“Vamos iniciar uma nova etapa”. Madeira vai testar toda a população (gratuitamente)

Homem de Gouveia / Lusa

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque

O Governo da Madeira vai desencadear uma campanha de testagem massiva da população da região, ainda sem data, que será gratuita, para aferir da evolução da pandemia da covid-19 no arquipélago, anunciou este sábado o presidente do executivo regional.

“Vamos iniciar uma nova etapa no controlo e deteção da covid-19 na Madeira, que é uma campanha de testagem massiva de toda a população”, disse o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, no âmbito da visita que efetuou este sábado ao centro de vacinação no Madeira Tecnopolo, no Funchal.

Neste espaço está em curso o processo de vacinação dos docentes e pessoal auxiliar das escolas da região, num total de 10.700 pessoas, que deverá estar concluído domingo, referiu.

O chefe do executivo madeirense de coligação PSD/CDS adiantou que esta testagem da população do arquipélago “já está organizada, em cooperação com a Associação de Farmácias e Ordem dos Farmacêuticos”, complementando que “será monitorizada e acompanhada pela Direção Regional de Saúde”.

“Será gratuita para todos os cidadãos”, assegurou o governante insular, explicando que “será um passo muito importante” para que as autoridades de Saúde da Madeira tenham “dados concretos sobre a evolução da pandemia na região”.

Segundo Miguel Albuquerque, esta ação vai permitir ter informações “mais objetivas sobre a forma como a Madeira está a lidar com a doença e quais os dados da vacinação na população”.

O responsável madeirense referiu que esta testagem vai-se “iniciar brevemente” e está a ser ultimada pelas autoridades regionais.

Miguel Albuquerque considerou que as operações de testagem dão maior “fiabilidade e muita segurança” na tomada de decisões por parte das autoridades.

O líder regional indicou que a campanha vai acontecer depois da testagem dos alunos das escolas da região, programada até 16 de abril.

Sobre a vacinação dos docentes e pessoal auxiliar, apontou que vai possibilitar “no próximo dia 12 [segunda-feira] iniciar as aulas presenciais para todos os ciclos na região com as melhores condições de segurança”.

Na passada quinta-feira, cerca de sete mil alunos do ensino secundário voltaram às escolas, depois de estarem em ensino à distância desde 11 de janeiro. Na próxima segunda-feira, será a vez de aproximadamente 8.700 alunos do terceiro ciclo retomarem as aulas presenciais.

Miguel Albuquerque desvalorizou as questões em torno da administração da vacina da AstraZeneca, considerando que tudo é “uma guerra comercial ou de laboratórios”.

O presidente do Governo da Madeira insistiu que o objetivo na região é ter “o mais rapidamente possível a população vacinada, no sentido de, no fim do verão, ter imunidade na região”.

Albuquerque reforçou que a vacinação dos trabalhadores ligados ao setor do turismo é outra das medidas a adotar pelo Governo Regional, visando a sua proteção com a abertura da região ao exterior, recordando que “a Madeira nunca esteve fechada”, tem recebido turistas e o problema está no encerramento dos mercados emissores.

O governante insistiu na previsibilidade de um aumento de casos nos próximos dias, depois da entrada em circulação de mais de 58 mil pessoas, com a retoma das aulas presenciais para os alunos do secundário e 3.º ciclo.

Miguel Albuquerque rejeitou também a possibilidade da aplicação de uma cerca sanitária no concelho de Machico, que, na sexta-feira, registava 10 dos 14 novos casos de covid-19, atestando que as cadeias de transmissão estão “identificadas e controladas”.

Segundo os últimos dados da Direção Regional de Saúde (DGS), a Madeira registou 14 novos casos de covid-19 na sexta-feira, 41 doentes recuperados e um total de 8.549 casos confirmados desde o início da pandemia.

Lusa // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …