Trump não quer falar com Xi Jinping. E pondera cortar relações com a China

Dan Scavino / Wikimedia

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o Presidente da China, Xi Jinping

O Presidente dos Estados Unidos não quer falar, por agora, com o seu homólogo chinês, ameaçando cortar relações com Pequim por causa da pandemia.

“Tenho um relacionamento muito bom (com Xi Jinping), mas neste momento não quero falar com ele”, disse Donald Trump, durante uma entrevista à estação televisiva Fox Business.

Os EUA e a China estão numa escalada de tensão, com acusações mútuas sobre erros e omissões na luta contra a propagação do novo coronavírus. Washington acusa Pequim de ter negligenciado os riscos da pandemia na sua fase inicial, e o Governo chinês denuncia a ineficácia norte-americana na crise sanitária.

Trump admite mesmo retaliações contra Pequim, acusando-o de ter omitido informações importantes sobre o novo coronavírus, que poderiam ter impedido a pandemia.

“Há muitas coisas que podemos fazer. Podemos romper todas as relações. Se fizéssemos isso, o que aconteceria? Economizaríamos 500 mil milhões de dólares (cerca de 460 mil milhões de euros)”, acrescentou o Presidente norte-americano.

Entretanto, as autoridades norte-americanas emitiram um alerta para o perigo de hackers apoiados pela China que estarão a tentar roubar pesquisas e outros dados relacionados com tratamentos e vacinas para a covid-19.

Presidente repreende Anthony Fauci em público

De acordo com o jornal Público, Trump repreendeu em público o cientista Anthony Fauci, um dos responsáveis da Casa Branca que tem dado a cara pelo combate à pandemia nos Estados Unidos.

Fui surpreendido com a resposta dele. Não é uma resposta aceitável, especialmente em relação às escolas”, afirmou o Presidente, horas depois de o cientista ter pedido cautela no regresso das crianças aos estabelecimentos de ensino.

“A ideia de que vamos ter tratamentos ou uma vacina para permitir o regresso dos alunos às escolas no outono é exagerada. Se tivéssemos uma vacina, o assunto ficaria arrumado de uma forma positiva. Mas, mesmo à velocidade a que temos andado, não cremos que tenhamos uma vacina a tempo de permitir que os alunos regressem às escolas este período”, afirmou Fauci numa audição perante a Comissão de Saúde do Senado.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia, o continente americano passou agora a ser o que tem mais casos confirmados (1,88 milhões), embora com menos mortes (113 mil contra 161 mil).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …

Mudanças na lei laboral podem prejudicar a retoma, avisa Centeno

É crucial para a retoma que haja "estabilidade e previsibilidade na legislação laboral", de forma a estimular o investimento empresarial e o crescimento económico, afirmou esta quarta-feira o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Von der Leyen dá luz verde ao Plano de Recuperação e Resiliência português. E "não é por acaso"

O primeiro-ministro, António Costa, e a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, anunciaram esta quarta-feira que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) foi aprovado por Bruxelas.  A presidente da Comissão Europeia, Ursula von …

Kim Jong-un reconhece que país enfrenta "situação de tensão alimentar"

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reconheceu que o país está a enfrentar uma "situação de tensão alimentar", informaram hoje os meios de comunicação oficiais. O país, cuja economia é alvo de múltiplas sanções internacionais impostas em …

Iniciativa Liberal apoia recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto

A Iniciativa Liberal vai apoiar a recandidatura de Rui Moreira à Câmara do Porto nas próximas eleições autárquicas, considerando “inquestionável a mudança e o desenvolvimento” da cidade desde que o independente assumiu a presidência do …

Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração …

DGS diz que demora de conclusões sobre eventos-piloto não é por erro técnico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) rejeitou, esta terça-feira, que tenha havido erro técnico no tratamento de dados dos eventos-piloto da Cultura, ocorridos em abril e maio, mas admitiu que o processo está demorado. Numa declaração enviada …

Governo quer fazer alterações na duração de cargos de dirigentes

As mudanças que estão a ser preparadas passam por reduzir a duração dos cargos em substituição e, por outro lado, pelo ajustamento do período das comissões do serviço em função da avaliação. Segundo o Jornal de …