Ventura muda alcunha de Ana Gomes (e diz que Costa prefere vê-lo a ele como Presidente)

Mário Cruz / Lusa

O deputado do Chega, André Ventura

O líder do Chega, André Ventura, disse, em entrevista à Antena 1, que se ficar atrás de Ana Gomes é porque não fez bem o seu trabalho e que António Costa prefere vê-lo a ele como Presidente.

Em declarações à Antena 1, André Ventura falou da II Convenção do Chega, onde a sua lista à direção só foi aprovada à terceira vez. O líder do Chega admitiu que não esperava esse desfecho, mas garantiu que ficou um alerta para o futuro do partido.

“É uma avaliação que ainda estou a fazer. É evidente que era um resultado que não esperava, sobretudo depois de ter vencido as eleições diretas com mais de 99% dos votos. Mas percebi durante a Convenção que havia um conjunto de motivos mais de natureza pessoal e depois também política mais baixa. Não me senti traído, mas desiludido”.

Ventura justificou o impasse na Convenção com o crescimento rápido do partido que tem menos de dois anos de existência e já revela alguns problemas comuns aos grandes.

“O partido cresceu e tornou-se incontrolável. Se há um ano me dissessem que íamos ter 20 mil militantes. Foi com grande alegria que percebi que o ADN continua cá, mas também me desiludiu porque tem alguns vícios como os grandes partidos“, disse.

Questionado sobre os militantes do Chega, Ventura refere que há uma enorme abrangência desde ex-militantes do PCP até ex-militantes do CDS, embora a maioria venham do PSD. O líder do partido disse que há uma “enorme vontade de mudança”, apesar de haver também várias correntes de opinião – nomeadamente no campo económico – face às diferentes origens partidárias.

Sobre os militantes que pertencem a movimentos extremistas, Ventura confessou dificuldades em filtrá-los, mas assegurou que o partido tem atuado sempre quando tem conhecimento dos casos.

“Tenho tido dificuldades com neonazis, tanto tenho, que já suspendi alguns. Aquele militante da Covilhã Nuno Cardoso, que alegadamente pertencia à Resistência Nacional, por exemplo, foi suspenso”, disse.

Questionado sobre futuras coligações, Ventura disse que a porta só estará aberta para o PSD – que admitiu dialogar com o partido se tivesse uma “posição mais moderada” – se o partido estiver disponível agora para discutir o projeto de revisão constitucional.

“Se o PSD acha que é a hostilizar que se vai aproximar, está enganado. Nós não somos muleta, não somos o CDS do séc. XXI. PSD sozinho não vai conseguir formar Governo e nessa altura vai ligar-nos”, atirou Ventura.

“Costa prefere ver Ventura a presidente”

Na entrevista à Antena 1, o tema “Presidenciais” também veio à baila. Ventura disse que continua a acreditar que disputará a segunda volta com Marcelo Rebelo de Sousa.

Questionado sobre a sua ameaça de demissão caso fique atrás de Ana Gomes nas eleições, Ventura recuou e afirmou apenas que se isso acontecesse é porque não fez bem o seu trabalho, uma vez que a ex-eurodeputada não conta com o apoio do PS.

“Tenho a certeza de que António Costa prefere ver André Ventura a presidente do que Ana Gomes. Ana Gomes não mobiliza ninguém. Soube ontem que Paulo Pedroso vai coordenar a campanha, só falta aparecer José Sócrates“, disse.

O antigo ministro do Trabalho Paulo Pedroso foi acusado no processo Casa Pia por abuso sexual de menores, tendo sido constituído arguido, chegando a ser detido na Assembleia da República e suspenso do cargo de deputado. Em 2006, o Tribunal de Instrução Criminal considerou que não havia fundamento levar Pedroso a julgamento.

De acordo com o jornal i, citado pelo SOL, para o deputado único do Chega, a escolha de Paulo Pedroso mostra ao que vem Ana Gomes. “Proteger os boys do PS, ocultar os piores casos de crime da história socialista e atirar areia para os olhos dos portugueses”, acusou.

“Este é o indivíduo que vai coordenar a campanha de Ana Gomes, uma mulher que diz querer combater a podridão do sistema e os crimes graves. É com Paulo Pedroso que o vai fazer?, questionou. “Vou lutar com todas as minhas forças contra a candidata Casa Pia”, prometeu.

Na entrevista à Antena 1, Ventura confirmou que não será candidato a nenhuma câmara nas eleições autárquicas, mas que está confiante de que o partido conseguirá alguns “nomes fortes” para as principais cidades.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não me lembro de os politicos descerem tão baixo na politica, como querem que votemos nesses politicos que para eles tudo vale e vale tudo, nunca pensei que os politicos descessem tão baixo.

RESPONDER

João Almeida acaba em 4.º e faz história no Giro. É o melhor português de sempre na prova

O português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) subiu este domingo ao quarto lugar final da 103.ª edição da Volta a Itália em bicicleta, no contrarrelógio da 21.ª etapa, que 'coroou' o britânico Tao Geoghegan Hart (INEOS). O português …

Santo Stefano paga 8.000 euros por ano a quem quiser viver na vila medieval italiana

Santo Stefano di Sessanio, uma vila medieval em Abruzzo, uma região no lado leste do centro-sul da Itália, está disposta a pagar a quem quiser mudar-se e começar um negócio nesta pequena localidade. Uma pequena vila medieval …

Portugal com mais 19 mortos e 2.577 casos confirmados

Portugal contabiliza este domingo mais 19 mortos relacionados com a covid-19 e 2.577 casos confirmados de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim este …

Espanha decreta novo estado de emergência. Durará seis meses e terá recolher obrigatório

O Governo de Espanha aprovou este domingo o estado de emergência sanitária que permitirá a instauração do recolher obrigatório em todo o país para travar a de casos do novo coronavírus, anunciou o primeiro-ministro. O estado …

CDS quer saber se proibição de deslocações entre concelhos exclui assistir a espetáculos

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou este sábado o Governo se a proibição de deslocações durante o fim de semana dos Fiéis Defuntos exclui deslocações para assistir a espetáculos culturais, querendo saber como justifica a …

Pandemia "roubou" dez anos à almofada financeira das reformas

O jornal Público escreve este domingo que dez meses de pandemia foram o suficiente para encurtar em uma década o prazo previsto até ao esgotamento do fundo que serve de almofada financeira para o sistema …

Chicago tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos (pelo 6.º ano consecutivo)

Chicago, a cidade mais populosa do estado do Illinois, é, pelo sexto ano consecutivo, aquela que tem a maior praga de ratos dos Estados Unidos. Uma empresa de controlo de pragas garante receber mais chamadas …

Presidente da Samsung morre aos 78 anos

O presidente da Samsung Electronics, Lee Kun-hee, morreu este domingo aos 78 anos, disse o grupo sul-coreano em comunicado. Lee, que transformou o grupo num gigante global das telecomunicações, estava acamado desde um ataque cardíaco em …

Chuva de críticas à F1 em Portimão. Organização promete expulsar quem não cumprir distanciamento

Fotografias das bancadas da Fórmula 1 em Portimão começaram a correr este sábado nas redes sociais, gerando alguma polémica e descansando uma série de críticas, uma vez que as bancadas pareciam ter mais público do …

Ordem dos Médicos alerta para “grave sobrecarga” nas urgências pela Linha SNS 24

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM) alertou que a atuação da Linha SNS 24, no âmbito da covid-19, causa uma “grave sobrecarga” nas urgências, pelo que defende alterações na referenciação dos …