Os ursos estão a acordar um mês antes do previsto (e já se sabe porquê)

Os zoólogos estão a ter uma grande surpresa, uma vez que os ursos de todo o mundo estão a acordar fora de estação devido aos invernos mais quentes. Ursos em cativeiro e selvagens na Rússia, Finlândia e Reino Unido saíram da hibernação cedo. Algumas populações nem hibernaram.

A hibernação é um evento anual para os ursos. A sesta longa que se prolonga no meses de inverno permite que os animais esperem que passem as condições mais severas em que a comida é escassa. Durante a hibernação, o metabolismo, respiração, batimento cardíaco e atividade física dos ursos diminuem para que os animais consigam preservar o seu stock precioso de gordura.

A duração da hibernação depende de cada animal e varia de caso a caso. Porém, é certo que chega ao fim quando chega a primavera, que traz temperaturas mais quentes e fontes de alimento mais abundantes.

Na Rússia, trabalhadores do Jardim Zoológico de Moscovo esperam que os seus ursos saiam da sua toca quatro semanas antes em comparação com o ano anterior, uma vez que as temperaturas quentes despertam os seus dois ursos dos Himalaias e um urso castanho Kamchatka.

Num comunicado, citado pelo jornal russo The Moscow Times, Svetlana Akulova, CEO do zoo, disse que os zoólogos esperavam uma chegada antecipada devido ao inverno anormalmente quente. Os picos das suas atividades indicaram aos funcionários do jardim zoológico que apareceriam muito antes do normal, com a chegada prevista para o final de março. Estes ursos normalmente acordam no final de abril ou maio.

A tendência está a espalhar-se por todo o continente. A sul de Moscovo, os ursos no jardim zoológico de Voronezh já acordaram e os caçadores do leste na região de Kirov já viram um urso selvagem a vaguear pelas florestas.

Na Finlândia, no jardim zoológico de Korkeasaari, os ursos acordaram após uma breve hibernação de apenas dois meses, fazendo a sua primeira aparição em fevereiro.

Também no Reino Unido, três ursos pardos europeus no ZSL Whipsnade Zoo, acordaram brevemente em fevereiro depois de iniciarem a hibernação em novembro. “Aproveitaram o sol de fevereiro por uns bons 20 minutos antes de voltarem para a sua toca para mais uma sesta. Quando os ursos saem da hibernação, tendem a pressionar o botão “snooze” algumas vezes, assim como alguns de nós de manhã”, disse Felicity Ball, do ZSL Whipsnade Zoo, em comunicado.

Esta não é a primeira vez que uma interrupção foi relatada nos comportamentos anuais de hibernação de ursos na Rússia. Em 2019, ursos pardos na Sibéria não hibernaram por causa do calor. O mesmo efeito foi visto com centenas de ursos nma reserva natural do sul da Rússia durante o inverno de 2018.

O surgimento precoce de ursos em todo o mundo fornece mais evidências do impacto das mudanças climáticas nos ritmos biológicos dos animais. Ursos em cativeiro que acordam cedo podem ter as suas dietas suplementadas com pequenas porções de bagas e frutos antes de passar para porções maiores, incluindo carne.

Porém, as populações selvagens terão de se defender sozinhas, o que pode ser difícil se as espécies de plantas nativas não começarem a frutificar ou se o frio voltar até à verdadeira chegada da primavera.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado…
    Estão os ursos a sair da hibernação mais cedo e estamos nós a experimentar o que é hibernar.
    A vida tem destas merdas…

Salgado acusa Banco de Portugal de "deslealdade" e "desonestidade"

Na contestação à coima aplicada pelo supervisor por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais, a defesa de Ricardo Salgado acusou o Banco de Portugal de ter sido “desleal e desonesto” na forma …

No Reino Unido, só 22% das pessoas que testaram positivo relataram ter sintomas

Um novo estudo acaba de revelar que, no Reino Unido, apenas 22% dos casos positivos tinha sintomas da covid-19 no dia em que fizeram o teste. Um estudo do Office for National Statistics (ONS) britânico, divulgado …

Administração Trump notifica formalmente o Congresso sobre saída da OMS

O Governo norte-americano informou esta terça-feira o Congresso sobre a sua saída forma da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Administração Trump já notificou formalmente o Congresso norte-americano de que os Estados Unidos vão sair da …

“Não vou ser infetado e propagar a covid-19”. Burundi anuncia triagem maciça da população

O Governo do Burundi começou esta segunda-feira uma campanha de triagem maciça da covid-19, decisão que demonstra uma alteração das políticas implementadas pelo novo Presidente do país no sentido de combater mais assertivamente a propagação …

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …

Bloco deixa recado ao PS: voto do Suplementar não estará garantido para o OE2021

Depois de o PCP ter rompido o espírito de acordos à esquerda, foi a vez de o Bloco de Esquerda deixar avisos para 2021. Em entrevista ao portal esquerda.net, divulgada esta terça-feira, Mariana Mortágua deixa claro …

Ferrari vai enfrentar problemas no Mundial de F1 "sem chorar"

O diretor-geral da Ferrari elogiu o talento de Leclerc e mostrou-se preocupado com os problemas que afetaram Sebastian Vettel. O diretor-geral da Ferrari, Louis Camilleri, reiterou esta terça-feira a confiança na equipa e assegurou que a …