Valentim Loureiro acusado de sustentar segunda família com dinheiro público

José Coelho / Lusa

Valentim Loureiro, ex-presidente da Câmara de Gondomar

O Ministério Público acusa Valentim Loureiro de arrendar imóveis em benefício da mãe dos dois filhos, enquanto exercia funções de presidente da Câmara.

O ex-presidente da Câmara de Gondomar, Valentim Loureiro, está acusado pelo Ministério Público (MP) de um crime de participação económica em negócio.

Segundo uma nota publicada no site da Procuradoria-Geral Distrital do Porto, em Novembro de 2001, enquanto desempenhava as funções de presidente da Câmara, terá arrendado em nome do município dois imóveis em Nevogilde, no Porto, “à mãe de dois filhos seus”.

Os imóveis foram, alegadamente, arrendados pelo valor mensal de 1396,64 euros e destinavam-se ao alojamento, pela autarquia, de estudantes universitários provindos de Cabo Verde, no âmbito de um protocolo de cooperação e geminação.

A PGD acrescenta que o arrendamento terá durado 12 anos, até agosto de 2013. O autarca acabaria por sair do poder meses depois, impedido pela lei da limitação de mandatos de se recandidatar a um sexto mandato.

“O arguido agiu com o intuito de beneficiar a proprietária dos apartamentos em prejuízo do Município de Gondomar, uma vez que o arrendamento desrespeitava os critérios estabelecidos pela assembleia municipal, era desadequado em termos de localização e desconsiderava opções mais vantajosas e os inferiores valores médios de mercado para arrendamentos similares”, salienta a acusação.

Ao Público, Valentim Loureiro não quis prestar esclarecimento adicionais sobre a acusação do Ministério Público. “Digo apenas que tudo o que fiz foi legal.”

Valentim Loureiro completou cinco mandatos como presidente da Câmara Municipal de Gondomar, entre 1993 e 2013. Nos três primeiros, o autarca candidatou-se pelo PSD. Nos restantes dois mandatos – depois de o PSD lhe ter retirado a confiança política, em 2005, na sequência do seu envolvimento no processo judicial “Apito Dourado” – apresentou-se como candidato independente.

Em 2017, Loureiro recandidatou-se à presidência da autarquia em 2017, mas acabou derrotado pelo PS, conseguindo, contudo, eleger dois vereadores.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não escapa nenhum, não ha um que seja sério, uns de uma forma, outros de outra… são todos iguais.Não admira Portugal ter batido no fundo economicamente, mas há quem diga que foi dos Portugueses viverem acima das possibilidades, será????

    • Portugal bateu no fundo com Passos Coelho. E não concordo com o discurso que os políticos são todos iguais. Há políticos honestos e em último caso a culpa é dos eleitores que elegem corruptos e dos que se omitem de votar.

      • Car MF

        Desafio o a nomear me so 2 desses politicos honestos, só lhe peço que tenha em conta que não ha semana nenhuma que não apareçam noticias sobre novas suspeitas de corrupção e de desvios de dinheiros entre outras coisas.
        Fico à espera….

      • os eleitores nao votam nas pessoas mas sim no partido (é diferente para as eleiçoes do presidente da republica, ai sim votamos na pessoa).
        os partidos têm uma lista dos deputados que vao ser eleitos consoante o nº de votos.
        sendo assim, os culpados sao os presidentes/secretarios gerais, etc que estao à frente dos partidos que fecham os olhos aos amigos.
        quanto a este politico, reza a historia e dizem que ele ja roubava na tropa para vender aos outros. por isso foi expulso do exercito e quando se deu o 25 de abril ele mexeu os cordelinhos e regressou, mas nunca passou de major

RESPONDER

Autárquicas foram prova de vida para o CDS. Rodrigues dos Santos respira, Melo põe-se à espreita

Nuno Melo já se tinha colocado em posição de ataque na corrida interna, mas terá de esperar. O CDS "está vivo" e as autárquicas foram prova disso. O CDS decidiu apoiar Carlos Moedas e não se …

Explosão suspeita em complexo de edifícios na Suécia causa mais de 20 feridos

Mais de 20 pessoas ficaram feridas, três delas com gravidade, após uma explosão num complexo de edifícios no centro de Gotemburgo, na Suécia. A polícia está a investigar as causas do incidente e admite a …

Costa pode remodelar Governo após choque eleitoral (com Medina à cabeça)

António Costa pode estar a preparar uma remodelação no Governo, com Fernando Medina à cabeça. António Costa já veio negar essa possibilidade. O primeiro-ministro António Costa está preparado para fazer uma remodelação no Governo, após a …

Portugal com mais 600 casos de covid-19 e sete óbitos. Internamentos baixam das quatro centenas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 600 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da …

Autárquicas não contaminam processo orçamental. Esquerda chuta eleições para canto e mantém pressão

Depois de uma empolgante noite eleitoral, avizinham-se duas semanas de negociações entre os partidos e o Governo. Os trabalhos de negociação do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) estão mais atrasados do que o habitual devido …

Igreja desaba com a força da lava do vulcão em La Palma

Uma igreja na ilha espanhola de La Palma desabou depois de ter sido atingida pela lava do vulcão que entrou em erupção no passado domingo, dia 19. Após ter escapado por pouco no início da semana …

Homem que tentou matar Ronald Reagan vai ser libertado em 2022

Na altura o homem foi considerado inimputável pela justiça devido a problemas mentais. Depois de ter saído de um hospital psiquiátrico em 2016, John Hinckley Jr vai ficar em liberdade total de 2022. A 31 de …

Coreia do Norte lança "projétil não identificado"

A Coreia do Norte lançou um "projétil não identificado" no mar ao largo da sua costa oriental, disseram esta madrugada os militares sul-coreanos. Tanto o Japão como os Estados Unidos já condenaram o lançamento. A Coreia …

Pandemia, campanha anticomunista ou geringonça? As justificações para a derrota do PCP

Pandemia, campanha anticomunista, geringonça ou outra coisa qualquer? O que justifica a hecatombe do PCP nas duas últimas eleições autárquicas? A noite eleitoral foi um tombo para o PCP, que, além de não ter conseguido recuperar …

"Os eleitores fizeram-se ouvir muito bem". SPD responde à CDU e quer aliança com os Verdes e FDP

Armin Laschet tinha anunciado que a CDU queria liderar o executivo apesar do mau resultado, o que já motivou uma resposta do SPD. O líder dos conservadores está também debaixo de fogo dentro do próprio …