Depois do sucesso das “casas a 1 euro”, Sicília duplica o preço

(cv) YouTube

Os anúncios de venda de “casas por 1 euro” em diferentes cidades da Itália têm sido um grande sucesso, com várias cidades a oferecer imóveis a um preço simbólico para facilitar a sua renovação ou evitar o despovoamento.

Agora, a cidade de Sambuca, na Sicília, Itália, está a participar mais uma vez nesta iniciativa, passando para uma “fase B” que terá o preço duplicado e que será “uma espécie de salto em frente”, segundo o site Idealista.

A oferta inclui 15 propriedades na área. O autarca Giuseppe Caccioppo sublinhou que se trata de uma “zona com belas paisagens”, a cerca de 18 quilómetros do mar e próxima de dois aeroportos e da capital provincial, entre outras cidades, “sem falar dos vinhos e da excelente gastronomia que oferece”.

“Vamos reproduzir o que fizemos com o primeiro anúncio”, disse o autarca, referindo-se às condições da compra que implicam um depósito de 5.000 euros aquando da apresentação do pedido e um investimento obrigatório na reforma do imóvel, que deverá ser efetuado nos primeiros 3 anos.

As exigências não impediram que o município recebesse, entre 2018 e 2019, cerca de 110 mil chamadas de interessados com apenas 15 domicílios dentro do programa. Na fase A do projeto em Sambuca, todos os compradores eram estrangeiros.

O município está à espera do momento em que será possível viajar livremente pela Europa e também pelos Estados Unidos para tornar esta nova fase pública.

O anúncio foi adiado por vários meses devido à pandemia de covid-19.

A venda municipal não cria obstáculos e apenas atrai mais clientes para o mercado imobiliário aberto, onde os apartamentos e moradias na Sambuca são oferecidos sem condições especiais na sua remodelação a um preço muito diferente, que normalmente oscila entre 50 mil e meio milhão de euros.

Depois do sucesso do projeto em Sambuca, várias cidades italianas tiveram iniciativas similares. É o caso de Mussomeli, situado na região da Sicília, a poucas horas de Nápoles. Numa fase inicial, foram colocadas cem habitações para venda, mas estimava-se que entrassem outras 400 para o programa.

Também a sul de Itália, num dos municípios da região de Campania, foram colocadas 15 habitações abandonadas para venda. As condições do programa estipulado para Zungoli eram as mesmas, tirando o valor da caução que descia para metade (dois mil euros).

Mas há ainda outro tipo de propostas para atrair habitantes. Molise anunciou estar a oferecer 700 euros por mês durante três anos a quem se mudasse para uma aldeia. A aldeia escolhida não poderia ultrapassar os dois mil habitantes e o recém-chegado teria de se comprometer a abrir um negócio.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

MIT desenvolve mão robótica insuflável (que devolve o tato aos amputados)

Apesar de haver membros biónicos altamente articulados, concebidos para detetar os sinais musculares residuais e imitar roboticamente os seus movimentos pretendidos, a destreza de alta tecnologia tem um custo muito alto. Recentemente, engenheiros do Massachusetts Institute …

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …