Trump elogia Guterres. “Um trabalho realmente espetacular na ONU”

Shawn Thew / EPA

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, na Casa Branca com o presidente dos EUA, Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou esta sexta-feira o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirmando que este tem feito um trabalho “realmente espetacular” na organização que lidera desde janeiro.

“Você tem feito um trabalho muito, muito espetacular nas Nações Unidas“, afirmou Donald Trump, acrescentando que Guterres se tornou seu “amigo” ainda antes de assumir o cargo de presidente dos Estados Unidos.

As declarações do Presidente americano surgiram numa conferência de imprensa, na sala oval, no âmbito da visita de António Guterres à Casa Branca.

É preciso sorte e talento, e ele tem talento“, afirmou Trump referindo-se ainda ao secretário-geral da ONU, acrescentando que tem “a sensação de que as coisas vão acontecer nas Nações Unidas, como nunca se viu”.

O Presidente americano afirmou que as Nações Unidas têm “um potencial tremendo” mas que “não tem sido usado nos últimos anos como deveria ser“.

Shawn Thew / EPA

“É preciso sorte e talento, e ele tem talento”

António Guterres, por sua vez, disse que o mundo está “caótico” e que é precisa uma ONU “forte, reformada e modernizada”. O secretário-geral da ONU acrescentou que também é preciso um compromisso “firme” dos Estados Unidos com a organização, baseado nos seus valores tradicionais de “liberdade, democracia e direitos humanos”.

Durante as reuniões dos líderes internacionais na Assembleia Geral da ONU, em setembro, Trump e Guterres lideraram uma reunião focada na reforma das Nações Unidas, algo que é uma prioridade para a Casa Branca. O líder norte-americano elogiou as medidas tomadas pelo secretário-geral para melhorar o funcionamento da ONU.

Trump foi, no passado, muito crítico relativamente à ONU, tendo afirmado há um ano, na rede social Twitter, que a organização era “apenas um clube onde as pessoas se reúnem, conversam e passam um bom bocado”.

O governo de Trump anunciou, a semana passada, a retirada do pais da UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura, apontando como motivos a necessidade de uma reforma e uma suposta “tendência anti-israelita”.

O secretário-geral da ONU lamentou “profundamente” a decisão e recordou o “grande papel” que os Estados Unidos tiveram na UNESCO desde a sua fundação.

Para além da reforma das Nações Unidas, a Coreia do Norte, o Irão e também o médio oriente terão estado entre os temas discutidos pelos dois líderes.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bem toda a gente diz que o Guterres é bom na ONU então deve ser mesmo bom. Não estou a ser sarcástico, já imensa gente diz que ele é muito bom no que faz.

RESPONDER

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …

Mais de metade dos portugueses acredita que os fundos europeus vão ser mal geridos

Mais de metade dos portugueses (60,6%) acredita que os fundos europeus que Portugal vai receber para fazer face à pandemia vão ser mal geridos, revela uma sondagem da Intercampus para o Jornal de Negócios e …

CMVM avança com suspensão de ex-secretário de Estado da Energia da OMIP

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) notificou, esta segunda-feira, o ex-secretário de Estado da abertura de um processo para a sua suspensão da administração da OMIP, alegando "dúvida fundada" quanto à adequação aos …

Satélite mostra preparativos de desfile na Coreia do Norte (e há quem desconfie da presença de novos TEL)

Novas fotografias tiradas por satélite e analisadas hoje pelo portal especializado 38North mostram os preparativos para um grande desfile militar na capital da Coreia do Norte, que a 10 de outubro comemora a fundação do …

Cartéis mexicanos ganharam cerca de 40 mil milhões de euros em apenas 2 anos

Os grupos criminosos do México ganharam cerca de mil milhões de pesos (perto de 40 mil milhões de euros), entre 2016 e 2018, revelou na segunda-feira a Unidade de Inteligência Financeira (UIF) do Governo mexicano. Durante …

O outono acaba de chegar ao hemisfério norte. E há uma razão para ter sido hoje

Setembro é o mês do regresso às aulas e ao trabalho. Após os dias quentes de verão, chega o outono. Este ano, a estação começa hoje, dia 22 de setembro, mais precisamente às 15h31, segundo …

Costa avisa que não há tempo a perder. País enfrenta "gigantesca responsabilidade"

O primeiro-ministro advertiu, esta terça-feira, que Portugal está perante "uma gigantesca responsabilidade" e "não pode perder tempo" com hesitações na execução dos fundos europeus nos próximos seis anos, tendo de conciliar "máxima transparência e mínimo …