Tecnológicas desistem da maior feira de telemóveis por causa do coronavírus

feuilllu / Flickr

Mobile World Congress em Barcelona

O Mobile World Congress (MWC) realiza-se de 24 a 27 de fevereiro, em Barcelona, mas já há desistências. A causa é o surto da nova estirpe do coronavírus, que já provocou mais de 900 mortos em todo o mundo.

Esta segunda-feira, a Sony anunciou que não irá participar no Mobile World Congress (MWC) deste ano, em Barcelona. A multinacional japonesa adiantou que, apesar de não marcar presença na edição deste ano, vai manter a sua conferência de imprensa – transmitida em vídeo através do YouTube – na manhã do dia 24 de fevereiro para apresentar as suas novidades.

“Como damos a máxima importância à segurança e ao bem-estar dos nossos clientes, parceiros, media e funcionários, tomamos a difícil decisão de deixar de expor e participar do MWC 2020 em Barcelona, Espanha”, lê–se no comunicado enviado às redações. “A Sony gostaria de agradecer a todos pela compreensão e apoio contínuo durante esses tempos difíceis.”

A Amazon também anunciou, este domingo, que não vai estar presente no MWC “devido ao surto e às preocupações contínuas com o novo coronavírus”.

Além da gigante de Jeff Bezos, também a marca sul-coreana LG Electronics já fez saber que decidiu não participar no MWC 2020, “para evitar expôr desnecessariamente centenas de colaboradores da LG a viagens internacionais, seguindo as diretivas recomendadas pela grande maioria dos especialistas em saúde”.

A norte-americana Nvidia e a sueca Ericsson anunciaram também o cancelamento da ida a Barcelona, assim como a fabricante de telemóveis chinesa ZTE, que cancelou a conferência de imprensa que tinha marcada.

A Samsung decidiu manter a sua participação na feira, ainda que com medidas adicionais de precaução. “Vão estar espalhados pelo evento estações de desinfeção de mãos, vão ser instaladas câmaras de imagens térmicas nas váias entradas do evento e vão estar disponíveis máscaras faciais, para quem precisar”, lê-se no comunicado enviado às redações.

A gigante chinesa Huawei também irá manter os planos que tem para o MWC, apesar de ter revelado que pediu aos funcionários chineses que se isolassem. A empresa referiu ainda que contratou trabalhadores europeus para cobrir os chineses que não vão poder ir ao evento.

De acordo com o Observador, a GSMA, responsável pela organização do evento, mantém as datas mas irá tomar medidas devido ao surto da nova estirpe do coronavírus. “A GSMA quer reassegurar os participantes e empresas expositoras que a sua saúde e segurança são a nossa principal preocupação, razão que nos leva a implementar medidas extras.”

A organização do evento compromete-se a não ter no evento ninguém precedente da região chinesa de Hubai. Além disso, todos os participantes que tiverem estado na China vão ter de provar que estiveram fora daquele país nos 14 dias que antecedem o evento.

De acordo com o diário, vai também ser implementado um sistema de triagem de temperatura dos participantes, e estes deverão certificar-se de que não entraram em contacto com ninguém infetado.

A nova estirpe do coronavírus já matou 910 pessoas. Na China, morreram 908 pessoas, sendo que as outras duas morreram em Hong Kong e nas Filipnas. Há mais de 40 mil pessoas infetadas no mundo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …