Turistas compram resultados falsos de testes à covid-19 para conseguirem viajar

Com o aumento de casos positivos de covid-19 em todo o mundo, muitos países passaram a exigir testes negativos para quem queira entrar. Contudo, fazer um teste a tempo pode ser difícil para os viajantes.

Segundo o The Washington Post, este cenário impulsionou uma solução no mercado negro: a venda de resultados negativos de testes falsificados. Esses certificados têm surgido em todo o mundo, mas países como o Brasil, França e Reino Unido são onde se verificam mais manipulações.

Na semana passada, as autoridades francesas desmantelaram um suposto gangue que vendia certificados de teste falsos no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris. De acordo com a Associated Press, o grupo estava a pedir entre 150 a 300 euros pelos certificados digitais de resultado negativo.

A polícia francesa acusou o grupo de 6 homens e 1 mulher de falsificação e fraude após investigar um passageiro com destino à Etiópia, que adquiriu um teste falso no aeroporto, em setembro. Os certificados foram armazenados em telemóveis e tinham o nome de um laboratório médico localizado em Paris, diz a BBC.

As autoridades brasileiras também detiveram recentemente 4 viajantes que falsificaram testes negativos para visitar a ilha de Fernando de Noronha num jato particular. A ilha é conhecida por ter uma das praias mais bonitas do mundo e foi reaberta aos turistas a 10 de outubro, no entanto, exige que os turistas apresentem resultado negativo do teste à covid-19 feito com, no máximo, um dia de antecedência.

Como avança o The Lancashire Telegraph, a prática verificou-se também no Reino Unido. O jornal britânico relatou uma conversa de um médico que falsificou um teste de um amigo, que o imprimiu e utilizou para viagens internacionais.

Para combater estas falsificações, alguns destinos estão a utilizar tecnologia mais sofisticada para evitar manipulações. Por exemplo, o estado norte-americano do Havaii exige que os visitantes se inscrevam previamente no seu programa de testes online, façam os testes apenas em determinadas clínicas e carreguem os resultados num portal.

Também uma nova app chamada CommonPass, que foi lançada no último mês, tem como objetivo que os passageiros da United Airlines e Cathay Pacific Airways carreguem os resultados dos teste de covid-19 diretamente para a companhia aérea para verificação.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os negócios que se fazem em torno desta dita pandemia. Desde as vacina financiadas com milhões que não aparecem, até vacinas que já existem e não são adoptadas (como o caso da vacina russa), desde doentes com outras patologias que deixam de ser atendidos, etc etc etc.
    Covid-19 é uma história muito estranha!

      • Em democracia as pessoas tem direito a opinar mesmo que digam as maiores bizarrices para outrém.
        O que ele mencionou são factos! Tu fizeste juízo de valor e “armas-te” em intelectual dando assim, festival de ignorância, no género de quem diz:
        “Não percebes nada disto”!
        Como tal, cala.te e vai pela sombra e deixa esse teu pseudo ar de intelectual, que doe dito cujo, nada tem!

RESPONDER

Aumentam os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un

Os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un estão de volta, depois de o líder norte-coreano ter aparecido em público com uma mancha escura na parte de trás da cabeça e, posteriormente, com …

Alemão de 84 anos multado por possuir arsenal de armas da Segunda Guerra Mundial

Na terça-feira, um tribunal alemão condenou um homem de 84 anos por porte ilegal de armas. O idoso possuía um arsenal pessoal que incluía um tanque, um canhão antiaéreo e vários outros itens de equipamento …

Nicarágua. Ex-rainha de beleza detida (e libertada) após se candidatar às eleições

As autoridades de Nicarágua detiveram na quarta-feira, libertando de seguida, a ex-rainha de beleza Berenice Quezada, dois dias após esta se registar como candidata nas eleições de 7 de novembro. Segundo a coligação Citizens for Liberty, …

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …

México processa fabricantes de armas dos EUA para tentar deter comércio ilegal

O Governo do México lançou uma ação civil num tribunal do Massachusetts, nos Estados Unidos (EUA), contra um conjunto de fabricantes por "comércio negligente", visando deter o "tráfico ilegal" de armas através da fronteira, destinadas …

Afinal, Messi não vai renovar com o Barcelona

O internacional argentino não vai renovar contrato com o FC Barcelona, confirmou, esta quinta-feira, o clube catalão. Em comunicado publicado no seu site oficial, o FC Barcelona explica que, "apesar de ter chegado a acordo" com …

A Guerra Fria eclodiu nas piscinas de Tóquio. E promete continuar pelos Olímpicos fora

Após a final dos 200 metros costas, o nadador norte-americano Ryan Murphy sugeriu que acabara de participar numa prova que "provavelmente não foi limpa". O comentário foi interpretado como uma acusação a Evgeny Rylov, medalhado …