/

Providência cautelar dos moradores do prédio Coutinho aceite. Despejos suspensos

6

Abel F.Dantas / ZAP

O Tribunal Administrativo e Fiscal (TAF) de Braga aceitou a providência cautelar movida no dia 24 pelos últimos moradores do prédio Coutinho, em Viana do Castelo, que assim suspende os despejos, anunciou o advogado dos residentes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o advogado dos moradores, Vellozo Ferreira, aquela decisão tem efeitos suspensivos da ação de despejo e exige a reposição da água, luz, gás que, entretanto, foram cortados no edifício.

“Os moradores podem entrar e sair livremente do prédio”, salientou, acrescentando que esta decisão vem colocar um “ponto final no atentado” feito aos moradores.

O prédio Coutinho é num edifício de 13 andares cuja demolição está prevista desde 2000, ao abrigo do programa Polis, por ser considerado um “aborto urbanístico”.

No entanto, a batalha judicial iniciada pelos moradores vem impedindo a concretização do projeto, iniciado quando José Sócrates era ministro do Ambiente. Para o local onde está instalado o edifício, está prevista a construção do novo mercado municipal da cidade.

A ação de despejo dos nove últimos moradores no prédio esteve prevista para as 09:00 da passada segunda-feira, na sequência de uma decisão do TAF de Braga, de abril, que declarou improcedente a providência cautelar movida em março de 2018. No entanto, os moradores recusaram-se a sair e mantêm-se no prédio.

A VianaPolis cortou durante a semana passada a eletricidade, o gás e a água do prédio, bem como proibiu a entrada de alimentos.

  // Lusa

6 Comments

  1. O simples facto de ter sido o “engenheiro nas horas vagas” José Sócrates a iniciar este projeto ridículo de demolição, seria motivo para se meter na gaveta (ou noutro sítio) todo o projeto.

  2. As pessoas tem TUDO LEGAL da compra dos apartamentos, não têm qq responsabilidade das ASNEIRAS que os politicos, engenheiros, arquitetos, paisagistas das camaras fazem. É uma aberração, mas já vimos coisas muitisssso piores e nem por isso se parte p/ este tipo de atitudes de eu quero, posso e mando. Porque há pessoas que tem valores e outras nem por isso. Na vida de cada um, cada um é que deve mandar, não outras pessoas de FORA. As pessoas não aceitam sair não saem, estão no seu direito. Quem fez a asneira que a assuma e que pague (não os contribuintes) aos lesados que queiram sair. Afinal estamos em que regime??

  3. Demolição prevista desde 2000. Tempo do Guterres. Projecto posto em prática quando o 44 era ministro do ambiente. Mas as pessoas pagaram tudo, incluindo impostos (certamente com língua de palmo) e são assim expropriadas só porque o edifício é um aborto? Quem o projectou? Quem o aprovou? Quem o construíu? Põem-se assim as pessoas na rua dando-lhe umas cascas de alhos para irem comprar um barraca?? Só nesta democracia do faz de conta. Quem fez os erros que o assuma!!

  4. Só num país de DITADURA tal podia acontecer!
    Pois em Portugal já está implantada a Censura e agora o despejo de pessoas que pagaram a sua casa e os impostos de IMI e outros e agora vem esses idiotas obrigar a sair da sua própria casa e como não saíam cortaram a luz a água, e alimentos.
    NA SUA PRÓPRIA CASA SÃO IMPEDIDOS DE ENTRAR!!!!
    A Europa já sabe da Ditadura de Portugal…
    Antes de o fazerem deveriam ver que não tinha estética para a Zona…
    E o culpado e de certo arrecadou uns milhões para que fosse construido, e assim dêm essa responsabilidade ao Preso 44, porque foi ele quando Ministro do Ambiente,
    Deveria o Tribunal definitivamente convidar todos moradores a regressarem ás suas casas…ASSIM SERIA JUSTIÇA, ASSIM NÓS AINDA ACREDITAREMOS NA JUSTIÇA…
    Deus proteja esse Juiz e o Tribunal por ter essa decisão…
    Assim de certeza os portuguêses não regressarão a Portugal, porque isto é Ditadura Maçónica…
    Alguns vieram de França para gastarem a sua reforma em Portugal e assim fazem isto é uma aberração tal decisão de certos idiotas e a quererem arrecadar milhões…DEUS NÃO DORME

    • Já te informaste sobre a história do edifício e do que se tem passado nos últimos 20 anos ou estas só com vontade de vir para aqui gritar justiça e ditadura!!!

      Deixa lá Deus em paz que se ele não dorme é por causa de indivíduos como tu que gritam Lobo a cada segundo.

      Se achas que Portugal é um país de ditadura, e se não acreditas em justiça, pegas nas tuas coisinhas e mudas de país.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.