Ventura garante que vai abandonar empresa de consultoria em junho

Tiago Petinga / Lusa

O deputado do partido Chega, André Ventura

O deputado único do Chega, André Ventura, garatiu esta semana que vai deixar a sua atividade profissional como consultor na Finpartner, uma empresa de consultadoria e aconselhamento fiscal, no próximo mês de junho.

Em entrevista ao Observador, André Ventura foi confrontado com o facto de exercer outras atividades profissionais fora do âmbito político depois de ter defendido que os deputados da Assembleia de República deveriam exercer a sua atividade em regime de exclusividade.

O líder do Chega, que recentemente anunciou que se vai candidatar às eleições Presidenciais, garantiu que vai abandonar o cargo em junho, considerando que esta é uma atividade “complementar” à sua função de deputado.

“Já tinha explicado, mas vou voltar a clarificar. De facto, nessa entrevista televisiva [à Kuriakos TV] eu disse isso, falei em exclusividade. Três dias depois esclareci, em entrevista, que não iria sair da televisão e falei da exclusividade e esclareci. Via-o como complementar à minha atividade como deputado. Complementar em termos de atividade pública, como expressão pública. (…) Disse a todos que me entrevistaram que esperava e queria manter-me na televisão, deixei isso clarissímo”, disse quando confrontado pelo Observador sobre se estaria a “a ter uma cara em público e outra em privado”

E continuou: “Disse também que iria deixar todas as minhas outras atividades: foi possível deixar logo as aulas porque estávamos em outubro e como tinha a mudança de semestre, sai logo. Esta outra função [a de consultor da Finpartner], deixo aqui assegurado, que estava acordada até junho, por isso sairei também”.

O deputado disse ainda que não deixou de imediato as suas funções como consultor devido a “dois projetos que tinha de completar”, dando conta que estes “em nada chocam com a Assembleia da República, é completamente fora de conflito de interesses”.

No manifesto político do Chega sob o título “70 medidas para reerguer Portugal”, recorde-se, o partido propôs implementar a obrigatoriedade da exclusividade da atividade no exercício do mandato de deputado.

A bloquista Mariana Mortágua teceu duras críticas ao deputado único do Chega, André Ventura, durante o debate no Parlamento sobre alterações à legislação fiscal.

Mortágua falou das “incoerências” de André Ventura por ter prometido ser “deputado em exclusividade” enquanto continua a fazer consultoria fiscal numa empresa.

No seu entender “é surpreendente” que Ventura faça consultoria fiscal para a empresa Finparter depois de ter prometido que “ia exercer as funções de deputado em exclusividade”. Apesar da promessa pré-eleitoral, continuou a bloquista, André Ventura “presta serviços remunerados” para que “as empresas fujam ao fisco e paguem menos impostos“, acusou Mariana Mortágua.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Segurança Social baixa apoios a Recibos Verdes. Maioria só vai receber 219 euros

A fórmula de cálculo definida pelo Governo para o "apoio extraordinário à redução da actividade económica", que é concedido a trabalhadores independentes, os chamados Recibos Verdes, devido ao novo confinamento geral, leva a que muitos …

No primeiro telefonema com um líder estrangeiro, Biden liga a Trudeau

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, falou na sexta-feira com o seu homólogo canadiano, Justin Trudeau, na primeira conversa telefónica com um líder estrangeiro desde que tomou posse na quarta-feira, anunciou a Casa Branca. Os …

PS alarga vantagem sobre PSD. Chega recupera terceiro lugar (mas apenas 1% das mulheres apoia o partido)

Segundo uma sondagem da Pitagórica para o Observador e para a TVI, se as eleições legislativas fossem hoje, o PS teria a preferência de 42,6% dos portugueses. O partido de António Costa continua com grande …

Caso de nova variante é de uma pessoa sul-africana residente em Lisboa

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul detetado ontem em Portugal é de uma pessoa sul-africana, residente em Lisboa, anunciaram as autoridades de saúde “O caso reporta-se a uma pessoa …

Na Rússia, dezenas de pessoas foram presas durante manifestações de apoio a Navalny

Dezenas de pessoas foram presas hoje durante manifestações organizadas na Rússia para exigir a libertação do opositor Alexei Navalny, que está em prisão preventiva, apesar das múltiplas ameaças das autoridades contra os protestos. De Moscovo a …

Arqueólogos egípcios encontram cópia de capítulo do "Livro dos Mortos"

Arqueólogos egípcios encontraram, em Sacara, uma cópia do Capítulo 17 do "Livro dos Mortos" numa zona de túmulos próximos da pirâmide do faraó Teti. De acordo com o site Live Science, que cita um comunicado do …

Senado avalia processo de destituição de Trump na semana de 8 de fevereiro

O Senado norte-americano irá ouvir na semana de 8 de fevereiro os argumentos iniciais do processo de destituição de Donald Trump por incitamento dos recentes motins do Capitólio, anunciou o senador democrata Chuck Schumer. "Todos queremos …

Portugal é o país do mundo com mais mortes. Vacinas da AstraZeneca vão chegar com atraso

Pela primeira vez, desde o início da pandemia da covid-19, Portugal é o país com maior número de vítimas mortais e mais casos de infeção por milhão de habitantes em todo o mundo. Más notícias, …

Fóssil de dinossauro dá novas pistas sobre como estes animais acasalavam

É verdade que já sabemos muitas coisas sobre dinossauros – como eram, o que comiam e a causa da sua extinção. Mas nenhum fóssil nos permitiu ainda perceber coisas tão simples como, por exemplo, em que …

Itália bloqueia TikTok após morte de menina de 10 anos em desafio na rede social

A rede social TikTok foi hoje bloqueada temporariamente em Itália, para utilizadores cuja idade não está confirmada, na sequência da morte de uma menina de 10 anos que participava num desafio naquela plataforma. A Autoridade para …