/

Profissionais de saúde começam hoje a receber segunda dose da vacina

2

Christian Bruna / EPA

Até sexta-feira, tinham sido vacinadas 106 mil pessoas em Portugal continental, incluindo utentes e funcionários de lares de idosos.

Os primeiros profissionais de saúde que foram vacinados contra a covid-19 no final do ano vão começar a receber este domingo a segunda dose do fármaco da BioNTech/Pfizer.

De acordo com uma nota do Ministério da Saúde, começam a ser administradas as segundas doses das vacinas contra a covid-19 aos quase 30 mil profissionais de saúde de contextos prioritários de hospitais e cuidados de saúde primários.

A 27 de dezembro, iniciou-se a primeira fase da vacinação contra o vírus SARS-CoV-2, abrangendo os profissionais dos centros hospitalares universitários do Porto, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central, que receberam a vacina desenvolvida pela Pfizer-BioNTech.

Desde então e até sexta-feira, cerca de 106 mil pessoas foram vacinadas em Portugal continental, incluindo também utentes e funcionários de lares de idosos.

A primeira fase do plano, até final de março, abrange também profissionais das forças armadas, forças de segurança e serviços críticos.

Nesta fase, serão igualmente vacinadas, a partir de fevereiro, pessoas de idade igual ou superior a 50 anos com pelo menos uma das seguintes patologias: insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração.

A segunda fase arranca a partir de abril e inclui pessoas de idade igual ou superior a 65 anos e pessoas entre os 50 e os 64 anos, inclusive, com pelo menos uma das seguintes patologias: diabetes, neoplasia maligna ativa, doença renal crónica, insuficiência hepática, hipertensão arterial, obesidade e outras doenças com menor prevalência que poderão ser definidas posteriormente, em função do conhecimento científico.

Na terceira fase, será vacinada a restante população, em data a determinar. As pessoas a vacinar ao longo do ano serão contactadas pelo Serviço Nacional de Saúde.

  ZAP // Lusa

2 Comments

  1. O ritmo de vacinação em Portugal está a ficar lento e estamos a ficar atrás na cauda da Europa. Embora o país receba as vacinas ao mesmo tempo que outros países europeus, Portugal está a ficar em último da distribuição da vacina à população. A continuar com esta lentidão só chegaremos a vacinar toda a população em 2 anos 2021 e 2022…

  2. O governo guarda, no bolso, algumas doses, para as distribuir pelos diversos comunistas que o integram. Dou o exemplo do “Eu!”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE