Suécia ultrapassa as 5.000 mortes. Progresso “surpreendentemente lento” na imunidade de grupo

Socialdemokrate / Flickr

O primeiro-ministro da Suécia, Stefan Löfven

As autoridades suecas continuam a defender que a estratégia não foi errada, ainda que admitam que a imunidade de grupo parece difícil de alcançar.

Esta quarta-feira, a Suécia ultrapassou a marca das 5.000 mortes por covid-19. A Agência de Saúde Pública informou que registou 5.041 mortes, o que representa a quinta maior taxa de mortalidade do mundo, com 499,1 por milhão de habitantes.

O epidemiologista chefe da Agência de Saúde Pública Anders Tegnell insistiu repetidamente que os confinamentos não funcionam. No entanto, admite agora que os números da imunidade de grupo estão a progredir de forma “surpreendentemente lenta“, apesar de manter a confiança na estratégia sueca.

“Quando os países levantarem as restrições e as rotinas normais forem retomadas, o vírus começará a circular novamente. Não se pode eliminar o vírus inteiramente a longo prazo”, disse na terça-feira.

No mesmo dia, foi revelado um estudo que indicou que 14% dos habitantes de Estocolmo que fizeram um teste voluntário a um custo de 750 coroas suecas (80,71 euros) apresentaram resultado positivo para anticorpos covid-19. Segundo o Diário de Notícias, as amostras foram recolhidas entre 27 de abril e 14 de junho.

Ainda que tenha reconhecido que os números são baixos, Tegnell disse que serão mais altos atualmente, dado que “a maioria dos 14% foi recolhida há duas ou três semanas, e hoje serão mais certamente”.

O diário aponta que alguns críticos sugeriram que as 50.000 pessoas testadas não representam uma amostra científica. Tendo em conta o alto custo do teste, aqueles que optaram por fazê-lo podem tê-lo feito porque suspeitavam ter apanhado o vírus.

No fim de semana, durante uma entrevista televisiva, o primeiro-ministro Stefan Lofven insistiu que as hospitalizações caíram acentuadamente e que a estratégia da Suécia de não entrar em confinamento “não foi um fracasso“.

Em relação às mortes em lares de idosos, o governante sublinhou que nada têm a ver “com a estratégia”. “Tem a ver com as falhas na sociedade que estamos a corrigir”, incluindo deficiências básicas de higiene em muitos lares, acrescentou.

Nas últimas semanas, têm crescido as críticas ao governo, nomeadamente em relação à luta do mesmo para retirar os testes em massa do terreno, que só começaram a serem feitos esta semana.

Os partidos à direita acusaram o governo de se esconder atrás de especialistas em saúde pública e de deixar de assumir a responsabilidade na crise.

O líder parlamentar dos liberais, Johan Pehrson, disse que a abordagem mais suave da Suécia “pode ​​ter contribuído para o alto número de mortos”, enquanto o chefe do Partido Moderado conservador, Ulf Kristersson, pediu que uma comissão fosse nomeada imediatamente para investigar o tratamento do governo da crise.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pessoalmente comparo esta “solução” a uma selecção Natural como na espécie Animal, em que só os mais resistentes sobrevivem !…. quanto ao Género Humano, que de Humano cada vez menos mostra ser, interrogo-me sobre a alta Tecnologia, o alto progresso na Medicina e Investigação Cientifica, o dito passo de Gigante para a Humanidade ao pisar a Lua e a incapacidade de fazer face a um surto virulento com um Medicamento ou Vacina, que já é vergonhosamente “leiloada” mesmo antes de ser disponibilizada a nível Mundial, e que certos poderosos Países querem a primacia de compra. Realmente somos o que somos…. a pior espécie ao de cima da Terra !

RESPONDER

Brasil. Tribunal vai investigar Bolsonaro por alegações de fraude eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil decidiu na segunda-feira abrir uma investigação contra o Presidente Jair Bolsonaro. Em causa estão as suas declarações sobre fraude nas eleições do próximo ano. Segundo avançou a agência France …

Jantar do Chega com 170 pessoas. MP acusa Ventura de crime de desobediência

O líder do Chega, André Ventura, foi acusado pelo Ministério Público de ser coautor material do crime de desobediência, pelo jantar-comício organizado em Braga em plena pandemia. O Ministério Público acusou esta terça-feira o ex-candidato presidencial …

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …