Turistas compram resultados falsos de testes à covid-19 para conseguirem viajar

Com o aumento de casos positivos de covid-19 em todo o mundo, muitos países passaram a exigir testes negativos para quem queira entrar. Contudo, fazer um teste a tempo pode ser difícil para os viajantes.

Segundo o The Washington Post, este cenário impulsionou uma solução no mercado negro: a venda de resultados negativos de testes falsificados. Esses certificados têm surgido em todo o mundo, mas países como o Brasil, França e Reino Unido são onde se verificam mais manipulações.

Na semana passada, as autoridades francesas desmantelaram um suposto gangue que vendia certificados de teste falsos no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. De acordo com a Associated Press, o grupo estava a pedir entre 150 a 300 euros pelos certificados digitais de resultado negativo.

A polícia francesa acusou o grupo de 6 homens e 1 mulher de falsificação e fraude após investigar um passageiro com destino à Etiópia, que adquiriu um teste falso no aeroporto, em setembro. Os certificados foram armazenados em telemóveis e tinham o nome de um laboratório médico localizado em Paris, diz a BBC.

As autoridades brasileiras também detiveram recentemente 4 viajantes que falsificaram testes negativos para visitar a ilha de Fernando de Noronha num jato particular. A ilha é conhecida por ter uma das praias mais bonitas do mundo e foi reaberta aos turistas a 10 de outubro, no entanto, exige que os turistas apresentem resultado negativo do teste à covid-19 feito com, no máximo, um dia de antecedência.

Como avança o The Lancashire Telegraph, a prática verificou-se também no Reino Unido. O jornal britânico relatou uma conversa de um médico que falsificou um teste de um amigo, que o imprimiu e utilizou para viagens internacionais.

Para combater estas falsificações, alguns destinos estão a utilizar tecnologia mais sofisticada para evitar manipulações. Por exemplo, o estado norte-americano do Havaii exige que os visitantes se inscrevam previamente no seu programa de testes online, façam os testes apenas em determinadas clínicas e carreguem os resultados num portal.

Também uma nova app chamada CommonPass, que foi lançada no último mês, tem como objetivo que os passageiros da United Airlines e Cathay Pacific Airways carreguem os resultados dos teste de covid-19 diretamente para a companhia aérea para verificação.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os negócios que se fazem em torno desta dita pandemia. Desde as vacina financiadas com milhões que não aparecem, até vacinas que já existem e não são adoptadas (como o caso da vacina russa), desde doentes com outras patologias que deixam de ser atendidos, etc etc etc.
    Covid-19 é uma história muito estranha!

      • Em democracia as pessoas tem direito a opinar mesmo que digam as maiores bizarrices para outrém.
        O que ele mencionou são factos! Tu fizeste juízo de valor e “armas-te” em intelectual dando assim, festival de ignorância, no género de quem diz:
        “Não percebes nada disto”!
        Como tal, cala.te e vai pela sombra e deixa esse teu pseudo ar de intelectual, que doe dito cujo, nada tem!

RESPONDER

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …