Maduro culpa presidente colombiano por alegado atentado

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que o chefe de Governo da Colômbia, Juan Manuel Santos, está por trás do suposto atentado contra si que aconteceu este sábado num ato público com militares em Caracas, e afirmou que já foram capturados alguns dos autores materiais.

“Esclarecemos a situação em tempo recorde, trata-se de um atentado para me matar, tentaram-me assassinar e não tenho dúvida de que tudo aponta para a direita, a extrema-direita venezuelana em aliança com a extrema-direita colombiana e que o nome de Juan Manuel Santos está por trás deste atentado, não tenho dúvidas”, disse Maduro.

O presidente venezuelano fez estas declarações num discurso na rede obrigatória de rádio e televisão, cerca de três horas depois do incidente no qual ficaram feridos sete militares. “A sanha assassina da oligarquia colombiana, tenho a certeza que todas as provas vão aparecer, mas os primeiros elementos de investigação apontam para Bogotá”, reiterou.

“Este atentado aconteceu após os anúncios dramáticos do final de Maduro, do final do regime de Santos”, acrescentou o presidente venezuelano.

Juan Manuel Santos, economista e presidente da República da Colômbia desde 2010, recebeu em 2016 o Prémio Nobel da Paz pelo envolvimento no Acordo de Paz conseguido com as FARC, organização guerrilheira que se mantinha em luta armada desde 1964.

Nicolás Maduro abandonou este sábado de emergência uma cerimónia televisionada com militares no centro de Caracas, depois de uma explosão ter interrompido o seu discurso.

O ministro de Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, confirmou que “o presidente Maduro foi vítima de atentado com artefactos voadores do tipo drone que continham uma carga explosiva”, e que saiu ileso do incidente.

Fontes não oficiais deram conta de que foi visto um drone, que transportaria explosivos, no local em que o presidente da Venezuela discursava, na capital do país, Caracas. Uma fonte dos bombeiros de Caracas, no entanto, apontam a origem do alegado ataque para a explosão de uma bilha de gás num apartamento, que apresenta danos significativos.

Entretanto, um movimento paramilitar denominado Soldados de Franelas, criado em 2014, reivindicou no Twitter a autoria do alegado ataque.

Colômbia nega ter ordenado alegado ataque

A Presidência da Colômbia refutou a afirmação do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, que acusou o seu homólogo colombiano, Juan Manuel Santos, de ter ordenado o alegado ataque de que foi alvo este sábado.

“Isso não tem base, o presidente está empenhado no batismo da sua neta Celeste, e não em derrubar governos estrangeiros”, disse uma fonte da presidência colombiana aos jornalistas, este sábado.

“Tudo aponta para a extrema-direita venezuelana, em aliança com a extrema-direita colombiana e tenho a certeza que Juan Manuel Santos está por detrás deste atentado”, denunciou Maduro, durante uma transmissão televisiva ao país, desde o palácio presidencial de Miraflores.

Maduro alega que Juan Manuel Santos vai abandonar a presidência do país, no dia 7 de agosto, e que não podia deixar o poder “sem fazer dano” ao seu país.

ZAP // Lusa / EFE / Euronews

PARTILHAR

RESPONDER

CIP muda estatutos e António Saraiva recandidata-se ao quarto mandato

Uma alteração aos estatutos que será apreciada numa assembleia geral agendada para o dia 11 de novembro poderá vir a permitir que António Saraiva, atual presidente da CIP - Confederação Empresarial de Portugal, se recandidate …

PS adia negociações com partidos de esquerda

Os socialistas vão adiar todas as reuniões com os partidos sobre as medidas para o Orçamento do Estado. O encontro com o BE estava marcado para amanhã e foi cancelado. O mesmo acontecerá com o …

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …