Ursos da Ucrânia não estão a hibernar este inverno. O calor dá-lhes “insónias”

Tânia Rêgo / ABr

Um inverno anormalmente quente está a afetar a atividade de hibernação dos ursos castanho da Ucrânia. A “insónia” está a afetar 29 dos 32 ursos do Parque Natural Nacional Synevir.

De acordo com uma publicação no Facebook, o Parque Natural Nacional Synevir deixa saber que, na Ucrânia, o inverno é um período de tempo em que todos os ursos deviam adormecer. No entanto, apenas três estão a hibernar. Segundo os conservacionistas, no ano passado, a maioria dos ursos hibernou no inverno.

A razão para o facto de os ursos não estarem a hibernar poderá ser a temperatura do ar que, segundo os conservacionistas, não está suficientemente baixa para permitir que os animais hibernem.

De acordo com o Newsweek, as temperaturas no Parque Natural Nacional Synevir rondam atualmente os 4ºC, o que é mais alto do que a média de dezembro de -2,3ºC e mais próximo da temperatura normal no mês de abril (6,9 ºC) – a altura em que os ursos terminam a sua hibernação.

O comunicado do parque dá nota que a região teve apenas uma semana fria, quando os três ursos conseguiram entrar em estado de hibernação. O resto, segundo eles, está “à espera da geada”.

A temperatura externa pode ser um indicador importante para os ursos quando se trata de determinar quando – e durante quanto tempo – hibernam. Nas semanas que antecederam a hibernação, estudos mostraram que a frequência cardíaca e a temperatura do corpo do urso começarão a cair e a atividade física diminuirá. À medida que as temperaturas se aproximam de zero e a neve chega, os animais acham um esconderijo para o inverno, iniciando o período de hibernação durante os meses de inverno.

De acordo com o Serviço Nacional de Parques, o período de hibernação de um urso varia de acordo com as espécies – de alguns dias ou semanas (ursos pretos no México) a mais de seis meses (ursos castanho no Alasca). O processo permite que sobrevivam à escassez de alimentos e cobertura de neve durante os meses de inverno, bem como às temperaturas mais baixas da estação.

Porém, a mudança climática parece estar a alterar o comportamento dos animais como o urso preto, que hibernam durante períodos mais curtos e saem da cova mais cedo quando o tempo está mais quente.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Atividade física ajuda a prevenir a perda de visão

Uma nova investigação sugere que o exercício físico pode ser um componente-chave na prevenção da perda de visão. Os benefícios da atividade física são cada vez mais conhecidos, mas há alguns que devem ser tidos em …

Dubai vai construir uma cidade marciana no deserto

O Dubai tem em mãos um projeto ambicioso: a construção de uma cidade marciana. O projeto foi apresentado por uma empresa sediada em Copenhaga e Nova Iorque e é uma parte do plano dos Emirados …

Coreia do Norte voltou a rejeitar negociações com os Estados Unidos

A Coreia do Norte disse, esta terça-feira, que não tenciona retomar o diálogo com os Estados Unidos, quando o vice-secretário de Estado norte-americano, Stephen Biegun, chegou à Coreia do Sul para discutir diplomacia nuclear. Num comunicado …

Construiu uma cadeira de rodas com bicicletas elétricas para a namorada. Agora, vai produzi-la em massa

Para Zack Nelson, construir esta  peça inovadora de engenharia foi "super divertido e surpreendentemente simples". Há cerca de um ano, Zack Nelson, o youtuber de tecnologia do canal JerryRigEverything, uniu duas bicicletas elétricas para criar uma …

A reeleição de Trump nunca esteve tão ameaçada. A culpa é do pessimismo dos americanos

A gestão do Presidente norte-americano face à pandemia e a perspetiva de uma crise económica ameaçam a reeleição de Donald Trump. Um estudo de opinião da Fundação Peter G Peterson para o The Financial Times indica …

Ministros da Indonésia promovem colar de eucalipto como cura para a covid-19

O ministro da Agricultura da Indonésia foi muito criticado por especialistas por alegar que um colar feito de eucalipto pode ajudar a impedir a transmissão da covid-19. Segundo o The Guardian, o ministro da Agricultura da …

SATA pede auxílio ao Estado no valor de 163 milhões de euros

A SATA, companhia aérea detida a 100% pela Região Autónoma dos Açores, precisa do valor até ao final do ano para pagar dívidas. A SATA pediu um auxílio ao Estado de 163 milhões de euros para …

Cortiça portuguesa usada em foguetões da Space X

A Corticeira Amorim forneceu a Space X, de Elon Musk, para componentes usados nos foguetões espaciais da empresa, adiantou o presidente da empresa, António Rios Amorim. "É o nosso maior cliente [deste segmento] neste momento desde …

Pandemia põe em risco mais de 40% dos empregos no Algarve

Além do Algarve, outros destinos turísticos europeus, como ilhas do sul da Grécia, Canárias e Baleares, estão também em risco. As regiões onde o turismo tem mais peso enfrentam um risco maior de destruição de emprego, …

Imunidade de grupo não vai travar pandemia, diz estudo espanhol

Um estudo espanhol, que abrangeu mais de 60 mil pessoas, colocou em causa a viabilidade da imunidade de grupo como forma de combater a pandemia de covid-19, estimando que apenas 5% da população tenha desenvolvido anticorpos …