Rui Rio defende que solução para cargos da UE foi desaire para António Costa

Fernando Veludo / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata – PSD, Rui Rio

Rui Rio disse que António Costa “jogou alto de mais e por isso perdeu”, afirmando que solução dos cargos constitui também um desaire para o primeiro-ministro espanhol.

O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta quarta-feira que a solução proposta pelo Conselho Europeu para os cargos de topo da União Europeia (UE) constitui um desaire do primeiro-ministro português, que “jogou alto de mais”.

“Os socialistas, não vou dizer que têm uma derrota, mas estão longe de ter uma vitória, e aí, até o primeiro-ministro português jogou alto de mais e por isso perdeu. Se não tivesse jogado tão alto não se exigia tanto, mas quer ele quer o primeiro-ministro espanhol têm aqui um pequeno desaire, para não exagerar”, afirmou Rui Rio no programa “Circulatura do Quadrado”, da TVI24.

Rio ressalvou que há que “esperar pelo resultado da votação para a Comissão no Parlamento Europeu”, considerando que “não é líquido” que Ursula Von der Leyen “consiga passar com a mesma facilidade com que passou Juncker”.

“Aquilo que me dá ideia é que o grupo socialista vai tentar tudo por tudo para que a ministra da Defesa alemã não passe no Parlamento Europeu, e aí temos um impasse de todo o tamanho”, afirmou.

O líder social-democrata vê na solução alcançada “um reforço da posição do eixo franco-alemão”: “Macron e Merkel conseguem entender-se colocado um, no BCE, uma francesa e a, outra, uma alemã na Comissão Europeia. São os dois principais lugares, o presidente do Parlamento Europeu dividido ao meio vale o que vale, como sabemos, e da Política Externa também vale o que vale”.

“Dentro do próprio PPE a opção não é completamente pacífica porque queixam-se que a chanceler alemã não consultou devidamente o grupo parlamentar do PPE”, referiu.

Apesar de, enquanto negociador dos socialistas europeus, o primeiro-ministro, António Costa, não conseguiu ‘convenceu’ os seus homólogos europeus a indicar Timmermans para a presidência da Comissão, António Costa disse na terça-feira sair de Bruxelas “confortado” por constatar que a “minoria”, integrada pelos Visegrado e Itália, não conseguiu bloquear a Europa no seu conjunto.

Em conferência de imprensa, Costa reconheceu que a dificuldade sentida pelos líderes dos 28 para fechar a negociação sobre o ‘pacote’ das nomeações para os altos cargos da União Europeia “seguramente não é bom sinal“, e revelou a sua apreensão com os efeitos do “canto de sereia” de Salvini, ministro do Interior de Itália, e do grupo constituído por Hungria, Polónia, República Checa e Eslováquia.

“O que acho que é verdadeiramente mais preocupante naquilo que aconteceu ao longo destes dias é constatar a fragmentação interna numa das grandes famílias políticas e a sua fragilidade e permeabilidade à pressão de minorias de bloqueio. Isso é mesmo o fator mais preocupante para o futuro da Europa. Espero que esta solução tenha, pelo menos, o mérito de reforçar quem nessa família política, ao longo de mais de uma década, tem assegurado a capacidade de ser um motor positivo na construção do projeto europeu”, disse.

O primeiro-ministro referia-se à chanceler alemã, que durante os três dias da cimeira europeia enfrentou a ‘rebelião’ dos seus colegas do Partido Popular Europeu (PPE), que se uniram ao grupo de Visegrado e à Itália para ‘vetar’ a proposta desenhada em Osaka por Angela Merkel, o presidente francês, Emmanuel Macron, o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, e o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, que ‘entregava’ a presidência da Comissão Europeia ao socialista holandês Frans Timmermans.

Na solução encontrada, Ursula Von der Leyen, ministra da Defesa da Alemanha desde 2013, foi nomeada pelo Conselho Europeu para suceder a Jean-Claude Juncker na presidência da Comissão, no âmbito de um acordo entre as três maiores famílias políticas europeias – conservadores, socialistas e liberais – para as nomeações para os cargos de topo da União Europeia (UE).

