Sócrates refuta à SIC perigo de fuga e admite telefonema para Angola

José Goulão / Flickr

Ex-primeiro ministro e líder do PS, José Sócrates

Ex-primeiro ministro e líder do PS, José Sócrates

O ex-primeiro-ministro José Sócrates, detido em Évora há mais de dois meses, refutou esta terça-feira que houvesse o perigo de fuga com que o Ministério Público (MP) fundamentou para a prisão preventiva, que considerou “abusiva, despropositada e ilegal”.

Em resposta a perguntas formuladas pela estação televisiva SIC, o ex-primeiro-ministro José Sócrates disse que “a insistência nesse absurdo ‘perigo de fuga’ mostra bem o espírito da investigação”.

Nunca fugi de nenhuma dificuldade, sempre as enfrentei”, afirmou, acusando o MP de ter avançado “sem provas ou sem que tenha fortes indícios de crimes”.

Sublinhando a “intenção persecutória” que lhe moveram, o preso 44 no Estabelecimento Prisional de Évora condena “as constantes violações do segredo de justiça” e frisou que “a única prova é a prisão”.

José Sócrates insiste na sua inocência, repetindo que “Carlos Santos Silva fez-me empréstimos que sempre tencionei e tenciono pagar“. E isso “não constitui crime, nem aqui nem em lado nenhum do Mundo”, conclui.

Inquirido sobre se teria, de alguma forma, ajudado os negócios do Grupo Lena, mesmo depois de deixar o Governo, e se recebeu algo em troca por isso, o ex-primeiro ministro diz que “nunca, em nenhuma circunstância”, durante todo o tempo em que exerceu funções governativas, tomou “qualquer iniciativa, directamente ou através de terceiros, para favorecer as empresas do Grupo Lena”.

Questionado sobre se em setembro de 2014 telefonou para o vice-presidente de Angola a interceder pelo Grupo Lena, José Sócrates esclarece que “já neste último verão, vários anos depois de ter saído do Governo”, fez esse contacto com gosto, “sem nenhum interesse que não fosse ajudar uma empresa portuguesa”.

Mais de um mês depois da entrevista à TVI, a 4 de janeiro, José Sócrates pediu que o MP diga quais são “os crimes concretos” que lhe são imputados.

“Onde é que estão as famosas ‘provas’ ou os ‘fortes indícios’ dos crimes que me imputam? E, ao certo, de que crimes concretos é que estamos a falar?”

Esta foi a sexta vez que Sócrates prestou declarações sobre o processo judicial em que está envolvido, conjuntamente com outros arguidos.

Indiciado de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal qualificada, José Sócrates foi detido a 21 de novembro, no aeroporto de Lisboa, proveniente de Paris.

Desde dia 25 do mesmo mês que o ex-primeiro-ministro está em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Évora, da qual recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa.

As Respostas de Sócrates

Consulte abaixo a transcrição das perguntas da SIC ao ex-primeiro-ministro e as respectivas respostas:

ZAP / Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O cão ladra e a caravana passa….
    O filho de mãe rica é um rico filho da mãe
    Já agora viver de heranças e de emprestimos dos amigos não é muito recomendável para quem tem ambições políticas…
    LARGA A GOLA ZÉ, VAI TRABALHAR, APRENDE UM OFICIO NA CHOLDRA QUE TE PODE DAR JEITO, E JÁ AGORA ESTUDA UM BOCADINHO DE INGLES

  2. acredito plenamente na sua inocência,isto é claramente uma cavala politica,outros piores do que ele andam a solta como por exemplo,o sr. Cavaco Silva,Passos Coelho,e sem esquecer o famoso homem dos submarinos Paulo Portas acredito que quando saírem do governo também bom fazer companhia ao sr.José Sócrates

  3. muito bem José Socrates! espero que a verdade venha ao de cima nesta tramóia toda que foi montada para o afastar – o maior sonho desta nossa direita empedernida! fazem falta homens sem medo para contestar estes que nos mentem sem pudor e sem remorso, convencidos que estão da sua superioridade moral! um asco !!

Responder a Maria Cancelar resposta

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …

Associados podem ser chamados a resolver "buraco" do Montepio

Os cerca de 630 mil associados e pensionistas da Associação Mutualista Montepio Geral correm o risco de virem a ser chamados para resolver as perdas da instituição financeira, escreve o jornal Público. De acordo com o …

Bolívia divulga vídeo que sugere que Morales incitou bloqueios à entrada de alimentos

Arturo Murillo, ministro do Governo da Bolívia, divulgou na manhã de quarta-feira um vídeo que sugere que o antigo presidente do país, Evo Morales, incitou os bloqueios à entrada de alimentos que fragiliza o país. Os …

Christine Lagarde foi conselheira de duas empresas sediadas em paraísos fiscais

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE) desde outubro, foi conselheira de duas filiais da empresa de advocacia Baker & McKenzie (BM) entre 2003 e 2005, ambas sediadas em países considerados à data paraísos …

Provas contra Trump "são claras". "Ele usou o cargo para fins pessoais", diz Nancy Pelosi

A presidente da Câmara dos Representantes e líder da maioria democrata na câmara norte-americana, Nancy Pelosi, declarou na quinta-feira que considera já haver provas suficientes para afirmar que o Presidente deve ser destituído. Contudo, segundo avançou …

Benfica tem seis jogadores de malas feitas. Um deles chegou em julho

Há seis jogadores que poderão estar de saída do emblema da Luz, sendo que um deles, Caio Lucas, chegou em julho ao clube. O agente de Samaris já veio negar a saída do seu cliente. Bruno …

"Poderia juntar-se a Mourinho". Bale criticado por comportamento "infantil"

A atitude do internacional galês Gareth Bale continua a render críticas. Desta vez foi o antigo presidente do Real Madrdi Rámon Calderón, que considerou o comportamento do futebolista infantil. Em causa esta a atitude do …

Norte quer fundos de Bruxelas para ligação ao TGV espanhol

Pela primeira vez, a região norte do país antecipou a lista de prioridades para os fundos europeus, escreve o Jornal de Notícias, que dá conta uma das propostas passa por usar os fundos de Bruxelas …