/

Viajantes do Brasil e de 12 outros países proibidos de entrar em Itália

Staff / EPA

Itália interditou na quinta-feira a entrada no seu território a viajantes do Brasil e de 12 outros países considerados de alto risco de infeção pelo novo coronavírus.

Os viajantes que tenham permanecido ou transitado nas últimas duas semanas pelo Brasil, Arménia, Bahrein, Bangladesh, Bósnia e Herzegovina, Chile, Kuwait, República Dominicana, Moldávia, Omã, Panamá, Peru e Macedónia do Norte estão proibidos de entrar em Itália até nova ordem, noticiou a agência Lusa.

Um decreto nesse sentido foi assinado pelo Ministério da Saúde, em coordenação com os ministérios dos Negócios Estrangeiros, do Interior e dos Transportes.

“No mundo, a pandemia está na sua fase mais aguda. Não podemos desperdiçar os sacrifícios feitos pelos italianos nos últimos meses”, justificou o ministro da Saúde, Roberto Speranza, pedindo “a máxima prudência”.

Itália, o primeiro país fora da China a ser mais afetado pela covid-19, registou já quase 35 mil mortes e mais de 242 mil casos de infeção. A doença parece agora estar sob controlo, segundo os números das autoridades sanitárias.

A pandemia já provocou quase 551 mil mortos e infetou mais de 12,12 milhões de pessoas em 196 países e territórios. O Brasil é o segundo país mais afetado, com quase 67 mil mortes, segundo uma contagem da AFP, atrás dos Estados Unidos (mais de 132 mil).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

  // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.