Venezuela vai pedir extradição de presumíveis autores de ataque contra Maduro

Miguel Gutierrez / EPA

O discurso de Nicolás Maduro foi interrompido pela explosão de um drone

A Venezuela vai pedir aos Estados Unidos e à Colômbia a extradição de alegados envolvidos no atentado contra o Presidente Nicolas Maduro, no sábado passado.

O anúncio foi feito na terça-feira pelo líder venezuelano, durante uma transmissão televisiva na qual foram divulgados quatro vídeos sobre a trajetória dos dois drones e as estratégias usadas pelos presumíveis autores do atentado, bem como o som de conversas que mantiveram entre eles.

Maduro afirmou que Rayder Russo “Pico”, radicado na Colômbia, e Osman Delgado, financeiro residente nos EUA, são alguns dos presumíveis autores da tentativa de homicídio.

De acordo com o Presidente venezuelano, “11 pessoas que receberiam 50 milhões de dólares e teriam estadia garantida nos EUA” estiveram envolvidas no ataque. Para Maduro, “é clara e há provas suficientes da participação do Governo da Colômbia, do Presidente cessante Juan Manuel Santos”.

O chefe de Estado venezuelano pediu que os pormenores do atentado sejam transmitidos a Washington e a Bogotá, ao mesmo tempo que manifestou confiança “na boa fé do Presidente dos EUA, Donald Trump”, para impedir que no território norte-americano se preparem assassínios presidenciais.

Por outro lado, Maduro acusou também os opositores Júlio Borges, ex-presidente do parlamento venezuelano, e o deputado Juan Requesens, ambos do partido Primeiro Justiça, de estarem envolvidos no atentado.

O governante disse acreditar que os autores do atentado receberam treino na Colômbia, em Chiácota, no departamento Norte de Santander, e inicialmente previam realizar o atentado durante as comemorações de 24 de junho [aniversário da Batalha de Carabobo] e de 05 de julho [aniversário da declaração de Independência].

Alguns dos suspeitos participaram nos violentos protestos de 2017, acrescentou. Maduro congratulou-se ainda pelo “tempo recorde” em que os alegados autores foram detidos.

No sábado, duas explosões, que as autoridades disseram ter sido provocadas por dois drones, obrigaram o Presidente da Venezuela a abandonar rapidamente as cerimónias do 81.º aniversário da Guarda Nacional Bolivariana [polícia militar].

As comemorações, que decorriam na avenida Bolívar de Caracas, estavam a ser transmitidas em direto pelas rádios e televisões venezuelanas.

No momento em que Nicolas Maduro afirmou ter chegado a hora da recuperação económica foram ouvidas das explosões, que fizeram vibrar a câmara que focava o chefe de Estado.

Sete militares ficaram feridos e foram detidas seis pessoas por suspeita de envolvimento no atentado, indicaram as autoridades.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Cartada clássica da cartilha ditatorial: simular um atentado ou golpe de estado para cimentar poderes, apertar o controlo e aumentar a repressão. Vide Erdoğan na Turquia, por exemplo. Nada de novo, os padrões não mudam, e já são relatados há muito, tanto na realidade como na ficção. Vide “V for Vendetta”, filme de 2005, como exemplo do último caso.

RESPONDER

Plutão pode esconder um oceano líquido debaixo de uma camada de gás

Uma das características mais marcantes de Plutão é o seu coração, também conhecido como Tombaugh Regio, uma grande região de cor clara de aproximadamente 1.590 quilómetros de diâmetro. O seu lobo esquerdo, o Sputnik Planitia, é …

Selfies estão a destruir muralha romana considerada Património Mundial da UNESCO

Uma parte da antiga Muralha de Adriano, no Reino Unido, está a colapsar por causa dos turistas que procuram o local para tirar selfies. O monumento, que em 1987 foi considerado Património Mundial da UNESCO, inspirou …

Carros vão mudar mais numa década do que aquilo que mudaram num século

Embora a aparência dos carros tenha mudado nos últimos cem anos, a maneira como os conduzimos pouco ou nada mudou. Contudo, acredita-se que na próxima década, além da forma como se movimentam ser diferente, também …

São Francisco lidera ranking das cidades onde se recebe melhor

O American Dream está claramente destacado no ranking das cidades onde se recebe melhor, mas há alguns "intrusos" no meio desta lista. Das dez cidades eleitas, há apenas quatro europeias. Apenas três continentes estão representados no …

Em 30 anos, Amazónia perdeu 953 mil hectares de áreas protegidas

Nos últimos 30 anos, a Amazónia perdeu 953 mil hectares em áreas pertencentes a unidades de conservação e terras indígenas que deveriam estar preservadas. A Amazónia brasileira perdeu 953 mil quilómetros em áreas que foram desflorestadas …

Mulheres e meninas norte-coreanas forçadas a prostituir-se e a casar-se na China

Mulheres e meninas norte-coreanas são coagidas, vendidas ou raptadas na China ou traficadas diretamente da Coreia do Norte, denuncia a Korea Future Initiative. As mulheres são forçadas a casar-se, violadas e sujeitas a outros tipos …

Trump corta financiamento para centros de investigação de saúde infantil

A administração de Trump está a terminar o financiamento para uma rede de centro de investigação focados em ameaças ambientais para crianças, colocando em risco vários estudos de longa data sobre os efeitos dos poluentes …

PJ detém ex-diretor da Santa Casa de Ponte de Sor

Um antigo diretor e contabilista de uma Santa Casa da Misericórdia do distrito de Portalegre foi esta quarta-feira detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas dos crimes de peculato e participação económica em negócio, foi …

Costa diz que só soube do memorando de Tancos no dia da demissão de Azeredo

O primeiro-ministro, António Costa, diz que só soube do memorando da Polícia Judiciária Militar (PJM) sobre o assalto a Tancos no dia em que o então ministro da Defesa, Azeredo Lopes, apresentou a sua demissão. A …

Jasper Cillessen muito perto da baliza do Benfica

O guarda-redes do Barcelona Jasper Cillessen está muito perto de reforçar a baliza do Benfica, escreve o jornal Record esta quarta-feira. De acordo com o desportivo, o negócio ronda os 20 milhões de euros. O Benfica …