Ex-ministro Paulo Pedroso coordena campanha de Ana Gomes (e deixa duras críticas a Marcelo)

O antigo ministro e ex-porta-voz do PS, Paulo Pedroso, faz parte da equipa de coordenação de campanha de Ana Gomes à Presidência da República, avança o Jornal de Notícias esta quarta-feira.

Paulo Pedroso integrou o Governo de António Guterres em 2011 como ministro do Trabalho e Solidariedade Social e desvinculou-se do partido ainda antes das últimas legislativas.

Ao matutino, o antigo governante considera “errado” um partido fundador da Constituição, como o PS, desvalorizar a função presidencial. “Se o PS desvaloriza e não apela à mobilização dos cidadãos está a ver mal o equilíbrio de poder da Constituição”.

Sobre a antiga eurodeputada socialista, Ana Gomes, frisa os seus “valores progressistas e as causas” como uma mais valia para a função presidencial, “longe do frenesim da presença quotidiana” e deixa ainda duras críticas ao atual Presidente da República.

É amigo hoje para passar rasteira amanhã“, disse ainda Paulo Pedroso ao diário, considerando que Marcelo Rebelo de Sousa foi “completamente errante” no primeiro mandato do Governo socialista de António Costa e “não colocou, desde o primeiro dia, a questão da estabilidade de médio/longo prazo” do Executivo em funções.

Falando de uma relação com o Governo “aos solavancos”, o antigo ministro diz ainda que o “Presidente da República poderia ter tido um papel logo a seguir às legislativas”, reforçando que o sentido de voto dos portugueses foi o da continuidade da “geringonça”.

“Uns dias foi hiper crítico, outros dias hiper defensivo”, disse, defendendo que a Presidência da República exige “uma função mais reguladora e mais distante“, que represente “um eixo de poder moderador de qualquer Governo e não apenas deste”.

A seis meses do fim do mandato do atual Presidente da República, são já oito os pré-candidatos ao lugar de Marcelo Rebelo de Sousa.

São eles o deputado André Ventura (Chega), o advogado e fundador da Iniciativa Liberal Tiago Mayan Gonçalves, o líder do Partido Democrático Republicano (PDR), Bruno Fialho, a eurodeputada e dirigente do BE Marisa Matias, a ex-deputada ao Parlamento Europeu e dirigente do PS Ana Gomes, Vitorino Silva (mais conhecido por Tino de Rans), o ex-militante do CDS Orlando Cruz e a partir de hoje João Ferreira, do PCP.

Marcelo Rebelo de Sousa não confirmou ainda se vai concorrer a um segundo mandato.

As eleições estão marcadas para janeiro do próximo ano.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Francamente, Ana Gomes!
    Continuarás a ter o meu voto, mas ter o Paulo Pedroso como coordenador de campanha não é um tiro no pé, é uma bazookada! Abdica do homem! Até pode ser um santo, mas todos ouvimos as escutas!!!

RESPONDER

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …

SEF com 18 casos de exploração de imigrantes na agricultura na região Oeste

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem em investigação 18 casos associados a auxílio à imigração ilegal, angariação de mão-de-obra ilegal e tráfico de pessoas em explorações agrícolas da região Oeste desde 2017. Questionado pela …