Rússia planeia vacinar 20 milhões de pessoas até final de março

A Rússia planeia vacinar cerca de 20 milhões de pessoas contra a covid-19 durante o primeiro trimestre deste ano, adiantou hoje a vice-primeira-ministra russa, Tatiana Golikova.

“Estimamos que, se tudo correr bem, iremos envolver neste processo cerca de 20 milhões de cidadãos”, acrescentou a governante.

Segundo Golikova, o Governo russo criou esta semana o plano preliminar de vacinação para o primeiro trimestre de 2021, “de acordo com o qual serão enviadas, para organizações médicas, cerca de 17 milhões de doses”.

Até agora “foram fabricadas 7,6 milhões de doses, 2,1 milhões enviadas para regiões russas”, salientou a vice-primeira-ministra.

Anteriormente, a presidente da Agência Russa para a Proteção do Consumidor (Rospotrebnadzor), Anna Popova, tinha dito que as autoridades de saúde russas seriam capazes de vacinar este ano “60% da população”, o que considerou “um grande feito”.

Popova advertiu que a campanha de imunização deve ser organizada para que a maior parte da população russa esteja protegida no início do outono, quando habitualmente aumenta o número de infeções de doenças virais.

As autoridades russas apostam na vacinação como principal resposta à pandemia, uma campanha que começou em Moscovo a 5 de dezembro, com a vacina russa Sputnik V, e em todo o país em 15 de dezembro, para a população mais vulnerável.

A Rússia tem em marcha uma campanha de vacinação maciça contra o novo coronavírus com o fármaco Sputnik V, produzido pelo Gamaleya Center. De acordo com as autoridades sanitárias, o número de pessoas vacinadas já ultrapassa um milhão e meio.

Entretanto, o número de infeções na Rússia, o quarto país do mundo, depois dos Estados Unidos, Índia e Brasil, entre os países com maior registo de contágios pelo SARS-CoV-2, continua a diminuir. Ontem foram detetados 20.921 novos casos, o número mais baixo desde novembro. Destes, 2.351 não têm sintomas da doença.

As cidades com o maior número de infeções são Moscovo, com 2.668 casos e até sexta-feira à noite o foco principal da covid-19 na Rússia, e São Petersburgo, com 3,056 infetados.

A pandemia de covid-19 provocou mais de dois milhões de mortos resultantes de mais de 97,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Na Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, ao leme do comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. …

Governo aperta regras. Passageiros do Brasil ou Reino Unido têm de ter teste negativo e cumprir isolamento

Os passageiros provenientes do Brasil e do Reino Unido vão ser obrigados a apresentar um teste negativo e a cumprir 14 dias de isolamento profilático. A partir deste domingo, os passageiros provenientes do Brasil e do …

O primeiro hotel espacial mudou de nome (e deverá abrir em 2027)

Fechado em casa a sonhar com a próxima viagem? Esqueça as praias paradisíacas ou as grandes metrópoles. As férias do futuro podem vir a ser no Espaço. Tudo começou em 2019, quando a empresa californiana Gateway …

Testes rápidos esgotam na Alemanha no primeiro dia em que são postos à venda

O processo de vacinação na Alemanha continua lento. O Governo está a contar com a realização em massa de testes rápidos de antigénio para iniciar um plano de desconfinamento progressivo. As principais cadeias de supermercados …