Sobretaxa do IRS pode não acabar totalmente em janeiro

Fernando Veludo / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro admite que a sobretaxa do IRS pode não acabar para todos os contribuintes em janeiro, mas reitera que será eliminada totalmente em 2017.

Numa entrevista ao Diário de Notícias e TSF divulgada esta quinta-feira – dia em que o Governo aprova, em Conselho de Ministros, a proposta de Orçamento do Estado para 2017 (OE 2017) -, António Costa afirma: “Iremos cumprir, seguramente no próximo ano, o compromisso de eliminar a sobretaxa. Mesmo que esse compromisso não seja integralmente cumprido no dia 1 de janeiro“.

O primeiro-ministro lembra que “a esmagadora maioria dos portugueses neste ano já não foi tributada com a sobretaxa do IRS” e acrescenta que se orgulha “muito” de ter conseguido “cumprir todos os compromissos” que assumiu, referindo, para além da sobretaxa, a reposição total dos vencimentos da função pública este ano e de “praticamente” todas as pensões.

António Costa, que deu a entrevista no final da visita à China, onde esteve desde sábado, enquanto decorriam em Lisboa as negociações do Orçamento do Estado para 2017, diz ainda que “um Orçamento é sempre um exercício complexo, dentro do Governo, com os parceiros parlamentares, e este processo não fugiu à regra”.

Ainda assim, “neste ano foi mais fácil, desde logo porque as pessoas tinham hábitos de trabalho que há um ano não tinham”, afirmou, referindo-se aos partidos de esquerda com quem o PS negoceia a proposta de Orçamento.

O primeiro-ministro garante que o documento que será entregue na Assembleia da República na sexta-feira é “uma boa proposta”, mas que “naturalmente” há “condições para poder ser melhorada ao longo do debate parlamentar, até ao dia 29 de novembro”.

Governo aprova hoje proposta de OE 2017

O Governo aprova esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a proposta de Orçamento do Estado para 2017, onde devem estar incluídas medidas como o fim da sobretaxa, o aumento das pensões e um novo imposto sobre o património imobiliário.

Depois de um encontro informal entre alguns ministros na terça-feira e de uma ronda com os partidos com assento parlamentar na quarta-feira, a reunião de hoje prevê finalizar e aprovar o documento.

Segundo informações partilhadas entre o Governo e os partidos, que alguns jornais nas edições on-line citaram na quarta-feira, o défice orçamental de 2017 deverá ficar entre 1,7% e 1,8% do Produto Interno Bruto (PIB) e a economia deverá crescer 1,5%.

Estes números, a confirmarem-se, significam que, em ambos os casos, o Governo piorou as suas previsões face às apresentadas em abril, no Programa de Estabilidade, quando estimava um défice de 1,4% e um crescimento económico de 1,8%.

Entre as principais medidas que deverão constar no documento, as dúvidas prendem-se sobretudo com o fim da sobretaxa de IRS, no novo imposto sobre o património imobiliário e no aumento das pensões.

Do lado dos partidos que apoiam o Executivo no parlamento foram conhecidas as negociações para introduzir algumas medidas no próximo ano: a dedução de passes sociais no IRS (proposta do PEV), o aumento de 10 euros para todas as pensões (proposto pelo PCP) ou pelo menos para pensões até 845 euros (proposto BE).

Por sua vez, o partido Pessoas, Animais e Natureza (PAN) discutiu com o Governo a introdução de benefícios nos passes de transportes públicos para quem abata um veículo de transporte individual.

Do lado dos partidos da oposição, PSD e CDS-PP consideraram que a proposta de OE 2017 será de “aumento dos impostos” indiretos, com os democratas-cristãos a lamentarem que o Governo tenha admitido uma revisão do cenário macroeconómico mas sem revelar números.

Na véspera da reunião de Conselho de Ministros, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, insistiu que a carga fiscal vai baixar no próximo ano, disse que o Governo está a trabalhar para chegar a acordo com os parceiros no parlamento e considerou que um falhanço seria “muito mau” para os portugueses.

