Surtos em Lisboa “não têm nenhuma relação com o centro da cidade”

António Pedro Santos / Lusa

António Costa advertiu que a evolução negativa da economia em todos os países exige um acordo europeu já em julho e disse que os surtos em Lisboa “não têm nenhuma relação com o centro da cidade”.

Em entrevista ao jornal catalão La Vanguardia, publicada três dias antes de Portugal e Espanha reabrirem a sua fronteira terrestre, António Costa rejeitou a ideia da existência de uma segunda onda da pandemia em Lisboa.

“Não se trata de Lisboa, mas de alguns bairros de municípios vizinhos. Não há um agravamento, mas nessas zonas não se assistiu à redução generalizada registada em todo o território. São 19 freguesias de um total de 3.091″, especificou.

O primeiro-ministro afastou o cenário da evolução da pandemia poder afetar a realização da fase final da Liga dos Campeões de futebol em Lisboa, em agosto. “Não existe nenhuma relação com o centro da cidade de Lisboa, onde terá lugar a Champions.”

Questionado sobre o facto de Portugal ter registado uma menor taxa de mortalidade da covid-19 do que Espanha, Itália e Reino Unido, António Costa invocou a necessidade de “prudência” nas comparações internacionais.

Interrogado sobre a candidatura da ministra da Economia de Espanha para suceder ao ex-ministro das Finanças Mário Centeno na presidência do Eurogrupo, o primeiro-ministro português respondeu que “seria muito importante que esse posto se mantivesse na família socialista”.

“Temos de fazer uma concertação entre todos, mas, claro, Nadia Calvino tem todas as condições”, declarou, antes de se referir às consequências económicas e financeiras da pandemia de covid-19 no plano internacional, sobretudo na União Europeia.

“Todas as previsões que vão saindo, não apenas para Espanha, são piores para todos os países do que há umas semanas”, disse, deixando depois uma advertência em termos de expectativas.

“Devemos tomar consciência de que vai ser muito duro, porque não vamos voltar aos índices de fevereiro de 2020 nem em um mês, nem em um ano. Vamos necessitar seguramente de dois anos no mínimo para recuperar o nível em que estávamos quando a covid-19 apareceu”, avisou.

Na entrevista, Costa defendeu uma vez mais a proposta da Comissão Europeia para a criação de um fundo de recuperação e considera que será “uma oportunidade única”, no primeiro Conselho Europeu sob presidência da Alemanha, poder aprovar-se esse programa.

“As empresas, os trabalhadores e as famílias precisam de respostas urgentes a esta pandemia económica e social, que é a outra dimensão da covid-19. Há momentos em que os políticos não têm outra opção do que fazer aquilo que é necessário. Não se pode perder tempo, porque a crise exige uma resposta urgente para todos”, sustentou.

Neste contexto, o primeiro-ministro avisou para as nefastas consequências de um adiamento das decisões europeias, considerando que, se não for obtido um acordo político em julho, “o programa não estará em vigor em janeiro” de 2021. “Nessa altura levaremos quase um ano de crise e estaremos provavelmente com uma segunda onda [da pandemia]. Há que agir agora.”

Sobre as diferenças existentes no debate político espanhol e português, que o La Vanguarda classifica como “mais tranquilo”, Costa argumentou que “cada país tem as suas tradições políticas” e relacionou essa circunstância com a ideia de haver em Portugal “maior unidade territorial”, sendo um país “mais pequeno e menos fragmentado do ponto de vista partidário”.

Nesta entrevista, o primeiro-ministro português abordou ainda a questão das ligações ferroviárias entre Espanha e Portugal, dizendo que devem ser objeto de reflexão.

“Temos de pensar nas conexões das cidades portuguesas com uma rede ibérica de alta velocidade e não apenas na ligação de Lisboa com Madrid. Temos de pensar na conexão do Porto com a Galiza, da conexão com Sevilha e Barcelona, tendo uma visão global da Península Ibérica”, rematou.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Discurso ignorante,vai dizer isso aos turistas de todo o mundo que o surto é só nos arredores de Lisboa eles assim veem de paraquedas.É preciso ter lata.Vais pagar bem caro a incompetência do governo e do DGS.Cambadas de burros.

RESPONDER

A física quântica pode causar mutações no nosso ADN

Simulações de computador e métodos de mecânica quântica têm sido usados ​​para determinar o papel que o tunelamento de protões, um fenómeno puramente quântico, desempenha nas mutações espontâneas no ADN. A biologia quântica é um campo …

Buracos negros minúsculos podem estar a "esconder-se" dentro de estrelas (e a devorá-las por dentro)

Uma equipa de investigadores tem um novo palpite sobre onde procurar a misteriosa matéria escura: esta pode estar a assumir a forma de buracos negros endoparasitários. De acordo com o ScienceAlert, buracos negros primordiais minúsculos, quase …

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …