Por um euro, é possível comprar casa na cidade italiana do “Esplendor”

O município italiano de Sambuca, localizado na região italiana da Sicília, está a vender casas por um euro, visando travar o declínio populacional que a zona tem sofrido nos últimos anos. 

A pequena cidade, cheia de história, está localizada no topo de uma colina, a partir da qual é possível ter uma vista privilegiada sobre o Mediterrâneo. Apesar de vista deslumbrante, muitos moradores têm abandonado a região, procurando cidades maiores para viver.

Esta não é a primeira vez que a região faz ofertas de investimento atrativas, mas na nova iniciativa o processo de compra é ainda mais facilitado para os compradores interessados, uma vez que a Câmara Municipal de Sambuca é a proprietário de todas as casas que estão à venda por apenas um euro.

“Nós não somos intermediários que agem como um elo entre os antigos e os novos donos, se quiser aquela casa, terá, sem demora”, disse o presidente do município de Sambuca, Giuseppe Cacioppo, em declarações à CNN.

No entanto, existem condições: os novos proprietários devem comprometer-se a restaurar a casa escolhida dentro de três anos. Além disso, os compradores têm que fazer um depósito de segurança, uma espécie de caução de 5000 euros.

As obras de restauração poderão implicar despesas mais significativas, com valores a rondar os 15000 euros, uma vez que as habitações em causa têm entre 40 a 150 metros quadrados e estão bastante degradadas. No fim da restauração, o município garante devolver a quantia que foi depositada como caução.

Cacioppo assegura que os compradores não ficarão desapontados com o seu investimento, porque Sambuca “é conhecida como a Cidade do Esplendor“. “Esta terra fértil é apelidada de Paraíso Terrestre, estamos localizados dentro de uma reserva natural, cheia de história, cercada por belas praias, florestas e montanhas, é silenciosa e pacífica, um retiro idílico para uma estadia de desintoxicação”, acrescentou.

Até agora, foram vendidas dez casas  mas há ainda dezenas de habitações disponíveis, “que precisam de uma reforma”.

O autarca revela ter recebido muitos pedidos de compra, em particular de outros países. “Os estrangeiros estão a vir para cá, maravilhados com toda essa beleza”, disse Cacioppo, que espera que os novos moradores ajudem a dar uma nova vida à pequena cidade, impulsionando a economia local e preservando as jóias arquitetónicas locais.

ZAP // RT

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. “5000 euros (cerca de 5700 dólares).”
    Itália e Portugal usam o Euro, portanto não havia qualquer necessidade da referência ao valor em dólares!

RESPONDER

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …

Greta Thunberg é a "Personalidade do Ano" da revista Time

Greta Thunberg é a “Personalidade do Ano” mais jovem alguma vez escolhida pela revista Time. A capa da edição de 23 de dezembro foi divulgada esta quarta-feira. A revista norte-americana Time elegeu a ativista climática sueca …

Erupção do Whakaari. Nova Zelândia encomendou 120 metros quadrados de pele para tratar os feridos

A Nova Zelândia já encomendou 120 metros quadrados de pele humana aos Estados Unidos para tratar os 30 feridos do vulcão Whakaari, na Ilha Branca. Cirurgiões neozelandeses têm trabalhado sem parar dado o número de queimados …

Entidade Reguladora da Saúde diz que fez tudo o que devia no caso do bebé sem rosto

Esta quarta-feira, a presidente da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) considerou que o regulador fez tudo o que devia ter feito no caso do bebé que nasceu em Setúbal com malformações graves não detetadas as …

Legislação não impede que animais selvagens sejam vendidos a circos estrangeiros

A nova lei de proteção a animais selvagens não impede que estes sejam vendidos e continuem a ser usados em circos estrangeiros. Animais como camelos, cães e cavalos continuam a poder ser usados. A lei de …

Oito migrantes do norte de África desembarcam na praia de Monte Gordo

Oito migrantes oriundos do norte de África foram detidos na manhã desta quarta-feira pela Polícia Marítima, depois de desembarcarem em Monte Gordo, no Algarve. Oito migrantes foram detidos na manhã desta quarta-feira pela Polícia Marítima em …

Universidade impede que Laurent seja o mais novo a licenciar-se e criança desiste

Laurent Simons já não deverá ser o menino mais novo do mundo a licenciar-se, depois de a universidade ter alargado os seus estudos até meados de 2020. A Universidade Técnica de Eindhoven, na Holanda, propôs a …