Suécia ultrapassa as 5.000 mortes. Progresso “surpreendentemente lento” na imunidade de grupo

Socialdemokrate / Flickr

O primeiro-ministro da Suécia, Stefan Löfven

As autoridades suecas continuam a defender que a estratégia não foi errada, ainda que admitam que a imunidade de grupo parece difícil de alcançar.

Esta quarta-feira, a Suécia ultrapassou a marca das 5.000 mortes por covid-19. A Agência de Saúde Pública informou que registou 5.041 mortes, o que representa a quinta maior taxa de mortalidade do mundo, com 499,1 por milhão de habitantes.

O epidemiologista chefe da Agência de Saúde Pública Anders Tegnell insistiu repetidamente que os confinamentos não funcionam. No entanto, admite agora que os números da imunidade de grupo estão a progredir de forma “surpreendentemente lenta“, apesar de manter a confiança na estratégia sueca.

“Quando os países levantarem as restrições e as rotinas normais forem retomadas, o vírus começará a circular novamente. Não se pode eliminar o vírus inteiramente a longo prazo”, disse na terça-feira.

No mesmo dia, foi revelado um estudo que indicou que 14% dos habitantes de Estocolmo que fizeram um teste voluntário a um custo de 750 coroas suecas (80,71 euros) apresentaram resultado positivo para anticorpos covid-19. Segundo o Diário de Notícias, as amostras foram recolhidas entre 27 de abril e 14 de junho.

Ainda que tenha reconhecido que os números são baixos, Tegnell disse que serão mais altos atualmente, dado que “a maioria dos 14% foi recolhida há duas ou três semanas, e hoje serão mais certamente”.

O diário aponta que alguns críticos sugeriram que as 50.000 pessoas testadas não representam uma amostra científica. Tendo em conta o alto custo do teste, aqueles que optaram por fazê-lo podem tê-lo feito porque suspeitavam ter apanhado o vírus.

No fim de semana, durante uma entrevista televisiva, o primeiro-ministro Stefan Lofven insistiu que as hospitalizações caíram acentuadamente e que a estratégia da Suécia de não entrar em confinamento “não foi um fracasso“.

Em relação às mortes em lares de idosos, o governante sublinhou que nada têm a ver “com a estratégia”. “Tem a ver com as falhas na sociedade que estamos a corrigir”, incluindo deficiências básicas de higiene em muitos lares, acrescentou.

Nas últimas semanas, têm crescido as críticas ao governo, nomeadamente em relação à luta do mesmo para retirar os testes em massa do terreno, que só começaram a serem feitos esta semana.

Os partidos à direita acusaram o governo de se esconder atrás de especialistas em saúde pública e de deixar de assumir a responsabilidade na crise.

O líder parlamentar dos liberais, Johan Pehrson, disse que a abordagem mais suave da Suécia “pode ​​ter contribuído para o alto número de mortos”, enquanto o chefe do Partido Moderado conservador, Ulf Kristersson, pediu que uma comissão fosse nomeada imediatamente para investigar o tratamento do governo da crise.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoalmente comparo esta “solução” a uma selecção Natural como na espécie Animal, em que só os mais resistentes sobrevivem !…. quanto ao Género Humano, que de Humano cada vez menos mostra ser, interrogo-me sobre a alta Tecnologia, o alto progresso na Medicina e Investigação Cientifica, o dito passo de Gigante para a Humanidade ao pisar a Lua e a incapacidade de fazer face a um surto virulento com um Medicamento ou Vacina, que já é vergonhosamente “leiloada” mesmo antes de ser disponibilizada a nível Mundial, e que certos poderosos Países querem a primacia de compra. Realmente somos o que somos…. a pior espécie ao de cima da Terra !

RESPONDER

Cientistas criam ondas de luz que atravessam materiais opacos

Uma equipa de cientistas descobriu que é possível criar feixes de luz "indestrutíveis" que praticamente não se alteram quando atravessam um meio. Só se tornam fracos. Cientistas da Universidade de Utrecht, nos Países Baixos, e da …

Se o Planeta 9 existir, pode não estar onde pensamos

Uma equipa de astrónomos conseguiu obter novas informações sobre o Planeta 9 que podem significar que a sua órbita é muito mais elíptica do que o previsto. Konstantin Batygin e Michael Brown, do California Institute of …

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …