Cavaco Silva considera que seria “chocante” PSD aprovar reforma das Forças Armadas

presidencia.pt

Cavaco Silva, ex-Presidente da República

O ex-Presidente da República defende que é “um erro grave” a reforma das Forças Armadas que o ministro da Defesa pretende fazer, afirmando que seria para si “chocante” ver o PSD aprová-la.

“Considero um erro grave a reforma que o ministro da Defesa Nacional pretende agora levar a cabo, pondo em causa o equilíbrio na distribuição de competências entre o Ministro, o chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas e os chefes de Estado-Maior dos ramos”, afirmou o ex-Presidente da República, Cavaco Silva. Admitiu ainda que seria para si “chocante” ver o PSD aprová-la.

Cavaco Silva dirigiu ainda duras críticas à posição do seu próprio partido sobre a proposta de lei, considerando que o apoio do PSD, que disse ver veiculada na comunicação social, à reforma, é “um equívoco a tempo de ser corrigido”, e que “seria chocante ver deputados social-democratas seguirem esse caminho”.

Para o antigo Presidente da República, a posição social-democrata em relação à proposta de lei “só pode resultar de duas razões: ignorância da realidade das Forças Armadas Portuguesas ou concordância com o discurso de desconsideração e desqualificação do ministro da Defesa em relação a chefes militares a quem o país muito deve”.

Dirigentes do PSD, como o antigo ministro Ângelo Correia e a deputada Ana Miguel Santos, têm vindo a manifestar-se publicamente favoráveis, grosso modo, às medidas idealizadas pelo executivo socialista, algo essencial à aprovação das iniciativas, que necessitam de maioria qualificada de dois terços dos deputados do hemiciclo de São Bento.

Em causa estão propostas do Governo que alteram a Lei de Defesa Nacional e a Lei Orgânica das Forças Armadas, aprovadas em Conselho de Ministros no dia 08 de abril, que centralizam competências no chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA), alterando a estrutura superior de comando.

Cavaco Silva argumenta que é uma reforma “que não é exigida pelas prioridades do presente nem pelos desafios do futuro”, e que a legislação em vigor “já garante a unidade de comando das Forças Armadas aos níveis estratégico e operacional”. Prova disso, considera, são “os elogios internacionais” aos militares portugueses que participam em missões no estrangeiro.

Em 2009 e 2014, as reformas da estrutura superior que acompanhou, enquanto chefe de Estado e comandante supremo das Forças Armadas, “foram preparadas com o envolvimento ativo e o acordo dos Chefes de Estado-Maior dos ramos”, aponta Aníbal Cavaco Silva.

A reforma é contestada por ex-chefes de Estado Maior dos três ramos, 28 dos quais – incluindo o ex-Presidente Ramalho Eanes – assinaram uma carta a criticá-la e a pedir um debate alargado à sociedade civil.

Na carta com seis páginas, enviada na quinta-feira passada ao Presidente da República, primeiro-ministro, ministro da Defesa e grupos parlamentares, o grupo expressa “apreensão” e lança um aviso: a “perturbação provocada no ambiente das Forças Armadas obriga-nos a isso”.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha é tu ainda “botares” faladura! Especialemente depois da “obra” que fizeste como Prmeiro Ministro e, depois como (o pior) Presidente da República

RESPONDER

"Um absurdo". Em 2424 vagas, só 2 professores com menos de 30 anos devem entrar nos quadros

O envelhecimento da carreira docente volta a fazer parte das reclamações da Federação Nacional de Professores (Fenprof), com o secretário-geral da entidade, Mário Nogueira, a revelar que, no próximo concurso de acesso aos quadros da …

Pfizer investiga pessoas vacinadas que contraíram a doença e estuda impacto da dose de reforço

A farmacêutica Pfizer vai realizar um estudo sobre um grupo de pessoas que depois de vacinadas contra o covid-19 contraíram a doença para determinar se é necessária uma dose de reforço. O anúncio sobre a investigação …

Vídeo da TAP a contratar em Espanha gera revolta. Companhia já abriu inquérito disciplinar

Numa altura em que o cenário do despedimento colectivo na TAP está na agenda política nacional, há um vídeo que revela o director de Recursos Humanos da companhia numa acção de recrutamento de trabalhadores em …

Defesa alega que Salgado tem “lapsos de memória” e “desgaste físico e emocional”

Os advogados apresentam um apanhado do que chamam do perfil psicológico do arguido, bem como as condições físicas em que atualmente se encontra. A contestação conta com 191 páginas. Tendo em conta o escrutínio público a …

"Errar é humano". Rui Moreira defende Medina das críticas (mas garante que no Porto não aconteceria algo semelhante)

Depois de Fernando Medina se ver envolvido no casos dos dados dos ativistas russos, Rui Moreira vem defender o seu homólogo dizendo que este não deverá abandonar a autarquia lisboeta. Em entrevista à TVI24, o Presidente …

"Cena de Kafka ou de Orwell". Bielorrússia exibe Protasevich em conferência de imprensa

As autoridades bielorrussas exibiram, esta segunda-feira, o jornalista Roman Protasevich, numa conferência de imprensa descrita pela oposição como uma "cena kafkiana" e realizada sob "coação". Esta segunda-feira, Roman Protasevich esteve presente numa conferência de imprensa do …

Pipa conhece interesse do Sporting e não descarta transferência

Gonzalo Ávila Gordon, mais conhecido por Pipa, tem sido observado pelo Sporting CP como opção para concorrer pelo lugar de Pedro Porro. "Vi as notícias, sei que o Sporting é o campeão português e um grande …

Fatura da luz vai aumentar já no próximo mês

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou um aumento nos preços da luz para as cerca de 954 mil famílias que são abastecidas no mercado regulado. A revisão entra em vigor a 1 de julho …

Num dia "incrivelmente positivo", Biden lançou avisos a Putin e teve uma reunião "muito boa" com a Turquia

O presidente dos EUA, Joe Biden, considerou a cimeira da NATO, realizada esta segunda-feira em Bruxelas, um dia "incrivelmente positivo", naquela que foi a sua primeira deslocação internacional desde que tomou posse. Joe Biden destacou, durante …

Portugal enfrenta a Hungria à procura de retomar onde Éder nos deixou

A seleção portuguesa de futebol inicia esta terça-feira a defesa do título no Euro2020, com o objetivo de superar a Hungria, 'outsider' do Grupo F, em Budapeste, antes dos complicados embates frente às favoritas Alemanha …