Nicolás Maduro escapa a atentado com drone

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, deixou este sábado de emergência uma cerimónia televisionada com militares no centro de Caracas, em comemoração dos 81 anos da criação da Guarda Nacional Bolivariana.

Na cerimónia, transmitida na rede obrigatória estatal de rádio e televisão, Nicolás Maduro defendia as últimas medidas económicas do seu governo, quando um som interrompeu o discurso. A transmissão mostra os militares formados a romper fileiras e a evacuarem o ministro da Defesa, Vladimir Padrino. Há sete soldados feridos.

O ministro de Informação da Venezuela, Jorge Rodríguez, confirmou entretanto que “o presidente Maduro foi vítima de atentado com artefactos voadores do tipo drone que continham uma carga explosiva”, e que saiu ileso do incidente.

“O nosso presidente Nicolás Maduro está em perfeito estado de saúde, em perfeitas condições”, garantiu Rodríguez num discurso transmitida pela televisão estatal VTV.

Fontes não oficiais deram conta de que foi visto um drone, que transportaria explosivos, no local da capital do país, Caracas, em que o presidente da Venezuela discursava. As imagens da estação televisiva venezuelana NTN24 mostram o momento em que ocorrem as explosões que interromperam o discurso de Maduro.

As explosões foram seguidas de cenas de confusão e pânico, também filmadas pelas câmaras da NTN24. Na altura, a origem das explosões não tinha sido apurada, tendo sido levantada a hipótese de se tratar de um acidente.

Em declarações à Sputnik News, familiares de soldados que estavam no local confirmaram que há militares feridos no atentado. “Um coronel ligou-me a informar que o meu irmão está bem, mas confirmou que há cadetes feridos“, disse um dos familiares dos militares presentes no local das explosões.

ZAP // EFE / Sputnik News

PARTILHAR

RESPONDER

Manuel Godinho julgado em novo processo de fraude fiscal

O sucateiro Manuel Godinho, principal arguido no processo Face Oculta, vai ser julgado no Tribunal de Aveiro num novo processo de fraude fiscal, que terá lesado o Estado em cerca de 330 mil euros. Além de …

Camorra, droga e a queda meteórica: Eis o novo documentário do mítico Maradona

O documentário "Diego Maradona", produzido pelo cineasta britânico Asif Kapadia, estreou-se esta semana no Festival de Cinema de Cannes, e promete trazer "imagens inéditas" sobre a vida atribulada do antigo futebolista argentino. Kapadia, que produziu já …

Mais de 90% dos portugueses reformam-se sem saber quanto vão receber

Nove em cada dez pensionistas não conhecia o valor que iria receber até seis meses antes da data da reforma. Cerca de 30% dizem que gostariam de se ter reformado mais tarde. A maioria dos portugueses …

PS quer aprovar já diploma do direito a desligar do trabalho (PSD está reticente)

O PS quer aprovar até 19 de julho uma proposta que defina quando é que os trabalhadores têm ou não direito a desligar do trabalho. PSD não revela, para já, o seu sentido de voto. Segundo …

Menino ou menina? Hong Kong é o centro do tráfico de teste proibido na China

Na China, o teste para saber o género dos bebés é proibido, lei criada para controlar o nascimento de crianças do sexo masculino. Contudo, nas redes sociais, tem aumentado o número de individuos que se …

Estivadores do Porto de Setúbal aprovam novo contrato coletivo de trabalho

Os estivadores do porto de Setúbal aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, o acordo do novo contrato coletivo de trabalho negociado entre o sindicato e as entidades patronais. Segundo o presidente do Sindicato dos Estivadores e Atividade …

Senado brasileiro aprova projeto que criminaliza a homofobia

O senado brasileiro aprovou um projeto que criminaliza a homofobia. Quem "impedir ou restringir a manifestação razoável de afetividade de qualquer pessoa em local público ou privado aberto ao público", excetuados os templos religiosos, poderá …

Magistrados europeus denunciam destruição do Estado de Direito na Turquia

Os magistrados europeus afirmam que há "sinais muito sombrios na área da justiça", dando o exemplo da Turquia onde há uma "campanha para destruir a independência do poder judicial e o Estado de Direito." A MEDEL …

Câmara de Lisboa terá gastado ilegalmente quatro milhões de euros em obras sem concurso

A Câmara de Lisboa terá gastado ilegalmente quase quatro milhões de euros em obras públicas feitas sem o respetivo concurso. A conclusão é de uma fiscalização do Tribunal de Contas que analisou três empreitadas e concluiu …

Juros da dívida portuguesa atingem mínimo histórico abaixo dos 1%

Os juros da dívida portuguesa atingiram, esta quinta-feira, o valor mais baixo de sempre. Pela primeira vez, ficou abaixo dos 1%, chegando aos 0,995% no prazo a dez anos. Às 9h30 desta quinta-feira, os juros da …