Shutdown obriga funcionários norte-americanos a vender bens para pagar despesas

Justin Lane / EPA

A paralisação do Governo norte-americano não está a ser inofensiva. Pelo contrário: 25% dos funcionários de várias agências e departamentos públicos estão sem rendimentos e, por isso, desesperados face às despesas.

Desde guitarras a bíblias, mesas de massagem ou lençóis da Nintendo: os funcionários públicos norte-americanos estão desesperados e a vender bens pessoais para fazer face à falta de rendimentos.

Segundo o Público, o encerramento parcial dos serviços públicos afeta 25% das agências, num total de 800 mil funcionários, alguns enviados para casa e outros a trabalhar sem salário desde 22 de dezembro. Em causa está o impasse no Congresso para aprovar uma verba de 5,6 mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira dos EUA com o México.

Os anúncios da venda de bens pessoais podem ser encontrados em sites como o eBay ou nas redes sociais, onde os apelos de funcionários com a corda ao pescoço se vão multiplicando nos últimos dias, denuncia o The Washington Post.

Até agora, o Departamento de Administração e Orçamento norte-americano apenas tem encorajado estes funcionários a falarem com credores e agências de hipotecas. A Guarda Costeira, por sua vez, publicou uma lista de dicas, na qual sugere aos funcionários que vendam coisas online ou façam part-times enquanto baby-sitters para sobreviver.

“Apesar de não ser agradável lidar com estas situações, o melhor é não enterrar a cabeça na areia. Mantenha-se no controlo da situação, percebendo claramente o que está a acontecer”, lia-se no documento publicado pela Guarda Costeira, que entretanto foi removido do site.

Há no Facebook um grupo que se dedica exclusivamente à venda de objetos de funcionários federais. Criado por Jay Elhard, funcionário do Parque Nacional Acadia, no Maine, no grupo vendem cópias de teses de pós-graduação ou mochilas de fibra de carbono usadas para caminhadas no Parque.

Em relação ao muro, o Presidente Donald Trump e o Partido Democrata, agora com maioria no Congresso, estão irredutíveis na negociação da construção. O impasse nos Estados Unidos parece não ter fim à vista – e o tic-tac do relógio parece um ruído impossível de suportar para os funcionários públicos norte-americanos.

LM, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. ohhh, tão preocupados que estamos com o não pagamento de salários nos Estados Unidos. Ohhh, preocupo-me tanto com a propaganda dos outlets de extrema esquerda CNN, NYT e WP. ohhhh fiquei tão tocado

  2. ……que “linda” deve ser a gestão pública americana, que tira dinheiro aos trabalhadores por causa de ideias visionários de um tresloucado ..

  3. ???

    Informa-te, ninguém tira dinheiro aos trabalhadores. Vão acabar por receber todos os ordenados em atraso. O problema é para quem vive no limiar de esforço financeiro e não consegue aguentar 1 mês sem ordenado sem imediatamente ter que deixar de pagar as contas do mês.

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …