Casas à venda por 1 euro em Itália foram todas compradas por estrangeiros

No início de 2019, uma pequena cidade rural da Sicília, chamada Sambuca, teve a iniciativa de vender casas antigas e abandonadas por apenas um euro, para reavivar a comunidade.

Como muitas outras cidades pequenas da Europa, Sambuca sofreu um grave declínio populacional à medida que os habitantes se deslocavam do campo para as cidades. Após este projeto ter sido anunciado nos meios de comunicação internacionais, as casas a um euro foram procuradas por habitantes de todo o mundo. Os compradores são, de acordo com a BBC, todos estrangeiros.

O investimento na renovação das casas é o único requisito, que está a dar a um grupo diversificado de compradores internacionais um novo lugar para chamarem de lar. Os compradores têm um período máximo de três anos para renovarem as suas novas casas.

O presidente do município de Sambuca, Leonardo Ciaccio, disse estar muito satisfeito ao ver que as casas da pequena cidade, que outrora estavam vazias e abandonadas, estão a transformar-se em casas prósperas. “Funcionou tudo muito bem”, disse Ciaccio à emissora britânica.

Depois do sucesso do projeto, várias cidades italianas tiveram iniciativas similares para combater a despovoação. É o caso de Mussomeli, situado na região da Sicília, a poucas horas de Nápoles. Numa fase inicial, foram colocadas cem habitações para venda, mas estimava-se que entrassem outras 400 para o programa.

A caução para comprar uma dessas propriedades rondava os quatro mil euros para que renasçam novas habitações junto ao castelo medieval, às igrejas antigas e às grutas bizantinas. Cada comprador poderia esperar um investimento de 66 euros por metro quadrado, fora as taxas notariais e administrativas avaliadas entre os 2 e os 3 mil euros.

Também a sul de Itália, num dos municípios da região de Campania, foram colocadas 15 habitações abandonadas para venda. As condições do programa estipulado para Zungoli eram as mesmas, tirando o valor da caução que descia para metade (dois mil euros).

Mas há ainda outro tipo de propostas italianas para atrair habitantes. A região de Molise anunciou recentemente estar a oferecer 700 euros por mês durante três anos a quem se mudasse para uma aldeia. A aldeia escolhida não poderia ultrapassar os dois mil habitantes e o recém-chegado teria de se comprometer a abrir um negócio.

O objetivo destas proposta é o mesmo: dinamizar as regiões subpovoadas. Cada localidade com menos de dois mil habitantes iria receber também dez mil euros por mês para investir em infraestruturas e atividades culturais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …

"Ficamos chocados." Cientistas redescobrem abelha azul que pensavam estar extinta

Um tipo de abelha azul reapareceu recentemente na Florida, nos Estados Unidos, depois de ter sido vista pela última vez em 2016. Além de azul, a espécie é nova e extremamente rara. Os cientistas estavam convencidos …

Missão da Space X acoplou com sucesso. Astronautas da NASA já chegaram à EEI

A cápsula Dragon que transporta os astronautas da agência espacial norte-americana (NASA) já acoplou à Estação Espacial Internacional, após terem partido no primeiro voo privado rumo ao espaço, neste sábado. Foi às 15:17 (hora de Lisboa) …

Venezuela vai aliviar quarentena com método próprio

Nicolás Maduro anunciou que, a partir de segunda-feira, a Venezuela vai aplicar um modelo próprio de quarentena preventiva da covid-19, que combina cinco dias de flexibilização disciplinada com dez de confinamento obrigatório. “É o modelo cinco …

Uma escultura gigante de uma ave está a espalhar gargalhadas numa cidade da Austrália

Um escultor australiano aproveitou o tempo de quarentena devido à pandemia de covid-19 para construir uma kookaburra eletrónica com quase quatro metros de altura, que até faz os mesmos movimentos e barulhos que o famoso …