Covid-19. Tóquio quer pagar até quatro mil euros a bares que fiquem fechados

As autoridades de Tóquio, no Japão, estão a ponderar pagar um subsídio, que pode chegar aos quatro mil euros, aos bares que se mantenham fechados para conter a propagação da covid-19 na cidade.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

De acordo com o The Japan News, citado pelo site RT, as autoridades de Tóquio estão a ponderar pagar aos bares da cidade um subsídio que pode chegar aos 500 mil ienes, cerca de 4100 euros, se estes decidirem manter-se encerrados.

Em causa está o facto de a capital nipónica estar a verificar, novamente, um aumento de casos de covid-19. Este domingo, a cidade registou 206 novos casos, mais de 200 pelo quarto dia consecutivo.

No total, Tóquio já registou 7927 infetados, quase um terço dos cerca de 22.600 casos confirmados de covid-19 no país.

Segundo o mesmo site, muitas das recentes infeções ocorreram nos clubes e bares dos bairros noturnos da capital japonesa como, por exemplo, Shinjuku e Ikebukuro. Dos 820 casos detetados em Tóquio durante este mês, mais de 30% (cerca de 300 pessoas) veio destas áreas.

A pandemia do novo coronavírus já matou pelo menos 569.879 pessoas e infetou quase 13 milhões em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, dos quais pelo menos 6.943.800 são agora considerados curados.

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetado em termos de número de mortes e de casos. Seguem-se países como o Brasil, o Reino Unido, o México e Itália.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.