O acordo no Conselho Europeu, alcançado depois de uma ‘maratona’ negocial em Bruxelas que se prolongou por três dias, contempla ainda a nomeação do primeiro-ministro belga em funções, o liberal Charles Michel, para a presidência do Conselho Europeu, do vice-presidente da assembleia europeia, o socialista David Maria Sassoli, para a presidência do Parlamento Europeu, do ministro espanhol dos Negócios Estrangeiros, o socialista Josep Borrell, como Alto Representante da UE para a Política Externa e ainda da francesa Christine Lagarde para o Banco Central Europeu.

O acordo fechado entre os líderes dos 28 foi a solução encontrada depois da rejeição, pelo PPE, da proposta negociada à margem da cimeira do G20 pela chanceler alemã Angela Merkel (PPE), o presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez (Socialistas), o Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte (Liberais), para a designação do socialista holandês Frans Timmermans, candidato principal dos socialistas, para a presidência da Comissão Europeia, e Manfred Weber, ‘spitzen’ dos conservadores, para a presidência do PE.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Partido Trabalhista britânico sofre dois ciberataques (e suspeita-se que tenham "dedo" russo)

O Partido Trabalhista britânico sofreu dois ataques informáticos em apenas dois dias. Contudo, o partido de Jeremy Corbyn admite que os ataques falharam e que as suas plataformas estão operacionais. Num espaço de apenas dois dias, …

Sterling tentou fazer "mata-leão" a Joe Gomez e foi afastado da convocatória

O estágio da seleção inglesa para os jogos da Qualificação para o Campeonato da Europa, frente ao Montenegro e ao Kosovo, não poderia ter começado da pior forma. Raheem Sterling foi afastado da equipa após …

Alunos com gaguez não terão de fazer exames orais

Os alunos com gaguez podem ser dispensados da realização das provas orais. Há dois anos, estes exames passaram a integrar a avaliação externa em línguas estrangeiras nos exames do ensino secundária e nas provas de …

PSD. Só 15,8% dos militantes poderiam votar se eleições diretas fossem hoje

A dois meses das eleições diretas no PSD, há hoje perto de 17.000 militantes com quotas em dia, que podem ser pagas até 22 de dezembro, de acordo com informação disponibilizada online pelo partido. Se as …

Hong Kong: Reforço policial, Parlamento suspenso e escolas fechadas

O Parlamento de Hong Kong foi suspenso, esta quarta-feira, e a segurança foi reforçada na cidade e nos campus universitários, com as escolas a fecharem num momento em que prosseguem os confrontos entre manifestantes e …

Debate quinzenal: Políticas de rendimento, Rio ao ataque com o lítio e a primeira vitória dos pequenos

Os debates quinzenais com o primeiro-ministro regressam esta quarta-feira. António Costa vai abrir o debate com uma intervenção sobre "políticas de rendimento", mas as atenções estão centradas na primeira vitória dos pequenos partidos. As políticas de …

Governo vai propor 635 euros para salário mínimo em 2020. Proposta não agrada patrões

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai apresentar esta quarta-feira na Concertação Social a proposta de aumento para o salário mínimo nacional para 2020, com uma atualização de 35 euros. Esta quarta-feira, …

Novo alvo do Sporting consumia e traficava droga (e tentaram matá-lo seis vezes)

Michael, jogador de 23 anos do Goiás, é alvo do Sporting já neste mercado de transferências de inverno. O brasileiro teve uma adolescência marcada pelo consumo e tráfico de drogas. Aos 23 anos de idade, Michael …

O misterioso monstro Tully acabou de ficar ainda mais misterioso

Uma nova investigação desmente um anterior estudo que argumentava que Tully era um vertebrado. A verdadeira natureza desde "monstro" continua um mistério para a comunidade científica. De vez em quando, os cientistas descobrem fósseis que são …

Vítor Pereira condenado a oito meses de prisão com pena suspensa

O treinador português foi condenado, esta terça-feira, a oito meses de prisão com pena suspensa, na Grécia, por incitamento à violência. Vítor Pereira foi condenado pela justiça grega a oito meses de prisão, com pena suspensa, …