Ex-ministro Paulo Pedroso coordena campanha de Ana Gomes (e deixa duras críticas a Marcelo)

O antigo ministro e ex-porta-voz do PS, Paulo Pedroso, faz parte da equipa de coordenação de campanha de Ana Gomes à Presidência da República, avança o Jornal de Notícias esta quarta-feira.

Paulo Pedroso integrou o Governo de António Guterres em 2011 como ministro do Trabalho e Solidariedade Social e desvinculou-se do partido ainda antes das últimas legislativas.

Ao matutino, o antigo governante considera “errado” um partido fundador da Constituição, como o PS, desvalorizar a função presidencial. “Se o PS desvaloriza e não apela à mobilização dos cidadãos está a ver mal o equilíbrio de poder da Constituição”.

Sobre a antiga eurodeputada socialista, Ana Gomes, frisa os seus “valores progressistas e as causas” como uma mais valia para a função presidencial, “longe do frenesim da presença quotidiana” e deixa ainda duras críticas ao atual Presidente da República.

É amigo hoje para passar rasteira amanhã“, disse ainda Paulo Pedroso ao diário, considerando que Marcelo Rebelo de Sousa foi “completamente errante” no primeiro mandato do Governo socialista de António Costa e “não colocou, desde o primeiro dia, a questão da estabilidade de médio/longo prazo” do Executivo em funções.

Falando de uma relação com o Governo “aos solavancos”, o antigo ministro diz ainda que o “Presidente da República poderia ter tido um papel logo a seguir às legislativas”, reforçando que o sentido de voto dos portugueses foi o da continuidade da “geringonça”.

“Uns dias foi hiper crítico, outros dias hiper defensivo”, disse, defendendo que a Presidência da República exige “uma função mais reguladora e mais distante“, que represente “um eixo de poder moderador de qualquer Governo e não apenas deste”.

A seis meses do fim do mandato do atual Presidente da República, são já oito os pré-candidatos ao lugar de Marcelo Rebelo de Sousa.

São eles o deputado André Ventura (Chega), o advogado e fundador da Iniciativa Liberal Tiago Mayan Gonçalves, o líder do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho, a eurodeputada e dirigente do BE Marisa Matias, a ex-deputada ao Parlamento Europeu e dirigente do PS Ana Gomes, Vitorino Silva (mais conhecido por Tino de Rans), o ex-militante do CDS Orlando Cruz e a partir de hoje João Ferreira, do PCP.

Marcelo Rebelo de Sousa não confirmou ainda se vai concorrer a um segundo mandato.

As eleições estão marcadas para janeiro do próximo ano.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Francamente, Ana Gomes!
    Continuarás a ter o meu voto, mas ter o Paulo Pedroso como coordenador de campanha não é um tiro no pé, é uma bazookada! Abdica do homem! Até pode ser um santo, mas todos ouvimos as escutas!!!

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …