Shutdown obriga funcionários norte-americanos a vender bens para pagar despesas

Justin Lane / EPA

A paralisação do Governo norte-americano não está a ser inofensiva. Pelo contrário: 25% dos funcionários de várias agências e departamentos públicos estão sem rendimentos e, por isso, desesperados face às despesas.

Desde guitarras a bíblias, mesas de massagem ou lençóis da Nintendo: os funcionários públicos norte-americanos estão desesperados e a vender bens pessoais para fazer face à falta de rendimentos.

Segundo o Público, o encerramento parcial dos serviços públicos afeta 25% das agências, num total de 800 mil funcionários, alguns enviados para casa e outros a trabalhar sem salário desde 22 de dezembro. Em causa está o impasse no Congresso para aprovar uma verba de 5,6 mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira dos EUA com o México.

Os anúncios da venda de bens pessoais podem ser encontrados em sites como o eBay ou nas redes sociais, onde os apelos de funcionários com a corda ao pescoço se vão multiplicando nos últimos dias, denuncia o The Washington Post.

Até agora, o Departamento de Administração e Orçamento norte-americano apenas tem encorajado estes funcionários a falarem com credores e agências de hipotecas. A Guarda Costeira, por sua vez, publicou uma lista de dicas, na qual sugere aos funcionários que vendam coisas online ou façam part-times enquanto baby-sitters para sobreviver.

“Apesar de não ser agradável lidar com estas situações, o melhor é não enterrar a cabeça na areia. Mantenha-se no controlo da situação, percebendo claramente o que está a acontecer”, lia-se no documento publicado pela Guarda Costeira, que entretanto foi removido do site.

Há no Facebook um grupo que se dedica exclusivamente à venda de objetos de funcionários federais. Criado por Jay Elhard, funcionário do Parque Nacional Acadia, no Maine, no grupo vendem cópias de teses de pós-graduação ou mochilas de fibra de carbono usadas para caminhadas no Parque.

Em relação ao muro, o Presidente Donald Trump e o Partido Democrata, agora com maioria no Congresso, estão irredutíveis na negociação da construção. O impasse nos Estados Unidos parece não ter fim à vista – e o tic-tac do relógio parece um ruído impossível de suportar para os funcionários públicos norte-americanos.

  LM, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. ohhh, tão preocupados que estamos com o não pagamento de salários nos Estados Unidos. Ohhh, preocupo-me tanto com a propaganda dos outlets de extrema esquerda CNN, NYT e WP. ohhhh fiquei tão tocado

  2. ……que “linda” deve ser a gestão pública americana, que tira dinheiro aos trabalhadores por causa de ideias visionários de um tresloucado ..

  3. ???

    Informa-te, ninguém tira dinheiro aos trabalhadores. Vão acabar por receber todos os ordenados em atraso. O problema é para quem vive no limiar de esforço financeiro e não consegue aguentar 1 mês sem ordenado sem imediatamente ter que deixar de pagar as contas do mês.

RESPONDER

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …

Oposição critica Governo de El Salvador por usar a covid-19 para limitar manifestações

Na quarta-feira, a Assembleia Legislativa de El Salvador aprovou um decreto que proíbe reuniões públicas e privadas que não estejam relacionadas com as artes, cultura ou desporto até 8 de dezembro. Segundo a Vice, apesar de …

Portugal com mais 883 casos confirmados e quatro mortes

Portugal regista hoje mais 883 casos confirmados de covid-19 e quatro óbitos pela doença, assim como 729 pessoas recuperadas e menos internamentos em enfermaria e unidades de cuidados intensivos, de acordo com o boletim diário. Segundo …

Um boneco do Super-Homem a voar

Indianos declaram "guerra" ao Super-Homem e à Mulher-Maravilha

Injustice, o último filme de animação da DC Comics, deixou alguns indianos muito perto de um ataque de fúria. Cenas em que o Super-Homem e a Mulher-Maravilha surgem a lutar contra militares indianos e a …

Alec Baldwin

Hollywood em choque. Alec Baldwin recebeu arma carregada, mas disseram-lhe que estava "fria"

A morte da directora de fotografia Halyna Hutchins, depois de ter sido atingida pelo actor Alec Baldwin durante as filmagens de "Rust", deixou o mundo de cinema de Hollywood abalado. E ninguém percebe como é …