Trump já pediu planos para atacar a Coreia do Norte

Pete Marovich / POOL / EPA

-

Donald Trump deu ordens aos seus conselheiros militares para que preparem planos de ataque à Coreia do Norte, numa altura em que as preocupações com o programa nuclear do país comunista aumentaram.

O jornal britânico The Mirror cita um dos conselheiros de Trump para a Segurança Nacional, o Tenente General H. R. McMaster, segundo o qual presidente dos EUA ordenou a preparação de uma “lista de opções” militares para “esmagar” a ameaça nuclear norte-coreana.

Entre as alternativas estão “raides de forças especiais combinadas” e “ataques de mísseis preventivos”, realça o Mirror.

O presidente pediu para estarmos preparados para dar uma gama completa de opções para remover a ameaça” nuclear, revela McMaster.

O conselheiro de Trumo recorda que Donald Trump, tal como outros presidentes dos EUA antes dele, concordam que o desenvolvimento de armas nucleares na Coreia do Norte é “inaceitável” e que “o que tem que acontecer é a desnuclearização da Península“.

Este domingo, os Estados Unidos enviaram o super-porta-aviões USS Carl Vinson para águas perto da Coreia do Norte, como resposta aos vários testes de mísseis de Pyongyang.

Fontes do Pentágono confirmaram à CNN que o almirante Harry Harris, chefe do Comando do Pacífico, ordenou a mobilização do porta-aviões da classe Nimitz e de toda a sua frota de ataque para águas próximas da península coreana.

Entretanto, segundo o canal noticioso FOX News, a Força Aérea norte-americana está a sobrevoar o espaço aéreo da península Coreana, sendo notório o aumento do número de voos de aviões americanos em patrulha a partir da base aérea sul-coreana de Osan.

Estas movimentações surgem depois de a semana passada o Conselho de Segurança Nacional dos EUA ter apresentado a Trump um relatório sobre possíveis variantes de resposta à ameaça vinda da Coreia do Norte, incluindo instalar armas nucleares na Coreia do sul ou a eliminação do líder norte-coreano, Kim Jong-un.

A instalação de armas nucleares na Coreia do Sul, de onde os EUA retiraram todas as suas armas nucleares há 25 anos, seria o primeiro movimento táctico nuclear dos Estados Unidos em território estrangeiro desde o fim da Guerra Fria.

Também a semana passada, um dia depois de Donald Trump ter recebido dos seus conselheiros planos militares com opções para um ataque na Síria, os EUA lançaram um ataque com mísseis cruzeiro contra uma base aérea de Shayrat.

A Coreia do Norte criticou o ataque norte-americano, considerando que se trata de “uma intolerável agressão” que justifica “mais de um milhão de vezes” um ataque de “dissuasão nuclear”.

ZAP //

10 COMENTÁRIOS

  1. Refere-se a Trump ou ao Grande Líder da Coreia do Norte, que ameaça com ataques nucleares preventivos dia sim, dia não???

  2. A situação estä a tornar-se, de facto, explosiva. Estamos a falar de dois lunáticos em confronto, porém, entre os dois acho o coreano mais lunático e perigoso porque ali não há democracia nem contraditório, ele manda e a carneirada toda baixa as orelhas perante o que consideram ser um “Deus”, o seu “querido líder”. É perigoso, pois a carneirada desmiolada não pensa, logo, podem ser mandados para a morte, á conta do palhaço lunático que os governa, e vão, vão na mesma, felizes e contentes. Já com Trump e os EUA é outra história, pois há democracia, há correntes de opinião opostas com capacidade de travarem eventuais desvarios.

  3. Bazuca,tem uma ideia errada das pessoas da coreia do norte…se os ha que seguem o lider a grande maioria so o faz por medo,dada a repressao e nivel de intimidaçao que existe…

    • Exato, acredito que a grande maioria da população deseja secretamente o desaparecimento do seu líder, e julgo que a haver uma ação militar (cada vez mais provável) deveria ser um ataque preciso, no sentido de suprimir o chefe máximo. Posso estar enganado, mas podia revelar-se uma ação com um final bastante mais rápido do que se acreditava, e nem sei até que ponto é real toda ameaça militar norte-coreana, deve ser muito bluff e pouca pólvora… (pelo menos em quantidade).

