/

SNS alerta contra mensagens falsas sobre vacinação da covid-19

Christian Bruna / EPA

O Serviço Nacional de Saúde publicou um alerta contra a circulação de mensagens falsas que estão a ser enviada para os cidadãos em nome desta mesma entidade. O aviso foi feito nas redes sociais, com o SNS a mostrar uma destas comunicações fraudulentas e a pedir a quem receber para as ignorar.

“Vimos, pela presente informar, que o Serviço Nacional de Saúde selecionou-lhe para o Plano de Vacinação contra a COVID-19 – Primeira Fase – Seguem em anexo todos os dados e informações necessárias seguindo o calendário de distribuição das vacinas. Seu número de adesão: V7RS6. A Vacina não dispensa medidas de proteção da Covid-19. Dep. de Comunicação SNS. Jaime Gama Sodre”, pode ler-se na imagem colocada pelo SNS para ilustrar esta comunicação.

Como avança o Público, apesar de os erros gramaticais e de formatação serem um forte indicador de que esta mensagem não é legítima, o SNS pede cuidado com estas comunicações.

A primeira fase de vacinação diz apenas respeito a três grupos prioritários: profissionais de saúde, membros das forças armadas e residentes em lares e unidades de cuidados continuados.

Segundo as previsões do Governo, no final de Fevereiro existe a possibilidade deste primeiro grupo estar totalmente vacinado, passando a vacinação a ser feita a pessoas com 50 ou mais anos de idade com complicações de saúde que dificultem a recuperação da infeção por covid-19. Também serão abrangidas na segunda fase pessoas com mais de 65 anos que não se enquadrem no primeiro grupo prioritário.

A restante população apenas será vacinada na terceira e última fase do plano nacional de vacinação contra a covid-19.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.