS a votar contra porque foi apresentada pelos sociais-democratas. “Assim o país não anda para a frente”, frisou.

O líder do PSD reconheceu, contudo, que a contestação encabeçada por ex-chefes de Estado-Maior, é algo a ter em conta no debate na especialidade.

Rodrigo Antunes / Lusa

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho

“Não vamos ignorar. São tudo pessoas altamente respeitáveis, pessoas que conhecem bem as forças armadas, apesar de estarem já retiradas do ativo e isso naturalmente tem de ser tido em conta. Nós temos de ponderar tudo aquilo que os chefes militares dizem, a começar deste logo pelo general Ramalho Eanes, por quem eu tenho imenso respeito”, disse, sublinhando que a linha de fundo é algo pelo qual o PSD e ele próprio sempre se bateu, nomeadamente no programa de Governo que apresentou nas eleições de 2019.

A reforma das Forças Armadas estar a ser contestada por ex-chefes de Estado Maior dos três ramos, 28 dos quais – incluindo o ex-Presidente Ramalho Eanes – assinaram uma carta a criticá-la e a pedir um debate alargado à sociedade civil.

O ministro da Defesa, que em março classificou as resistências dos militares na reforma como “interesses corporativos”, criticou no início da semana passada o que considera serem “manobras escusas” de “uma agremiação de antigos chefes militares” que tenta “perpetuar a influência” no setor.

Já o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enquadrou a contestação dos antigos chefes militares como parte de “um amplo debate, como é próprio em democracia e salutar em democracia”.

Em meados de março, o PSD apresentou um documento com propostas para a reforma das Forças Armadas, entre as quais a necessidade de maior investimento, mas também a constituição do chefe de Estado Maior General das Forças Armadas como “chefe do Estado-Maior de Defesa”, passando os chefes dos outros ramos (Exército, Marinha e Força Aérea) para a sua “efetiva dependência direta”, em termos operacionais.

Nessa conferência de imprensa, o coordenador do Conselho Estratégico Nacional (CNE) social-democrata para a Defesa, Ângelo Correia, admitiu que o conceito de PS e PSD para o setor “é o mesmo”, o que considerou “muito bom”, e disse já ter tido contactos com o ministro João Gomes Cravinho sobre estas matérias.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PSD aprovou lei que mantém libertação de presos

Num texto conjunto com o PS, no ano passado, o PSD propôs que a vigência do regime de perdão de penas no âmbito da covid-19 terminasse "na data a fixar em lei própria". O líder do …

Exoneração de encarregado da Câmara de Lisboa congelada. Falta divulgar relatório da auditoria

A exoneração do encarregado de proteção de dados, na sequência do envio de dados de manifestantes para várias embaixadas estrangeiras, só se irá materializar caso Fernando Medina garanta a aprovação em Reunião de Câmara. O Expresso …

Antecipada vacinação de idosos e funcionários de lares por vacinar

Os idosos e funcionários dos lares que estiveram infetados há mais de três meses vão ser vacinados contra a covid-19, antecipando para metade o prazo previsto para receberem a vacina, anunciou a task force da …

Não são só os humanos. As temíveis baleias assassinas também têm amigos íntimos

As baleias assassinas têm uma vida social muito parecida com a dos humanos. A observação de 22 animais durante 10 dias mostrou que estes contam com uma complexa teia de relacionamentos, incluindo amizades íntimas. As baleias …

Estudo revela que a Terra sofreu uma inclinação de 12 graus há 84 milhões de anos

Um novo estudo revelou que, há cerca de 84 milhões de anos, a Terra sofreu uma inclinação de 12 graus, contrariando a teoria de que o eixo de rotação do planeta tem sido estável nos …

Famosa teoria de Stephen Hawking sobre buracos negros confirmada

Usando ondulações no espaço-tempo causadas pela fusão de dois buracos negros distantes, uma equipa de cientistas conseguiu provar uma das teorias mais famosas de Stephen Hawking. A teoria da área do buraco negro, que Stephen Hawking …

Mayflower 2.0: um navio autónomo pilotado por IA está a refazer a viagem do original

Quatro séculos e uma pandemia depois de o Mayflower original ter zarpado do porto de Southampton, numa jornada histórica para a América, outro veículo pioneiro com o mesmo nome partiu para refazer a mesma viagem. O …

Halterofilista neozelandesa será a primeira atleta transgénero a competir nos Jogos Olímpicos

A neozelandesa Laurel Hubbard, de 43 anos, classificou-se para os Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria acima de 87kg feminina (super pesadas) do levantamento de peso, tornando-se a primeira atleta transgénero a participar na competição. "Estou …

República Checa 0-1 Inglaterra | Serviços mínimos valem topo

A Inglaterra, que tinha assegurado o apuramento na segunda-feira, garantiu o primeiro lugar do Grupo D do Euro 2020, ao vencer a República Checa por 1-0, com um golo madrugador, no mítico estádio de Wembley. Num …

Croácia 3-1 Escócia | Croatas de trivela rumo aos oitavos

A Croácia, liderada pelos ‘craques’ Luka Modric e Ivan Perisic, qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer por 3-1 a Escócia, que eliminou, num Grupo D conquistado pela Inglaterra. Os …