Seguro apresenta queixa contra Costa por envio de SMS aos militantes

António José Seguro / Flickr

O líder do Partido Socialista, António José Seguro

O líder do Partido Socialista, António José Seguro

A candidatura de António José Seguro entregou uma queixa contra António Costa, alegando que este enviou hoje um SMS aos militantes socialistas a apelar que votem em si, mensagem que a candidatura do autarca lisboeta diz ter sido um lapso já suspenso.

De acordo com a candidatura do atual secretário-geral socialista, a queixa é assinada por João Proença, diretor da campanha, e foi dirigida ao presidente da Comissão Eleitoral, Jorge Coelho.

Por seu turno, fonte da candidatura de António Costa diz que foi detetado o sms, que “foi um lapso e foi corrigido”, tendo sido suspenso “de imediato” e não ter chegada a 5% do universo eleitoral.

“Em 40 anos de democracia nunca assistimos a uma violação tão grosseira das regras democráticas como esta que Antonio Costa acabou de praticar. A campanha terminou na sexta-feira. Hoje é o dia das eleições”, refere a candidatura de António José Seguro, censurando esta “atitude anti-democrática e desrespeitosa” do atual presidente da Câmara de Lisboa, que “mancha o processo eleitoral”.

Comissão Eleitoral diz que candidaturas não podem enviar SMS durante dia de eleições

A Comissão Eleitoral para as primárias do PS deliberou hoje que as candidaturas devem “abster-se de utilizar quaisquer meios de comunicação electrónica” durante o dia da votação, na sequência de uma queixa de António José Seguro contra António Costa.

“Nestes termos, deve a candidatura de António Costa cessar, com efeitos imediatos, o envio de mensagens SMS durante o dia do ato eleitoral”, refere um comunicado da Comissão Eleitoral.

“A deliberação referida no número anterior foi comunicada ao representante da candidatura de António Costa na Comissão Eleitoral, tendo o mesmo assegurado que o envio de mensagens SMS foi imediatamente cessado e que o mesmo se tratou de um erro processual”, acrescenta o comunidado.

Este órgão, presidido pelo socialista Jorge Coelho, entende que as candidaturas devem “abster-se de utilizar quaisquer meios de comunicação electrónica, nomeadamente chamadas telefónicas, SMS, emails, para fins de marketing político durante o dia do ato eleitoral, sob pena de as mesmas poderem influenciar, ainda que indirectamente, o sentido de voto”.

De acordo com o comunicado da Comissão Eleitoral, que cita a reclamação da candidatura de António José Seguro, a mensagem da candidatura de António Costa tinha o seguinte teor:

Hoje não deixe de votar. O PS precisa do seu apoio. Se tiver dúvidas onde vota, ligue 808303001. Conto consigo. António Costa”.

Cerca de 250 mil simpatizantes e militantes socialistas escolhem hoje entre o secretário-geral António José Seguro e o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, o candidato do PS a primeiro-ministro nas próximas eleições legislativas.

A votação começou às 09h00 e prolonga-se até às 19h00.

PSocialista / Flickr

António Seguro e António Costa nas Autárquicas em Lisboa

António Seguro e António Costa nas Autárquicas em Lisboa

Este modelo norte-americano de eleições primárias para a indigitação de personalidades para cargos políticos, que se distingue dos restantes por ser um processo aberto a simpatizantes, é aplicado pela primeira vez em Portugal, depois de experiências já realizadas em partidos socialistas ou da esquerda-democrática em França e Itália.

Se o actual secretário-geral do PS vencer as eleições primárias, António José Seguro será confirmado como candidato a primeiro-ministro pelos socialistas nas próximas legislativas e, como tal, o calendário interno deste partido poucas alterações terá.

Se for o presidente da Câmara de Lisboa a vencer as primárias, António José Seguro já fez saber que se demitirá da liderança e, nesse caso, Costa quererá convocar o mais rapidamente possível eleições directas para o cargo de secretário-geral e um congresso extraordinário do PS.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. João Proença “substitui-se” às funções do presidente da Comissão eleitoral, Jorge Coelho, para afirmar: “Em 40 anos de democracia nunca assistimos a uma violação tão grosseira das regras democráticas como esta que Antonio Costa acabou de praticar. A campanha terminou na sexta-feira. Hoje é o dia das eleições”, refere a candidatura de António José Seguro, censurando esta “atitude anti-democrática e desrespeitosa” do atual presidente da Câmara de Lisboa, que “mancha o processo eleitoral”.
    Não será esta intervenção, também ela, em si mesma, uma violação grosseira das regras democráticas, embora de recorte mais fino, embora bem tendenciosa junto do eleitorado, por parte de alguém que é diretor de campanha de uma das partes? Caso sim, dir-se-ia: “diz o roto ao nu”…

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …

Governo faz ultimato: empresas têm 30 dias para regularizar fundos europeus parados (ou devolver dinheiro)

O Governo vai dar 30 dias para que as empresas que têm fundos comunitários parados regularizem a situação. Findo esse período, terão de devolver o dinheiro. José Mendes, secretário de Estado do Planeamento, garantiu, em entrevista …

Pelo menos 58 mortos em naufrágio ao largo da Mauritânia

Pelo menos 58 pessoas morreram, esta quinta-feira, num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia. Pelo menos 58 migrantes morreram num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia, anunciou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). …

Sá Carneiro, hipocrisia e maçonaria. Após troca de ataques, candidatos à liderança do PSD concordaram (mas pouco)

Os três candidatos à liderança do PSD trocaram esta quarta-feira acusações de hipocrisia e de maus resultados em diferentes momentos da história do partido, com Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz a negarem pertencer à …