Salários entre 3500 e 6500 euros são os mais beneficiados com novos escalões do IRS

As alterações nos escalões de IRS vão beneficiar mais de um milhão e meio de famílias, segundo estimativas do Governo. Mas quem mais vai poupar são as classes média e média-alta, em especial quem ganhar entre 3500 e 6500 euros por mês.

As simulações apresentadas pelo Governo e feitas por algumas consultoras para vários jornais indicam que as maiores reduções de impostos, em termos absolutos, se vão verificar nos contribuintes com salários mensais entre os 3500 e os 6500 euros.

Mas o alívio no IRS vai sentir-se logo a partir do terceiro escalão. Assim, quem tenha rendimentos brutos de entre 20 e 25 mil euros por ano, terá uma poupança de cerca de 81 euros, conforme contas divulgadas pelo Expresso.



Já quem ganha entre 30 e 40 mil euros anuais poupará 49 euros no IRS, e quem receber entre 40 mil e 45 mil euros anuais, ficará no bolso com mais 53 euros, segundo o mesmo semanário.

Os contribuintes que declararem rendimentos brutos anuais de entre 70 e 80 mil euros, terão uma poupança de 195 euros, ainda de acordo com o Expresso.

Na faixa dos 5 mil euros de salário mensal, os contribuintes casados e com filhos, poupam 403,5 euros em IRS. Já se o contribuinte for solteiro e sem filhos, pagará menos 201,79 euros de IRS.

“Em termos relativos, para estes contribuintes a subida representa mais 0,5% de rendimento líquido ao fim do ano, também uma das percentagens mais elevadas num conjunto de mais de sete dezenas de simulações da consultora EY para o Dinheiro Vivo”, como nota esta publicação.

Mas a faixa dos 1500 euros também sai beneficiada, com um aumento de 0,6% no dinheiro que manterá ao final do ano. Se o contribuinte for solteiro e sem filhos, terá uma poupança de cerca de 90 euros, enquanto que se for casado, com tributação conjunta e dois filhos, o valor aumenta para os 180 euros.

Quem ganhar 1300 euros, ou seja, o rendimento médio nacional, tem uma melhoria no rendimento disponível de 0,5%, com mais 67,75 euros no caso de contribuintes solteiros e sem filhos. Já os contribuintes casados, com dois filhos, terão uma poupança de 135 euros.

Nas simulações do Governo, considerando esta reforma e a revisão já feita em 2018 nos escalões do IRS, os contribuintes mais beneficiados, no global, são os que ganham entre 1000 a 1400 euros mensais.

Os rendimentos até 9400 euros ficam isentos de impostos com os novos escalões de IRS que não mudam nada para 72% das 5,4 milhões de famílias que entregam declaração de IRS, conforme nota o Expresso.

E 53% dos 3 milhões de agregados que pagam impostos vão continuar a pagar o mesmo que em 2021, aponta o semanário.

  ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. “…em especial quem ganhar entre 3500 e 6500 euros por mês.” A notícia é pouco clara. Refere-se em concreto ao rendimento global bruto mensal do agregado ou de um único contribuinte?

    Paralelamente há que referir que a reestruturação dos escalões do IRS levará mais agregados a cair no último escalão.

  2. 1300 rendimento médio nacional???
    Teimam em mentir para portugal ficar bem lá fora?
    A média nacional não ultrapassa os 800€ se tanto!!!

  3. Deveriam clarificar se os rendimentos que apresentam é por contribuinte ou por agregado. É que isso é muito diferente.

  4. Coincidência do car…, é o valor dos ordenados dos políticos e deputados, não? Eu recebo menos, e já não tenho direito já sou rica!!!

  5. Não fica dúvida nenhuma. Estes senhores do governo estão a servir-se a si próprios. É aceitável que quem ganhe até 1000 euros /mês não pague IRS porque não tem sequer dinheiro para comer. Apartir daí o percentagem, escalão, deve ser única. Podemos discutir se é 18 ou 25% ou mesmo 30%, mas todas as tentativas de criar escalões são de facto uma discriminação perante a lei, para a qual todos os cidadãos devem ser iguais.

  6. Querem ver se tapam os olhos a quem não percebe uma m**** de Economia ou Finanças, mas tudo se desbrava, não é verdade? 😉

  7. Ainda bem que beneficiam quem mais precisa, ou não fosse tivesse este governo uma clara noção de justiça social, como se tem verificado todos os dias…

RESPONDER

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …

Vítimas do ataque na Noruega foram mortas com facadas e não com arco e flecha

A polícia norueguesa esclareceu, esta segunda-feira, que as cinco vítimas mortais do ataque perpetrado na semana passada foram esfaqueadas, afastando assim a tese inicial que as mortes tinham sido provocadas por um arco e flechas. Segundo …