/

Vladimiro Feliz é candidato do PSD ao Porto. Partido aprova António Oliveira para Gaia e líder da CONFAP para Gondomar

2

O PSD já tem um candidato para a Câmara Municipal do Porto. O nome de Vladimiro Feliz, ex-vereador de Rui Rio, foi aprovado esta segunda-feira à noite, na reunião da concelhia social-democrata.

A notícia é avançada pelo jornal digital Observador, que escreve esta manhã que Vladimiro Feliz terá o apoio do líder do partido, que deverá apresentar o candidato em breve.

Esta possibilidade já circulava há muito nos bastidores do PSD como hipótese para a autarquia portuense, onde vai enfrentar o atual autarca Rui Moreira, mas só agora foi confirmado, escreve o Jornal de Notícias.

A primeira aposta de Rio para o Porto foi Paulo Rangel, que acabou por recusar o convite, apesar da forte insistência das estruturas locais do partido. O líder social-democrata compreendeu o eurodeputado, mas a recusa de Rangel e as sucessivas intervenções públicas do social-democrata têm causado irritação junto do núcleo duro de Rio.

Com a escolha de Vladmiro Feliz, Rui Rio fecha a candidatura à segunda autarquia mais importante do país. No Porto, o grande objetivo dos sociais-democratas é superar a votação atingida em 2017 e impedir a maioria absoluta de Rui Moreira, que será recandidato nestas eleições.

Vladimiro Feliz tem 47 anos, nasceu no Porto e licenciou-se em Engenharia Mecânica. Na câmara do Porto, foi administrador-delegado da Fundação Porto Social, diretor municipal de Sistemas de Informação, presidente do Conselho de Administração da Porto Lazer e vice-presidente da Associação de Turismo do Porto. No executivo, exerceu as funções de vereador do Turismo e, na fase final do mandato de Rio, foi vice-presidente da autarquia.

“Foi meu vice-presidente na Câmara do Porto, foi dos melhores vereadores que tive, e foi responsável por grandes coisas que aconteceram no Porto dado os pelouros que tinha. É óbvio que eu só posso dizer bem do engenheiro Vladimiro Feliz”, afirmou Rui Rio em fevereiro, numa entrevista ao Observador.

António Oliveira em Gaia e José Ascenção em Gondomar

O nome do ex-selecionador nacional de futebol António Oliveira e o do líder da CONFAP, Jorge Ascenção, foram também aprovados esta noite como candidatos do PSD às eleições autárquicas para Vila Nova de Gaia e Gondomar, respetivamente.

A reunião da Comissão Política Distrital Alargada do PSD decorreu esta noite em Seroa, no concelho de Paços de Ferreira, tendo sido aprovados “com grande consenso” os nomes de seis candidatos a concelhos do distrito do Porto, disse à Lusa fonte próxima da Comissão Política Distrital dos sociais-democratas.

O antigo futebolista internacional e ex-selecionador nacional de futebol António Oliveira será o candidato do PSD a Vila Nova de Gaia. De acordo com o Diário de Notícias, Oliveira deverá ter a seu lado Luís Filipe Menezes, como candidato à Assembleia Municipal.

Menezes liderou o município durante 12 anos, depois de ter sido eleito pela primeira vez em 2001. Em 2013, avançou para a corrida à Câmara do Porto, mas foi derrotado por Rui Moreira.

Jorge Ascenção, líder da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) concorrerá a Gondomar. “Foi com total surpresa, mas com muita honra que aceitei o convite. Quando alguém se lembra do nosso valor e do nosso trabalho na comunidade temos de nos envolver”, afirmou Ascenção, em declarações ao jornal Público.

Fontes do PSD garantiram ainda ao DN que a hipótese mais provável para a Câmara de Sintra é a candidatura de Ricardo Batista Leite, deputado e vice-presidente do partido.

De acordo com as mesmas fontes, por voto secreto, os 27 dirigentes sociais-democratas presentes na reunião, aprovaram, ainda, os nomes de dois ex-deputados e dois atuais autarcas de Juntas de Freguesia.

A Valongo concorrerá o ex-deputado Miguel Santos, que foi mandatário de Santana Lopes na corrida à liderança do PSD, enquanto a Lousada avançará o também ex-deputado Simão Ribeiro que foi líder da JSD nacional.

Esta noite foram também aprovados os nomes de Alexandre Costa, presidente da Junta de Freguesia de Paços de Ferreira, para candidato à Câmara deste município, e o nome de Vítor Vasconcelos, presidente da Junta de Freguesia de Airães, para Felgueiras.

A Comissão Política Distrital Alargada do PSD reúne a Comissão Política Distrital e os presidentes das 18 Concelhias do distrito.

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro. Em Portugal, há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira) e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

  Maria Campos, ZAP // Lusa

2 Comments

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE