Há um segundo português internado no Japão por suspeitas de coronavírus

Franck Robichon / EPA

Um segundo português está hospitalizado no Japão “por indícios relacionados” com o Covid-19, também tripulante do navio de cruzeiros Diamond Princess,.

“Dois dos tripulantes portugueses do Diamond Princess tiveram de ser hospitalizados, no Japão, por indícios relacionados com o novo coronavírus. Ambos dispõem dos cuidados médicos necessários e são apoiados pela embaixada portuguesa em Tóquio”, disse à agência Lusa o o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE).

O MNE confirmou que um dos portugueses é Adriano Maranhão e o segundo infetado “não quer ser identificado” e pediu que a “sua situação seja mantida privada”.

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, , afirmou que havia um segundo caso nas mesmas circunstâncias que as do português infetado pelo novo coronavírus.

“Há um reduzido número de portugueses que, por sua vontade, permaneceram e permanecem na cidade chinesa de Wuhan e a informação que tenho é que todos se encontram bem. Há um cidadão português internado num hospital no Japão que é tripulante de um navio de cruzeiro e que está a receber tratamento, há outro cidadão português nas mesmas circunstâncias, três tripulantes portugueses que ainda estão a bordo desse navio de cruzeiro e todos eles têm sido submetidos a testes que têm dado sempre resultados negativos”, afirmou Augusto Santos Silva.

O chefe de diplomacia falava aos jornalistas, à margem da sessão de encerramento do ciclo de conferências “NATO aos 70: Passado e Futuro”, em Lisboa. O ministério adiantou, entretanto, que este segundo caso “ainda se encontra em observação hospitalar”.

Portugueses no Irão

Augusto Santos Silva confirmou também que todos portugueses retidos no Irão contactaram a embaixada portuguesa em Teerão e “têm assegurado o seu regresso antecipado” a Portugal, sem adiantar quais as datas para o regresso destas pessoas.

A TSF noticiou que um grupo de turistas portugueses que está no Irão viu o seu voo de regresso, marcado para a próxima segunda-feira, ser cancelado devido ao surto do novo coronavírus e temia ficar retido no país.

Segundo a estação de rádio, só na cidade de Isfahan estariam pelo menos oito pessoas nesta situação. Várias companhias aéreas deixaram de voar para o Irão devido ao elevado número de casos do Covid-19 neste país. “A informação que tenho da embaixada em Teerão é que todos esses planos antecipados de regresso estão garantidos”, vincou.

Questionado sobre se estes portugueses vão estar em quarentena quando chegarem ao país, o chefe da diplomacia referiu que “as pessoas têm as recomendações das autoridades médicas para agir se se verificarem” sintomas relacionados com a infeção pelo novo coronavírus ou se tiverem estado em contacto com pessoas contagiadas.

“No que compete ao Ministério dos Negócios Estrangeiros tratava-se apenas de apoiar esses concidadãos que nos pediram ajuda no sentido de antecipar o seu regresso a Portugal e isso foi feito”, acrescentou Santos Silva.

Primeiro caso suspeito nos Açores

Os Açores registaram esta quinta-feira o primeiro caso suspeito de infeção pelo novo coronavírus (Covid-19), um homem de 31 anos que esteve em Milão, Itália.

“A Autoridade Regional de Saúde, relativamente ao surto de pneumonia pelo novo coronavírus (Covid-19), informa que está a ser avaliado o primeiro caso suspeito de infeção por este novo coronavírus (Covid-19) na Região Autónoma dos Açores”, lê-se num comunicado do Gabinete de Apoio à Comunicação Social do Governo regional.

Segundo o mesmo comunicado, o utente é um homem de 31 anos, residente no concelho da Praia da Vitória, na ilha Terceira, “que regressou no dia 19 de fevereiro de Milão, Itália”.

A Autoridade Regional de Saúde acrescenta que o caso “está já a ser acompanhado pelas autoridades de saúde” e que “serão agora realizadas as colheitas de amostras biológicas para diagnóstico laboratorial”, de acordo com os procedimentos fixados.

A secretária regional da Saúde dos Açores revelou na quarta-feira que os três hospitais da região – nas ilhas do Faial, Terceira e São Miguel – tinham 80 quartos de isolamento disponíveis para acolher potenciais portadores do vírus.

O executivo açoriano apela a que em caso de sintomas os utentes liguem para a Linha Saúde Açores (808 246 024), em vez de se dirigirem a um hospital ou unidade de saúde.

Portugal teve, nas últimas 24 horas, 27 novos casos suspeitos de infeção pelo Covid-19, totalizando 52 até hoje, dos quais 16 se encontram a aguardar resultados laboratoriais, indicou a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os dados constam no boletim epidemiológico do Covid-19, que não reportava nenhum caso de infeção pelo novo coronavírus em Portugal até às 19:00 desta quinta-feira.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

“Não há razão para alarme”. Governo quer perdoar penas até dois anos e antecipar liberdade condicional

A proposta de lei do Governo que estabelece um regime excecional para as prisões, no âmbito da pandemia covid-19, já deu entrada na Assembleia da República, podendo ser consultada na página oficial do Parlamento. No diploma, …

O nosso cérebro evoluiu para acumular mantimentos (e julgar os outros por fazer o mesmo)

O nosso cérebro evoluiu de uma forma que, em situações de stress, acumulamos mantimentos e julgamos os outros por fazer exatamente o mesmo. Os media estão repletos de histórias – e a condenação – de pessoas que …

Autarca de Vieira do Minho denuncia: testes estão a ser desviados para Lisboa

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Gerês/Cabreira, Vieira do Minho, detetou 77 infetados pelo novo coronavírus, com os autarcas da área a reclamarem contra a demora na distribuição de testes, disse esta sexta-feira à …

Trump recomenda uso de máscaras (mas recusa-se a usá-las)

Esta sexta-feira, os Estados Unidos tiveram, pelo quarto dia consecutivo, o maior número de mortes em 24 horas, num total de 1.094, e contam com quase 30 mil novos casos. No seu briefing diário, de acordo …

A Antártida já foi uma floresta tropical

A Antártida pode ter sido o lar de ecossistemas quentes e pantanosos cercados por fetos e árvores coníferas há 90 milhões de anos, altura marcada pelo auge dos dinossauros. Uma análise do solo antigo extraído da …

Algumas estrelas têm "veneno" dentro de si (e é por isso que explodem)

Algumas estrelas têm um "veneno" dentro de si: o elemento néon no núcleo das estrelas pode desencadear uma reação química que leva a uma morte definitiva e explosiva. Estrelas menos massivas, como o nosso Sol, expandem-se …

Criada tecnologia que traduz pensamentos diretamente em texto

Uma equipa de investigadores diz ter criado um sistema capaz de traduzir sinais cerebrais diretamente em texto escrito. Este é um passo promissor para que no futuro seja possível escrever num computador apenas com o …

Desaparecimentos, mistérios e lendas. O Triângulo do Alasca pode ser mais perigoso do que o das Bermudas

Milhares de pessoas desaparecem todos os anos no estado norte-americano do Alasca, fazendo lembrar as histórias do Triângulo das Bermudas, onde aviões e navios desapareceram sem deixar rastro. De acordo com a revista The Atlantic, três …

Descobertas sete novas aranhas-pavão. E uma parece um quadro de Van Gogh

Foram encontradas sete novas espécies de aranha do género Maratus. E há uma que se destaca por se parecer com "A Noite Estrelada", famoso quadro de Vincent Van Gogh. Nos últimos anos, as aranhas-pavão (do género Maratus) …

Estado de emergência no México suspende produção de cerveja Corona

Nem toda a publicidade é boa publicidade. Que o diga a cerveja mexicana Corona que, em tempos de pandemia, partilha o nome com o vírus de que já ninguém quer ouvir falar. Segundo o jornal The …