  4. Infelizmente ira haver sempre danos colaterais,como em qq guerra. O que levanta a questao de que se nao nos fizerem mal que direito temos de os atacar? Ataque preventivo? Como o feito contra saddam e as suas ” armas nucleares”? Nao havendo interesses financeiros e os eua n mexem o cu,pelo menos é a minha opiniao.

  5. Concordo que se não houver que tome uma atitude contra a Coreia do Norte, serão eles mais dia menos dia a acertar no alvo que pretende e que tantas vezes ameaçam, seja os EUA, seja o Japão ou a Coreia do Sul, alguém têm que mostrar a este louco que não pode andar por ai a lançar misseis com a conversa que são testes, o que todos devemos esperar é que é possivel que este procedimento desencadeie uma grande guerra

  6. Dois lunáticos a medirem forças, a acrescentar os lunáticos europeus a apoiarem Trum, vai dar guerra e da grossa. Salve-se quem puder porque isto não vai sobrar ninguém para contar a não ser África, mas esses já morrem de fome.

RESPONDER

Antigos romanos de Pompeia podem ter morrido envenenados pela água

Uma análise química feita a um cano de água do abastecimento da antiga cidade romana de Pompeia detectou a presença de antimónio em altas concentrações, o que leva os investigadores a concluir que os habitantes …

Pais da portuguesa desaparecida em Barcelona chamados a verificar identidade

Os pais da jovem portuguesa dada como desaparecida em Barcelona esta quinta-feira foram chamados pelas autoridades espanholas para verificarem a identidade de uma das vítimas no Instituto Forense, disse à Lusa o secretário de Estado …

Negócio de bunkers em crescimento devido à tensão com a Coreia do Norte

O aumento da tensão com a Coreia do Norte fez crescer o interesse pelos abrigos nucleares subterrâneos e em reforçar os protocolos de segurança na costa oeste dos Estados Unidos, a mais próxima de Pyongyang …

Adolescente convence presidente de Câmara a obrigar casas a ter painéis solares

Delaney Reynolds, adolescente norte-americana com 16 anos, conseguiu convencer o presidente da Câmara de South Florida a instalar painéis solares ou telhados verdes em todas as casas do Estado. A jovem adolescente ouviu falar na lei …

Matou-os a (quase) todos: quatro dos cinco terroristas foram mortos pela mesma agente

Podia ser apenas um filme de ação, mas aconteceu mesmo: sem olhar a medos, uma agente da polícia catalã disparou contra os atacantes quando estes se dirigiam a ela de facas, machados, machetes, cutelos e …

Serviços Secretos investigam senadora que "esperava que Trump fosse assassinado"

A senadora de Estado do Missouri, Maria Chappelle-Nadal, está a ser investigada pelos serviços secretos norte-americanos, depois de ter publicado um comentário no Facebook onde dizia que esperava que Donald Trump fosse assassinado. Segundo o St. …

Polícia detém suspeito de esfaqueamento em massa na Finlândia

A polícia finlandesa disparou sobre o suspeito que terá esfaqueado várias pessoas na cidade de Turku. Foi feita uma detenção. Há dois mortos e seis feridos. A polícia finlandesa abateu um homem suspeito de ter esfaqueado …

Terroristas de Barcelona preparavam grande atentado (mas a bomba explodiu em casa)

Os autores dos atentados de Barcelona e Cambrils, que provocaram pelo menos 14 mortos e 135 feridos, estavam a preparar uma ação de "grande envergadura", afirmou hoje em conferência de imprensa o porta-voz da polícia …

Greve dos SEF pode afetar 30 mil passageiros e 85 voos

A greve dos inspetores dos Serviços de Estrangeiros e Fronteiras que está marcada para os dias 24 e 25 - quinta e sexta-feira - da próxima semana, pode deixar em terra até 30 mil passageiros …

André Ventura defende prisão perpétua e trabalho obrigatório para os presos

André Ventura, o polémico candidato do PSD à Câmara Municipal de Loures, confessa-se "um defensor acérrimo da prisão perpétua" e diz que "o trabalho em prol da sociedade deve ser uma obrigação dos presos". Ideias defendidas …