Trump acredita que a “tortura funciona” e diz ser preciso combater o “fogo com fogo”

Gage Skidmore / Flickr

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

Na primeira entrevista depois da tomada de posse, no passado dia 20, Trump afirmou que sente “absolutamente” que a tortura funciona e que, no que toca ao terrorismo, é necessário combater o “fogo com fogo”.

Em entrevista à ABC News, a primeira desde que tomou posse como Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou que fará tudo para “manter o país seguro” relativamente ao terrorismo e que, por isso, não exclui a hipótese de fazer regressar a tortura aos interrogatórios.

O Presidente norte-americano admitiu que vai deixar essa questão para James Mattis, responsável pela Defesa, e para o diretor da CIA, Mike Pompeo, até porque é preciso ver o que pode ser feito “legalmente” nesse sentido. No entanto, o novo chefe de Estado não tem dúvidas. “Se sinto que a tortura funciona? Absolutamente”.

Questionado sobre técnicas como o “waterboarding” (que simula o afogamento), Trump diz não ficar muito preocupado porque, na sua visão, é preciso combater o “fogo com fogo”.

“Quando eles estão a decapitar a nossa gente, quando o fazem porque são cristãs no Médio Oriente, quando o Estado Islâmico faz isso, devo eu sentir-me mal por causa do ‘waterboarding’? Tanto quando sei, devemos combater o fogo com fogo“.

Durante a corrida à Casa Branca, Trump afirmou em campanha que, se fosse eleito, ia analisar a hipótese de fazer regressar este tipo de métodos. Mais tarde, quando já só disputava o lugar com Hillary Clinton, tentou suavizar a sua perspetiva.

“A tortura não vai fazer o tipo de diferença que muita gente julga que faz”, disse na altura.

Estas técnicas de tortura foram muito usadas depois dos atentados de 11 de setembro, algo que acabou por ser banido depois de Bush abandonar a presidência.

Em 2014, um relatório divulgado pelo Senado norte-americano mostrou que estes métodos foram “ineficazes” e que, em nenhum momento, “permitiram recolher informações relativas a ameaças iminentes, tais como informações relativas a hipotéticos ataques bombistas, que muitos consideraram que justificavam tais técnicas”.

Barack Obama considerou também que estas técnicas da CIA eram “contrárias aos valores” dos Estados Unidos e que “prejudicaram fortemente a reputação da América no mundo”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …