“Vamos iniciar uma nova etapa”. Madeira vai testar toda a população (gratuitamente)

Homem de Gouveia / Lusa

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

O Governo da Madeira vai desencadear uma campanha de testagem massiva da população da região, ainda sem data, que será gratuita, para aferir da evolução da pandemia da covid-19 no arquipélago, anunciou este sábado o presidente do executivo regional.

“Vamos iniciar uma nova etapa no controlo e deteção da covid-19 na Madeira, que é uma campanha de testagem massiva de toda a população”, disse o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, no âmbito da visita que efetuou este sábado ao centro de vacinação no Madeira Tecnopolo, no Funchal.

Neste espaço está em curso o processo de vacinação dos docentes e pessoal auxiliar das escolas da região, num total de 10.700 pessoas, que deverá estar concluído domingo, referiu.

O chefe do executivo madeirense de coligação PSD/CDS adiantou que esta testagem da população do arquipélago “já está organizada, em cooperação com a Associação de Farmácias e Ordem dos Farmacêuticos”, complementando que “será monitorizada e acompanhada pela Direção Regional de Saúde”.

“Será gratuita para todos os cidadãos”, assegurou o governante insular, explicando que “será um passo muito importante” para que as autoridades de Saúde da Madeira tenham “dados concretos sobre a evolução da pandemia na região”.

Segundo Miguel Albuquerque, esta ação vai permitir ter informações “mais objetivas sobre a forma como a Madeira está a lidar com a doença e quais os dados da vacinação na população”.

O responsável madeirense referiu que esta testagem vai-se “iniciar brevemente” e está a ser ultimada pelas autoridades regionais.

Miguel Albuquerque considerou que as operações de testagem dão maior “fiabilidade e muita segurança” na tomada de decisões por parte das autoridades.

O líder regional indicou que a campanha vai acontecer depois da testagem dos alunos das escolas da região, programada até 16 de abril.

Sobre a vacinação dos docentes e pessoal auxiliar, apontou que vai possibilitar “no próximo dia 12 [segunda-feira] iniciar as aulas presenciais para todos os ciclos na região com as melhores condições de segurança”.

Na passada quinta-feira, cerca de sete mil alunos do ensino secundário voltaram às escolas, depois de estarem em ensino à distância desde 11 de janeiro. Na próxima segunda-feira, será a vez de aproximadamente 8.700 alunos do terceiro ciclo retomarem as aulas presenciais.

Miguel Albuquerque desvalorizou as questões em torno da administração da vacina da AstraZeneca, considerando que tudo é “uma guerra comercial ou de laboratórios”.

O presidente do Governo da Madeira insistiu que o objetivo na região é ter “o mais rapidamente possível a população vacinada, no sentido de, no fim do verão, ter imunidade na região”.

Albuquerque reforçou que a vacinação dos trabalhadores ligados ao setor do turismo é outra das medidas a adotar pelo Governo Regional, visando a sua proteção com a abertura da região ao exterior, recordando que “a Madeira nunca esteve fechada”, tem recebido turistas e o problema está no encerramento dos mercados emissores.

O governante insistiu na previsibilidade de um aumento de casos nos próximos dias, depois da entrada em circulação de mais de 58 mil pessoas, com a retoma das aulas presenciais para os alunos do secundário e 3.º ciclo.

Miguel Albuquerque rejeitou também a possibilidade da aplicação de uma cerca sanitária no concelho de Machico, que, na sexta-feira, registava 10 dos 14 novos casos de covid-19, atestando que as cadeias de transmissão estão “identificadas e controladas”.

Segundo os últimos dados da Direção Regional de Saúde (DGS), a Madeira registou 14 novos casos de covid-19 na sexta-feira, 41 doentes recuperados e um total de 8.549 casos confirmados desde o início da pandemia.

  // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …

Rui Rio, presidente do PSD

Rio apresenta recandidatura. "Seria muito prejudicial para o país se o PSD mudasse agora de líder"

O presidente do PSD apresentou, esta sexta-feira, na cidade do Porto, a sua recandidatura à liderança, tendo considerado que "seria muito prejudicial", não só para o país como para o partido, mudar agora de líder. Rui …

"Conquistem a vaga no relvado": aviso à UEFA sobre a nova Liga dos Campeões

Associação das Ligas Europeias contra vagas garantidas para clubes que não terminarem o campeonato nacional num dos primeiros lugares. A reunião da Associação das Ligas Europeias de futebol terminou com o reforço de posições públicas contra …

Bloco diz que as suas nove propostas foram rejeitadas. Governo aponta avanços em sete

O Bloco considerou, esta sexta-feira, que o Governo recusou as suas nove propostas para chegar a acordo no Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). O Executivo, por sua vez, considera que há avanços negociais em …

Comissão de inquérito ao Novo Banco. PSD frisa "maioria popular", PS queixa-se de "partidarite"

Os partidos apreciaram, esta sexta-feira, o relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco, aprovado em julho, com o PSD a destacar a "maioria popular" nas conclusões e o PS a criticar a "partidarite" …

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …