Vacina da Janssen deverá ser aprovada na Europa a 11 de março. Imunizante só requer uma toma

Vasco Célio / Lusa

A Agência Europeia do Medicamento convocou uma reunião extraordinária para concluir a avaliação da vacina à covid-19 da multinacional Janssen, com vista a colocá-la rapidamente no mercado.

Neste sentido, espera-se que haja mais uma vacina contra a covid-19 que deverá começar a ser utilizada a curto prazo na União Europeia.

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) comunicou no seu site que convocou uma reunião extraordinária para 11 de março próximo, com o objetivo de “concluir a avaliação, se possível”, do imunizante desenvolvido pela Johnson & Johnson, que pertence à multinacional Janssen.

A EMA irá rever todas as informações sobre a vacina comunicadas pela Johnson & Johnson, com vista a dar luz verde e a colocar o imunizante rapidamente no mercado, pondo-o à disposição dos diversos países.

A vacina da Johnson tem sido aguardada com expectativa, uma vez que, ao contrário das outras, é tomada numa única dose, além de apresentar outras vantagens, como dispensar condições especiais de armazenamento a temperaturas baixas e controladas, podendo ser guardada num frigorífico doméstico sem se danificar.

Ursula von der Leyen já adiantou que está tudo a postos para autorizar o imunizante logo que a EMA dê o parecer científico positivo.

A expectativa é a de que, após aprovação da EMA, a vacina da Johnson possa começar a chegar aos países europeus pronta a ser ministrada à população no final de março ou no início de abril.

Ainda assim, a Autoridade Europeia do Medicamento tem sido fortemente criticada pela demora na concessão de luz verde para as novas vacinas contra a covid-19. A Comissão Europeia diz que todas as alternativas devem ser discutidas, assim os estados-membros queiram fazê-lo, avança o Expresso.

No entanto, a União Europeia tem defendido os prazos de análise e aprovação da EMA, argumentando que a segurança dos seus cidadãos não pode ser posta em causa. Um dos grandes “senãos” das autorizações de emergência, quando concedidas por um Estado-membro, é implicarem a responsabilização desse mesmo Estado caso algo corra mal na administração.

Merck vai ajudar a produzir vacina da Johnson & Johnson

A farmacêutica Merck vai ajudar a produzir a vacina contra a covid-19 da empresa rival Johnson & Johnson, avançou um funcionário do Governo dos EUA.

A decisão ocorre numa altura em que as autoridades sanitárias norte-americanas tentam acelerar a produção de doses desta vacina de dose única, recentemente aprovada pela agência de regulação dos medicamentos nos Estados Unidos (CDC).

As autoridades sanitárias norte-americanas dizem que a Johnson & Johnson enfrentou problemas inesperados na produção da sua vacina, tendo sido capaz de disponibilizar até agora apenas 3,9 milhões de doses.

A empresa diz que está preparada para entregar mais 100 milhões de doses até ao final de junho.

Com a ajuda da gigante farmacêutica Merck, a Johnson & Johnson deve conseguir cumprir os seus compromissos de produção e expandir ainda mais o fornecimento das vacinas.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Neuralink divulga vídeo de macaco a jogar videojogo com a mente

A Neuralink, empresa de implantes cerebrais do empresário Elon Musk, divulgou na quinta-feira um vídeo que mostra a tecnologia a funcionar em macacos. No vídeo, um cientista da Neuralink explica a forma como a empresa implantou …

Obra de Paula Rego vai a leilão com estimativa de um milhão de libras

A obra “The Aunt (Nada)”, da pintora portuguesa Paula Rego, vai ser leiloada pela Phillips, em Londres, na quinta-feira, com uma estimativa de venda entre 800 mil e 1,2 milhões de libras (922 mil a …

Minerar bitcoin na China vai gerar mais emissões de carbono do que as de toda a República Checa

Um novo estudo estima que o processo de mineração de bitcoin na China poderá gerar em breve 130,50 milhões de toneladas de emissões de carbono por ano (mais do que a produção anual de toda …

Chelsea 0-1 FC Porto | Adeus com sentimento de injustiça

Difícil de lidar. O Porto mostrou capacidade para afastar o poderoso Chelsea nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, mas ficou a um golo de levar a eliminatória para prolongamento, acabando afastado. Após a derrota por 2-0 …

Suíça cria a moeda mais pequena do mundo com a imagem de Einstein

Com a famosa imagem de Albert Einstein a mostrar a língua, e com apenas 2,96 mm de diâmetro, é necessário o recurso a uma lupa para conseguir apreciar o objeto. Esta é a  moeda mais …

Citroën apresenta o seu novo topo de gama. O C5 X promete audácia e inovação

A Citroën apresentou o C5 X, uma carrinha sobrelevada ao estilo de crossover, que faz uma maior apologia da tecnologia, do conforto e de um desenho mais irreverente face aos rivais que se encontram no …

J-Lo, H.E.R. e Foo Fighters em concerto para financiar vacinas contra a covid-19

As cantoras Jennifer Lopez e H.E.R. são duas das participantes num espetáculo especial, que será transmitido a nível global, no próximo dia 8 de maio, com o objetivo de angariar fundos para as vacinas contra …

"Indecente e imoral". Paquistão em guerra aberta com o TikTok, a rede social mais popular do país

O TikTok é a rede social mais popular no Paquistão, mas a aplicação mostra um lado do país que não se alinha com a sua imagem conservadora. Em 2019, o TikTok tornou-se a segunda aplicação mais …

Joe Biden promete retirar todas as tropas do Afeganistão até 11 de setembro de 2021

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai propor a retirada de todas as tropas do Afeganistão até ao dia 11 de setembro de 2021, no vigésimo aniversário do ataque ao World Trade Center. Segundo o …

120 anos depois, IA ajuda a recriar pintura escondida sob obra-prima de Picasso

A Inteligência Artificial (IA) ajudou a recriar uma obra de arte que esteve escondida sob uma pintura de Pablo Picasso durante quase 120 anos. Uma misteriosa paisagem esconde-se debaixo da superfície visível de La Miséreuse Accroupie …