Métodos de tortura da CIA classificados como ineficazes e brutais

Justin Norman / Flickr

-

As técnicas de interrogatório usadas pela CIA a suspeitos de terrorismo após os atentados de 11 de setembro de 2001 foram “ineficazes” e mais brutais do que alguma vez admitiu aquela agência norte-americana de serviços secretos externos.

A conclusão está expressa num relatório divulgado esta terça-feira pelo Senado norte-americano, a câmara alta do Congresso dos EUA.

O documento, da responsabilidade da Comissão sobre Serviços de Informação do Senado dos Estados Unidos, é uma versão editada de um meticuloso relatório de inquérito parlamentar que denuncia a detenção secreta de uma centena de homens suspeitos de terem ligações com a rede terrorista Al Qaeda, no âmbito de um programa secreto autorizado pela administração do então Presidente republicano George W. Bush.

“Em nenhum momento, as técnicas de interrogatório reforçadas da CIA permitiram recolher informações relativas a ameaças iminentes, tais como informações relativas a hipotéticos ataques bombistas, que muitos consideraram que justificavam tais técnicas”, afirmou a presidente da comissão, a senadora democrata Dianne Feinstein, durante a apresentação do resumo desclassificado de 525 páginas do relatório.

O relatório acusou também a CIA, agência norte-americana de serviços secretos externos, de ter mentido, não só ao público em geral, mas também ao Congresso norte-americano e à Casa Branca, sobre a eficácia do programa, nomeadamente ao afirmar que estas técnicas podiam permitir “salvar vidas”.

Quanto às técnicas utilizadas, o documento sublinhou que “eram brutais e bem piores do que a CIA havia descrito aos representantes” do Congresso.

Em 20 conclusões implacáveis para a CIA, o resumo do relatório da Comissão sobre Serviços de Informação do Senado norte-americano (atualmente controlado pelos democratas) acusou ainda a agência norte-americana de serviços secretos externos de ter submetido 39 detidos a métodos considerados como brutais durante vários anos, alguns dos quais não autorizados pelo executivo norte-americano.

“A CIA usou estas técnicas de interrogatório várias vezes durante dias e durante semanas”, descreveu o relatório.

Os detidos foram atirados contra paredes, despidos, colocados em água gelada e impedidos de dormir durante períodos até 180 horas.

De acordo com o documento, o detido Abu Zubeida, um alegado membro da Al Qaeda detido em finais de março de 2002 no Paquistão, após ter sido submetido a simulações de afogamento de forma repetida, “tinha espuma a sair da boca” e estava quase inconsciente.

No total, 119 suspeitos foram capturados e detidos ao abrigo deste programa secreto da CIA, em locais noutros países apelidados como “negros”. Uma dessas prisões secretas é qualificada como “masmorra“.

Os líderes republicanos no Senado denunciaram imediatamente este relatório, afirmando tratar-se de um documento partidário que está “a reescrever acontecimentos históricos”, segundo referiram, em declarações à comunicação social, Mitch McConnell, líder dos senadores republicanos, e Saxby Chambliss, vice-presidente republicano da Comissão sobre Serviços de Informação.

Obama considera métodos de tortura da CIA “contrários aos valores” dos EUA

O Presidente Barack Obama denunciou os métodos de tortura da CIA como “contrários aos valores” dos Estados Unidos.

“Estas técnicas prejudicaram fortemente a reputação da América no mundo”, considerou Obama num comunicado, prometendo tudo fazer para que jamais sejam utilizadas. “Nenhuma nação é perfeita”, reconheceu.

Segundo o Presidente norte-americano “uma das forças da América é a nossa vontade de nos confrontarmos abertamente com o nosso passado, enfrentarmos as nossas imperfeições, e mudar para que possamos melhorar”.

O líder da Casa Branca também reconhece que a administração do seu antecessor George W. Bush foi confrontada com opções “dolorosas” sobre a forma de perseguir a Al Qaeda e evitar “novos ataques terroristas” após os atentados do 11 de setembro de 2001, e sublinha que foram feitas “coisas boas” durante “esses anos difíceis”.

“Em simultâneo, algumas das ações efetuadas eram contrárias aos nossos valores“, acrescenta. “Essa é a razão pela qual bani explicitamente a tortura quando assumi as minhas funções”, prosseguiu Obama.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Google Maps vai localizar e mapear áreas de contágio de covid-19

O Google Maps, 'website' e aplicação de cartografia da gigante norte-americana Google, vai poder revelar nos mapas, consultados por utilizadores, as áreas de infeção da covid-19. “Ao abrir o Google Maps, clique na guia à direita …

Cabra com mais de 400 anos encontrada mumificada numa montanha de gelo

Uma cabra morta há mais de 400 anos foi descoberta por um esquiador, em Val Aurina, em Itália. Hermann Oberlechner, alpinista e campeão de esqui, estava a caminhar quando encontrou algo invulgar e inesperado no …

Norte-americano morre após overdose de guloseimas

Um homem de 54 anos morreu na sequência de uma paragem cardíaca causada por hipocaliemia severa. A ingestão de alcaçuz preto em altas quantidades é apontada como a causa da morte. Um norte-americano de 54 anos, …

Cidade brasileira de Manaus pode já ter atingido a imunidade de grupo

Um estudo liderado pela Universidade de São Paulo, no Brasil, sugere que a cidade brasileira de Manaus, a capital do estado do Amazonas, pode já ter atingido a imunidade de grupo para o novo coronavírus …

Segunda vaga da covid-19 aumenta fosso entre ricos e os pobres em Madrid

A capital de Espanha foi a mais atingida da Europa ao nível de contágios e mortes por covid-19, situação que levou a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, a decretar o bloqueio parcial …

Sobrinho de Pablo Escobar terá encontrado 18 milhões escondidos na parede do apartamento do traficante

Um sobrinho do traficante colombiano Pablo Escobar disse que encontrou 18 milhões de dólares em dinheiro escondidos dentro de uma parede de um dos apartamento do seu tio. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Bebé nasce durante voo (e companhia aérea oferece-lhe "passagem vitalícia")

Foi durante uma viagem de avião que uma menina resolveu vir ao mundo A mãe da bebé viajava num voo da Egyptair quando entrou em trabalho de parto e teve direito a um presente inesperado. …

Pelo menos 22 mortos em queda de avião militar na Ucrânia

Pelo menos 22 pessoas morreram, esta sexta-feira, na queda de um avião militar no este da Ucrânia, entre as quais estudantes de uma escola militar, havendo ainda registo de dois feridos graves. "Vinte mortos e dois …

Empresas espanholas terão de pagar despesas dos funcionários em teletrabalho

A lei não se aplicará se o teletrabalho tiver sido forçado pela pandemia de covid-19, mas a empresa terá de assumir, porém, as despesas dos funcionários que estejam a trabalhar à distância. De acordo com o …

Benfica: empresário de Everton já fala sobre futuro

"Não sei se vai sair daqui a um ano ou dois anos". Márcio Cruz confessa que o brasileiro ficou "muito chateado" quando o Benfica ficou fora da Liga dos Campeões. Everton é um dos reforços mais …