Sesimbra também não avança para a nova fase de desconfinamento

António Pedro Santos / Lusa

O concelho de Sesimbra não vai avançar para uma nova fase de desconfinamento, ao contrário do que estava previsto, devido ao aumento local de casos de covid-19, disse à agência Lusa o presidente da autarquia, este sábado.

Não vai avançar. Recebemos há pouco essa informação do Governo”, afirmou o presidente do município, Francisco Jesus, adiantando que haverá um despacho conjunto nesse sentido.

“Aquilo que pedimos ao Governo foi validado hoje. Trata-se um pouco de subverter o que está no despacho do Conselho de Ministros, mas entendemos que é necessário“, referiu.



A autarquia está também a trabalhar para conseguir reforçar o efetivo de segurança no concelho, segundo o autarca, que indicou que, na próxima segunda-feira, haverá uma reunião para articular as medidas necessárias, nomeadamente de informação aos comerciantes e população.

Em comunicado publicado no seu site oficial, a autarquia anunciou estar a articular com o Governo a manutenção do atual nível de desconfinamento.

“Com o número de casos que existe atualmente, e com uma previsão de subida nos próximos dias, na próxima avaliação, o concelho poderá apresentar valores mais elevados, o que obrigará a regredir dois degraus no desconfinamento”, lê-se na justificação.

O “travão” agora decidido abrange essencialmente os horários dos estabelecimentos comerciais.

“Trata-se de uma medida essencial para conter o súbito aumento do número de casos que afeta o município, evitar um possível retrocesso no desconfinamento e tentar que este cenário, que se espera que seja conjuntural, possa rapidamente ser invertido”, de acordo com a informação publicada.

A autarquia apelou à compreensão dos que possam ser lesados pela medida, lembrando que perante o contexto que se vive as medidas que tendam a reduzir a propagação da pandemia são, por vezes, “difíceis e inadiáveis”.

Portugal tem 22 concelhos com incidência do novo coronavírus superior a 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, mais dois do que na última sexta-feira.

Segundo os dados divulgados na sexta-feira no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde, tal como no boletim anterior não existem concelhos em risco muito elevado, ou seja, com incidência a 14 dias superior a 960 casos por 100 mil habitantes.

Em risco elevado de contágio mantém-se o município da Ribeira Grande (524) que regista incidência acumulada superior a 480 casos por 100 mil habitantes e o único neste grupo.

Dos 22 concelhos, quatro registam um acumulado, nos últimos 14 dias, de mais de 240 casos por cada 100 mil habitantes, mantendo-se com esta incidência Odemira (477) e entraram para este patamar Paredes de Coura (316), Sertã (384) e Sesimbra (260).

Na quarta-feira, depois de mais uma reunião do Conselho de Ministros, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, anunciou que quatro concelhos não avançavam para a próxima fase de desconfinamento: Braga, Lisboa, Odemira e Vale de Cambra.

Entretanto, a nova fase de desconfinamento, que devia ter entrado em vigor só na segunda-feira, foi antecipada para esta quinta-feira, segundo uma resolução publicada em Diário da República.

Agora, o comércio já pode funcionar com o horário do respetivo licenciamento; os restaurantes, cafés e pastelarias (máximo de seis pessoas no interior ou 10 pessoas em esplanadas) podem funcionar até à meia-noite para admissão de clientes e 01h00 para encerramento; e os equipamentos culturais podem funcionar até à 01h00.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …