Secretária de Estado da Igualdade sai e agita socialistas

Catarina Marcelino / Facebook

Catarina Marcelino, ex secretária de Estado da Igualdade

A secretária de Estado da Igualdade, Catarina Marcelino, saiu, esta sexta-feira, do cargo e vários socialistas se pronunciaram surpreendidos e contra a decisão da ministra da Presidência, Maria Manuel Leitão Marques.

A notícia surpreendeu vários socialistas que apontaram Catarina Marcelino como a “mais competente” a ocupar aquela pasta.

Até ao momento, de acordo com o Jornal de Notícias, ainda não se sabe por que terá decidido a ministra da Presidência, titular da pasta que integra a secretaria de Estado da Igualdade, substituir Catarina Marcelino.

No facebook, Catarina agradeceu todo o apoio recebido e explicou que tem “por hábito dizer que estou de Secretária de Estado. Estamos e a qualquer momento podemos deixar de estar. Foi o que aconteceu hoje comigo. Não saio por vontade própria, mas porque a Ministra que vai tutelar a pasta entendeu, no seu pleno direito, escolher outra pessoa”.

Tenho por hábito dizer que estou de Secretária de Estado. Estamos e a qualquer momento podemos deixar de estar. Foi o…

Publicado por Catarina Marcelino em Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Nas redes sociais, vários socialistas e ativistas demonstraram a sua surpresa e deixaram palavras de incentivo a Catarina Marcelino, relembrando a sua competência.

Dois deputados socialistas, Porfírio Silva e Isabel Moreira, questionaram imediatamente as “razões políticas” de tal afastamento. “Não acredito que a política possa ser o reino do arbitrário”, referiu o deputado.

Isabel Moreira, por sua vez, relembrou o percurso político da antropóloga de formação, demonstrando também a surpresa. “Catarina Marcelino saiu da Secretaria de Estado da Cidadania e da Igualdade. Foi a melhor representante da igualdade de que tenho memória. Em todas as áreas. Todas. Uma feminista assumida, empenhada e reconhecida por quem trabalha na área. Não percebo. Não percebo. E não estou sozinha nesta avaliação”.

Catarina Marcelino saiu da secretaria de estado da cidadania e da igualdade. Foi a melhor representante da igualdade de…

Publicado por Isabel Moreira em Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017

Além disso, Isabel Moreira desejou ainda “obviamente todo o sucesso a Rosa Monteiro”, a secretária que ocupa agora o lugar de Marcelino.

As razões desta alteração prendem-se com a passagem da Secretaria de Estado da Igualdade do Ministério da Administração Interna para a tutela do Ministério da Presidência, liderado por Maria Manuela Leitão Marques, no âmbito da reformulação levada a cabo pelo Governo.

Segundo o esclarecimento de Marcelino, terá partido então da ministra da Presidência o travão à continuidade de Marcelino no Governo e a escolha de Rosa Lopes Monteiro para o seu lugar.

Além disso, outras alterações acontecem no Governo com Eduardo Cabrita a deixar o cargo de ministro adjunto do primeiro ministro para presidir ao Ministério da Administração Interna, depois da demissão de Constança Urbano de Sousa.

Para o lugar de Eduardo Cabrita foi então designado o advogado Pedro Siza Vieira, que era até agora membro da Estrutura de Missão para a Capitalização das Empresas e passa agora a ministro adjunto.

Na Cidadania e Igualdade, além de Rosa Filomena Brás Lopes Monteiro, a ministra da Presidência tem como secretários de Estado Tiago Antunes, na pasta da Presidência do Conselho de Ministros, e Graça Fonseca, como secretária de Estado Adjunta e da Modernização Administrativa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Eu só não entendo quais as funções de uma secretaria de estado para a IGUALDADE.
    Vão dar a boa notícia aos portugueses que afinal somos todos iguais e os partidos políticos vão pagar o IMI COMO TODOS OS PORTUGUESES? , bem como a SOBRETAXA?
    Boa afinal já vejo a utilidade destes gastos públicos e já vejo que afinal SOMOS TODOS IGUAIS

    • Não conheço a trabalho mas suspeito que mais uma vez estão a copiar os EUA. Só o facto de ser feminista assumida já diz muita coisa. Nos EUA continuam a achar que as mulheres são oprimidas quando na realidade têm várias vantagens na lei em relação aos homens e mesmo na sociedade. Por mim podem ter essas vantagens todas mas não venham queixar nem fingir que há igualdade. O mesmo digo para minorias e afins e essas teorias também andam a espalhar por muitos países da UE. Em vez de quererem igualdade de oportunidades querem forçar um resultado igual para toda a gente mesmo que não seja merecido.

  2. Oh não é que tinha razão. É mesmo ideias dos EUA:
    https://www.tsf.pt/programa/conversa-delas/emissao/catarina-marcelino-secretaria-de-estado-para-a-cidadania-e-igualdade-5670679.html

    Está senhora quer aplicar discriminação positiva nas empresas para que haja igualdade forçada de géneros em relação ao salário é número de pessoas mereçam ou não. Não se trata de igualdade de oportunidades nem de quem é mais eficaz no trabalho. Na lógica destas pessoas nas empresas as pessoas não contratam mulheres por serem mulheres e o mesmo para minorias.

    Pouco importa que muitas jovens tiram cursos que não têm saída como eng. do ambiente ou psicologia. Também pouco importa que no privado o que importa é o trabalho efectivo. Enfim, parece-me obvio porque é que está senhora foi chutada e acho que o PS fez muito bem apesar de não concordar com muitas ideias deles. Vamos lá ver é se não vêm outra peça com as mesmas ideias.

  3. Não conheço o perfil nem o trabalho da senhora mas arrisco em dizer que ela foi excluída por ser competente naquilo que faz, o que não é normas nos nossos políticos… Digo eu, não sei…

  4. Realmente o que aqui foi dito é a verdade. Só mais uma coisa. Acabem com esse tacho e canalizem esse dinheiro que é nosso para defender a floresta… Bem mais útil. Quanto a essa senhora tem futuro promissor no bloco…. Se não se filiar é um desperdício…vi o prós e contras em que participou e da para ver isso. É uma pena se não a aceitarem! Alguem conheçe a Catarina? Metam uma cunha..

  5. a igualdade que elas queriam nunca vao ter!!!! saia ministra entre ministra…. haja secretarias de estado nao haja, governe quem governar…….a geringonça bem quer facilitar e fomentar o transexual o transgenero etc…. mas o mais dramatico disto tudo é que se instalou uma “guerra” entre mulheres. quem puxa o ministerio com mais força?. sera que o costa esta por tras disto tudo? kkkkkk. o socrates gostava de usar o termo transvestido.. este governo ja nem precisa de se transformar….

  6. ENZO, concordo com tudo o que dizes. É isso mesmo; acabem com esta treta e protegem aqueles desgraçados e desgraçadas que viviam de quase nada ( galinhas, uns ovos, uma cabritas e umas ovelhas). É bem visto que esta ex. Secretaria da Igualdade, tinha toda a proteção do António Costa, mas agora tiro-lhe o tapete. Contudo, Catarina Martins despediu a Presidente da Comissão de Igualdade de Género, e como estava no inicio do contrato, estamos ainda a pagar o salário por mais dois anos. E fez muitas outras deixando a divida por nossa conta.

  7. Estou de acordo 100% com o Enzo. Só mais uma coisa. Catarina Marcelino, despediu a Presidente da Comissão Igualdade de Género que estava no inicio do contrato. A lei é assim: vamos pagar durante 3 anos o salario a essa ex Presidente. Mas fez muitas mais: quem não se lembra do que ela escreveu nas redes sociais com erros de ortografia uns atras dos outros? Sim ela é uma bloquista, fica bem junta das Mortaguas.

Responder a Toni Cancelar resposta

Cientistas criaram o som mais alto de sempre

O som foi produzido debaixo de água ao fazer colidir minúsculos jatos de água com pulsos de raio-X. O barulho gerado é superior ao do lançamento de um foguete. A experiência foi realizada como parte de …

Plutão pode esconder um oceano líquido debaixo de uma camada de gás

Uma das características mais marcantes de Plutão é o seu coração, também conhecido como Tombaugh Regio, uma grande região de cor clara de aproximadamente 1.590 quilómetros de diâmetro. O seu lobo esquerdo, o Sputnik Planitia, é …

Selfies estão a destruir muralha romana considerada Património Mundial da UNESCO

Uma parte da antiga Muralha de Adriano, no Reino Unido, está a colapsar por causa dos turistas que procuram o local para tirar selfies. O monumento, que em 1987 foi considerado Património Mundial da UNESCO, inspirou …

Carros vão mudar mais numa década do que aquilo que mudaram num século

Embora a aparência dos carros tenha mudado nos últimos cem anos, a maneira como os conduzimos pouco ou nada mudou. Contudo, acredita-se que na próxima década, além da forma como se movimentam ser diferente, também …

São Francisco lidera ranking das cidades onde se recebe melhor

O American Dream está claramente destacado no ranking das cidades onde se recebe melhor, mas há alguns "intrusos" no meio desta lista. Das dez cidades eleitas, há apenas quatro europeias. Apenas três continentes estão representados no …

Em 30 anos, Amazónia perdeu 953 mil hectares de áreas protegidas

Nos últimos 30 anos, a Amazónia perdeu 953 mil hectares em áreas pertencentes a unidades de conservação e terras indígenas que deveriam estar preservadas. A Amazónia brasileira perdeu 953 mil quilómetros em áreas que foram desflorestadas …

Mulheres e meninas norte-coreanas forçadas a prostituir-se e a casar-se na China

Mulheres e meninas norte-coreanas são coagidas, vendidas ou raptadas na China ou traficadas diretamente da Coreia do Norte, denuncia a Korea Future Initiative. As mulheres são forçadas a casar-se, violadas e sujeitas a outros tipos …

Trump corta financiamento para centros de investigação de saúde infantil

A administração de Trump está a terminar o financiamento para uma rede de centro de investigação focados em ameaças ambientais para crianças, colocando em risco vários estudos de longa data sobre os efeitos dos poluentes …

PJ detém ex-diretor da Santa Casa de Ponte de Sor

Um antigo diretor e contabilista de uma Santa Casa da Misericórdia do distrito de Portalegre foi esta quarta-feira detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas dos crimes de peculato e participação económica em negócio, foi …

Costa diz que só soube do memorando de Tancos no dia da demissão de Azeredo

O primeiro-ministro, António Costa, diz que só soube do memorando da Polícia Judiciária Militar (PJM) sobre o assalto a Tancos no dia em que o então ministro da Defesa, Azeredo Lopes, apresentou a sua demissão. A …