Se OE não for aprovado à esquerda, será a “certidão de óbito” do Governo (e o país “vai bater palmas” a Rio)

Carlos Barroso / Lusa

No seu habitual espaço de comentário na SIC este domingo, Luís Marques Mendes disse acreditar que o Orçamento de Estado para 2021 será aprovado mas, se não for aprovado à esquerda, será a “certidão de óbito” do Governo.

Este domingo, na SIC, Luís Marques Mendes disse acreditar que o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) vai ser aprovado. Questionado sobre se será o PCP a aprová-lo, o comentador disse que não. “Acho que o PCP descolou, mudou de campeonato, percebeu que a geringonça custou-lhe muito em termos eleitorais”.

Marques Mendes disse ser “mais provável” que seja o Bloco de Esquerda (BE) a aprovar o OE2021. “Há quem entenda que não se deve viabilizar, outros que se deve negociar mas com condições fortes e exigentes”, afirmou.

Por outro lado, se não for o BE a dar a mão ao Governo de António Costa “na 25ª hora, o PSD acaba por viabilizar o Orçamento”.

Para Marques Mendes, “ao contrário do que se pensa, não é um presente envenenado”, mas antes “uma grande oportunidade” e que é mesmo “sair a sorte grande”. O comentador considera que o PSD tem sempre a possibilidade de invocar o “interesse nacional”, tendo em conta que existe “a presidência da UE, as presidenciais, a impossibilidade de até março o Presidente dissolver o Parlamento e não pode resolver a crise”. “Rui Rio vai sair-se bem. E o país vai bater palmas“, disse.

Sobre a exigência do BE de não haver mais dinheiro para o Novo Banco, “aí já ganhou porque é notório que o Governo não o vai fazer no OE”. No entanto, sobre a hipótese do BE “parecer querer também que se proíba o fundo de resolução de ir buscar dinheiro a outro lado” para pagar ao Novo Banco, “esta condição é absurda, impossível e ilegal”. “O Governo não pode rasgar um contrato que outra entidade assinou”.

O ex-líder do PSD adianta ainda que “já há uma espécie de comissão de quatro bancos liderados pela CGD que está a negociar ir buscar dinheiro para financiar o fundo resolução”.

O comentador disse também, relativamente a uma eventual fusão entre o BCP e o Montepio, que “ainda não houve” contactos “entre os dois bancos nesse sentido” nem com o ministério das Finanças, mas admite que “não é de excluir essa hipótese”.

Caso haja uma eventual crise, Marques Mendes considera que o PSD e a direita têm três problemas: um problema de alternativa; um problema de governabilidade e o problema do Chega.

O problema de alternativa refere-se ao facto de “o país ainda não ver no PSD e no centro direita uma solução e uma “falta de condições para governar” porque o PSD “até pode ganhar”. Por último há o Chega, que está a crescer “em grande medida, à custa do descontentamento com PSD e CDS, que têm eleitores que acham que estes dois partidos não fazem boa oposição.”

Relativamente ao facto de o embaixador dos Estados Unidos em Portugal ter dito ao Expresso que Portugal ia ter de escolher entre a China e os Estados Unidos, Marques Mendes classificou as declarações como uma “ameaça, chantagem e ultimato a Portugal”. Mendes chamou mesmo “mini-Trump” ao embaixador.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Costa deve remodelar o Governo em outubro (e "Eduardo Cabrita vai sair nessa ocasião")

No seu habitual espaço de comentário na SIC, Luís Marques Mendes antecipou que António Costa se prepara para fazer uma remodelação do Governo após as eleições autárquicas. O conselheiro de Estado disse também que o …

Ataque mais mortífero. Aviões israelitas lançam novos ataques em Gaza

Este domingo foi o dia mais mortal do conflito. O exército israelita voltou a fazer dezenas de ataques na Faixa de Gaza, enquanto grupos armados disparavam foguetes contra Israel. Este domingo, ataques aéreos israelitas à cidade …

Dos ecossistemas à economia. Vespas são mais importantes do que se pensa

As vespas trazem grandes benefícios para os ecossistemas, a nossa saúde e até a economia mundial, mostra um novo estudo feito por investigadores britânicos. Ao ver uma vespa, o instinto da grande maioria das pessoas é …

Portugal com um recorde de 200 mil vacinados este fim-de-semana

A task force que coordena o programa de vacinação contra a covid-19 em Portugal previu que este fim-de-semana tenham sido vacinadas 200 mil pessoas. "De acordo com dados provisórios, neste fim-de-semana foram, até às 18h00, …

Gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera

Um novo estudo mostra que as enormes emissões de gases de efeito de estufa estão a fazer encolher a estratosfera. Tal como explica o jornal The Guardian, os investigadores descobriram que a espessura desta camada atmosférica …

Morreu Luís Nunes da Ponte, fundador do PS

Luís Nunes da Ponte morreu aos 75 anos. O PS manifestou “profundo pesar” e agradeceu o seu trabalho “em prol da luta pela liberdade e pela democracia”. Luís Nunes da Ponte, um dos fundadores do PS, …

Caçador de planetas. NASA espera que o telescópio Roman encontre 100 mil novos mundos

A missão do telescópio espacial Roman da NASA - que será lançado em meados da década de 2020 - deve encontrar pelo menos 100 mil novos exoplanetas, dizem astrónomos. Desde a década de 1990, foram descobertos …

Robôs "burros" trabalham em conjunto para realizar tarefas complexas

Uma nova pesquisa mostra que, ao mesmo tempo que aumentam as interações magnéticas, um enxame de robôs dispersos, chamados BOBbots, pode reunir-se em aglomerados compactos para realizar tarefas complexas. Fazer com que um enxame de robôs …

O uso doméstico de carvão na China resulta em mortes prematuras

Um novo estudo indica que, na China, a poluição da queima de carvão residencial causa um número desproporcional de mortes prematuras por exposição a poluentes minúsculos inaláveis, conhecidos como PM2.5. A combustão do carvão por centrais …

Estudo alerta para níveis preocupantes de produtos químicos tóxicos no leite materno

Um novo estudo, que analisou o leite materno de mulheres americanas quanto à contaminação por PFAS, detetou o produto químico tóxico em todas as 50 amostras testadas, e em níveis quase 2.000 vezes mais altos …