A proposta de OE 2017 deverá ser entregue na Assembleia da República na sexta-feira e tem de seguir para a Comissão Europeia até sábado, dia 15 de outubro, segundo as regras do Semestre Europeu.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Perante as vossas informações que muito gosto de ler e diariamente.
    Tenho o seguinte: PCP . É conhecido o gosto de tomarem posse do que não lhes pertence e para o qual não fizeram qualquer sacrificio nem são capazes de fazer .
    Explº. Ponte 25 de Abril, antiga ponte Salazar. Qual o trabalho do PCP? Quantos euros ou escudos produzirão ?
    Herdades e Terras Nacionais e o Restante. Roubaram , incendiaram , venderam gado , alfaias agricolas tudo o que havia para vender , barato que a compra não foi do trabalho deles .
    Agora os Verdes . Carro individual . Saberão por ventura quantos milhões entram anualmente nos cofres da Alfandega ? Santos Imbecis.
    Sigilio Bancario cinquenta mil euros . Façam a experiencia e vamos ver quantos centimos nos bancos nacionais .
    Trabalhem e Produzam , SUA CAMBADA DE PARASITAS CHULOS E IMBECIS Vão pregar pregos para a SOREFAME, que enquanto não a deitaram a baixo não descansarão para estarem a receber o ordenado minimo e desemprego . Pága escravo

    • Pois, que malandros…
      Ainda bem que temos o PSD, o CDS e o PS para produzir “à grande” e ainda bem que esses nunca roubaram nada ao país!…
      .
      Agora, mais a sério: o melhor seria que tua cabeça também fizesse algum “trabalho” de vez em quando, para evitar que continues na ignorância e escrever disparates!!…

Pinto da Costa confirma fim da carreira de Casillas. E diz que episódio com Marega é um caso de polícia

O presidente do FC Porto confirmou, esta terça-feira, o fim da carreira do guarda-redes espanhol, que anunciou a intenção de se candidatar à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). O dirigente portista falou aos …

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …

Governo ficou perto da promessa de contratar 5000 doutorados

A anterior legislatura ficou a apenas 49 contratos de cumprir a meta estabelecida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Educação Superior. De acordo com o jornal Público, a promessa do ministro da Ciência, Manuel Heitor, de …

Fundador da Amazon investe nove mil milhões de euros para combater alterações climáticas

O fundador da empresa tecnológica norte-americana Amazon, Jeff Bezos, revelou na segunda-feira que vai investir dez mil milhões de dólares (mais de nove mil milhões de euros) da fortuna pessoal para encontrar soluções para combater …

Conselho de Ética desfavorável a projetos de lei sobre eutanásia

O Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (CNECV) deu "parecer ético desfavorável" a quatro projetos de lei para a despenalização da morte medicamente assistida, que vão ser debatidos no Parlamento esta quinta-feira. Os …

Portugal considera "inamistosa e injustificada" a decisão da Venezuela sobre a TAP

O ministro dos Negócios Estrangeiros Augusto Santos Silva já reagiu às acusações de Caracas sobre o alegado transporte de explosivos feito pela transportadora portuguesa. O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera “inamistosa” e “injustificada” …

Presidente do Afeganistão reeleito para segundo mandato

O Presidente do Afeganistão foi reeleito para um segundo mandato com 50,64% dos votos, anunciou a comissão eleitoral independente afegã, esta terça-feira, ao divulgar os resultados definitivos das eleições realizadas em setembro passado. "A comissão eleitoral …

Mário Ferreira torna-se o segundo maior acionista da Cofina

O empresário português vai investir 20 milhões de euros no aumento de capital da Cofina, o suficiente para tornar-se o segundo maior acionista da empresa. De acordo com o semanário Expresso, o empresário Mário Ferreira deverá …

Índia dá às mulheres direitos iguais aos dos homens em cargos militares

O Supremo Tribunal indiano decidiu que as mulheres têm os mesmos direitos que os homens para assumir funções de liderança no exército da Índia e criticou os argumentos do Governo que considera perpetuarem "estereótipos de …

Identificado 12.º caso suspeito de coronavírus em Portugal

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou, esta terça-feira, que foi validado um novo caso suspeito de infeção por novo coronavírus (Covid-19) em Portugal. De acordo com o comunicado da Direção-Geral da Saúde (DGS), citado pelo jornal …