Erros nas declarações automáticas de IRS podem ser punidos penalmente

outcast104 / Flickr

-

O PS propôs que se clarifique uma norma no orçamento para 2017 para garantir que as omissões ou inexatidões que ocorram nas declarações automáticas de IRS continuam a ser punidas em sede penal.

OE 2017

Numa das propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2017 (OE 2017), o grupo parlamentar do PS quer esclarecer no Regime Geral das Infrações Tributárias (RGIT) que “as omissões ou inexatidões verificadas nas declarações de IRS abrangidas pela declaração automática de IRS também podem ser punidas em sede penal”.

A alteração agora submetida pelo PS propõe que àqueles erros nas declarações automáticas de IRS “que não constituam fraude fiscal nem contraordenação” seja aplicável a coima prevista no RGIT para os casos de falta ou atraso na apresentação de documentos ou declarações (entre os 150 e os 3.750 euros).

Os deputados socialistas propõem ainda que aquela coima não seja aplicada “se estiver regularizada a falta cometida e a mesma revelar um diminuto grau de culpa” e acrescentam que é isto que “se presume quando as inexatidões se refiram ao montante de rendimentos comunicados por substituto tributário”.

Também o PSD e o CDS apresentaram propostas de alteração relativa a esta norma do RGIT, de redação mais curta, sugerindo que “as omissões ou inexatidões relativas à situação tributária que não constituam fraude fiscal nas declarações” automáticas de IRS são punidas com coima.

Em causa está uma alteração incluída na proposta orçamental relativa ao RGIT que podia permitir que um tratamento diferente aos contribuintes com declaração automática de IRS que tenham praticado uma omissão na entrega dessa declaração (por exemplo não declarar determinado rendimento) em relação aos restantes que tenham praticado a mesma omissão mas que não tenham a declaração de rendimentos pré-preenchida.

Na redação proposta pelo Governo, os primeiros ficavam sujeitos a uma contraordenação, que poderia implicar o pagamento de uma multa, ao passo que os segundos podiam ser punidos pelo crime de fraude fiscal, o que poderia resultar numa pena de prisão, segundo disse o penalista João Costa Andrade, numa conferência em Lisboa.

O consultor fiscal alertou que a proposta de OE 2017 pode tratar de forma desigual os contribuintes que têm a declaração de IRS automaticamente preenchida e descriminalizar a fraude fiscal, pondo em causa os processos em curso.

João Costa Andrade afirmou que as alterações ao RGIT incluídas na proposta orçamental do próximo ano determinam que, nos casos dos contribuintes com declaração pré-preenchida, “se houver omissões ou inexatidões, há uma sanção via contraordenação em que será aplicada uma coima”, situação que não se aplica aos restantes contribuintes que, pela mesma conduta, seriam punidos pelo crime de fraude fiscal, o que disse ser “altamente problemático”.

Na sexta-feira, questionado no parlamento pela deputada do CDS Cecília Meireles sobre esta matéria, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais manifestou abertura da parte do Governo para clarificar esta norma.

Sublinhando que “uma norma que se dirige a um novo regime, que é o IRS automático, não pode, como é evidente, ter nenhuma aplicação em casos passados nem a processos em curso”, Fernando Rocha Andrade garantiu que o executivo “pode perfeitamente fazer um esclarecimento”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Virgin Galactic abre as portas do primeiro aeroporto espacial do mundo

A empresa norte-americana Virgin Galactic, do bilionário Richard Branson, está a preparar o primeiro aeroporto espacial comercial do mundo, tendo revelado esta semana algumas das imagens daquelas que vão ser as instalações. O aeroporto, localizado …

A Internet está a regar esta planta há três anos

A comunidade online do Reddit tem tratado de uma planta durante três anos. Os utilizadores escolhem diariamente se a planta de ou não ser regada. Tudo começou com uma pequena brincadeira no Reddit, um dos maiores …

O pulmão de um chinês colapsou (e a culpa foi do karaoke)

O pulmão de um homem de 65 anos, na China, colapsou após ter tentado atingir uma nota alta durante uma intensa sessão de karaoke. O homem, residente em Nanchang, na província de Jiangxi, teria estado a …

"Emergência nacional". Deputados pedem a Boris que convoque imediatamente o Parlamento

Mais de 100 deputados britânicos pediram, numa carta divulgada este domingo, ao primeiro-ministro Boris Johnson para convocar imediatamente o Parlamento e voltar a debater o Brexit. As férias de verão do Parlamento terminam normalmente a 03 …

Rambo Luso. Há um português a viver na selva venezuelana há 25 anos

Há 25 anos que o português António Pestana Drumond realiza expedições às regiões de selva do Delta Amacuro e do Parque Nacional Canaima, leste da Venezuela, onde é conhecido pelos indígenas locais como o Rambo …

Já é possível saber se alguém está a mentir. Basta olhar nos olhos

Os olhos não mentem. Pelo menos é o que acham os investigadores da Universidade de Stirling, na Escócia, que criaram uma prova que diz se a pessoa está a mentir ou não com a monitorização …

NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …

O Pólo Norte está a ser atingido por relâmpagos (e isso não é normal)

Uma tempestade perto do Pólo Norte pode não parecer a maior preocupação, tendo em conta o rápido aquecimento do Ártico. Mas é mais um sinal de que o Ártico continua a ter um verão anormal. A …