Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira.

Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número de infeções bateu recordes na Rússia. Há duas semanas, o país contabilizava apenas algumas centenas de casos de infeção, mas tudo parece ter mudado.

Segundo o Público, em apenas 24 horas, as autoridades de saúde russas confirmaram 1.175 novos casos, um crescimento superior a 15%. Na segunda-feira, tinham sido divulgadas 1.154 novas infeções. Atualmente, o país conta já com mais de 8.600 infeções e 63 mortes.

Veronika Skvortsova, diretora da Agência Federal Biomédica, prevê que o pico de infeções seja atingido entre os próximos dez e 14 dias e que o número de casos comece a cair em meados de junho. A maioria dos casos concentra-se em Moscovo.

Os especialistas referem que o número real de infeções foi sempre bastante superior ao divulgado e uma das razões apontadas é a dificuldade burocrática em realizar testes.

Número de mortes diárias cai em Itália

O número de mortes em Itália voltou a diminuir esta quarta-feira, com as autoridades a registarem, nas últimas 24 horas, 542 mortes, um aumento de 3,2% que é inferior ao de 3,7% que se registou na terça-feira.

Em relação aos novos casos, a TSF dá conta de que se confirmaram mais 3.836, uma subida de 2,8%. Ao todo, já se registaram 17.669 mortes em solo italiano e a Lombardia é o epicentro da pandemia da covid-19, com quase 9.500 mortes, mais de metade das mortes em Itália.

As autoridades da Lombardia pediram várias vezes que as medidas de confinamento impostas aos 60 milhões de italianos sejam prolongadas por mais um mês, alertando para os riscos de baixar a guarda quando a pandemia parece ter começado o seu declínio.

Mais 938 mortes no Reino Unido

Mais 938 pessoas morreram infetadas nas últimas 24 horas no Reino Unido, um novo máximo diário, elevando para 7.097 o total de óbitos durante a pandemia covid-19, indicou o Ministério da Saúde britânico.

Na atualização dos dados feita esta quarta-feira, o número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus aumentou para 60.733 casos positivos, mais 5.492 do que no dia anterior. Na terça-feira, o balanço diário tinha registado um aumento recorde de 786 mortes e mais 3.634 novas infeções relativamente ao dia anterior.

Os números das mortes referem-se a pacientes diagnosticados com Covid-19 que morreram no hospital até às 17:00 da véspera e são compilados a partir de dados das direções regionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. O número de pessoas infetadas é contabilizado de forma diferente e inclui os diagnósticos feitos até às 09:00 de hoje.

Estas estatísticas não incluem mortes fora do hospital, como aquelas registadas em lares de idosos, e algumas podem não ser incluídas no balanço diário devido a atrasos no registo dos óbitos, refere o ministério da Saúde.

Perto de 13 mil mortes nos EUA

Os Estados Unidos ultrapassaram a barreira dos 400 mil casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo uma contagem da Universidade norte-americana Johns Hopkins que está a ser atualizada de forma contínua. O país tinha ultrapassado a barreira dos 300 mil casos de covid-19 no sábado passado.

Nos EUA, que é neste momento o país do mundo com mais casos registados da doença covid-19, pelo menos 12.912 pessoas morreram, até à data, devido a sintomas associados ao novo coronavírus.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cinco anos depois, Volkswagen nega reembolso a 125 mil portugueses lesados

A marca alemã Volkswagen respondeu à Deco Proteste, cinco anos após o caso "dieselgate", informando que não irá indemnizar mais consumidores, tendo em vista os processos judiciais em curso. Segundo noticiou esta sexta-feira a Madremedia, em …

Novo recorde em cinco meses. Mais 780 casos por covid-19 em Portugal

Portugal regista mais seis mortos e 780 casos de infeção por covid-19 esta sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Os números revelados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

"Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia". Costa pede cautela

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela. A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu …

13 de Outubro em Fátima "sim, mas sem peregrinos". Delegada de Saúde espera que a Igreja se "porte bem"

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defende que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima decorram "sem peregrinos", esperando que a Igreja se porte "tão bem" como aquando do …

Espanha acusa hackers chineses de roubarem informações de vacina contra coronavírus

O Centro Nacional de Inteligência (CNI) espanhol argumenta que hackers chineses terão, alegadamente, acedido a informações confidenciais sobre o desenvolvimento de uma vacina contra o novo coronavírus. A diretora do CNI, Paz Esteban, alerta para um aumento …

Tribunal de Loures. António Joaquim vai manter-se em liberdade

O Tribunal de Loures decidiu esta sexta-feira manter a medida de coação de termo de identidade e residência a António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, após um pedido …

Mesmo com o aumento de infetados, diminuir a quarentena para 10 dias é uma hipótese

A DGS deverá decidir em breve se o período de quarentena pode ser reduzido de 14 dias para apenas 10 dias, mas não para todos os casos. Para ficar menos tempo isolado é necessário cumprir …

Porfírio Silva vê “papel positivo” na candidatura de Ana Gomes, mas critica farpas a Costa

O dirigente socialista Porfírio Silva considera que a candidatura presidencial de Ana Gomes pode ser positiva se não cair na "armadilha" de se centrar no ataque a António Costa e se não "atropelar" o Estado …

Operação Lex. Três juízes acusados de corrupção. Luís Filipe Vieira vai ser julgado por um crime

Os juízes Rui Rangel, Fátima Galante e Vaz das Neves e o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, estão entre os 17 acusados da Operação Lex. Em causa estão crimes de corrupção, abuso de poder, …

Em tempos difíceis, Von der Leyen diz que “sempre vi em Portugal um forte aliado"

Numa entrevista, Ursula von der Leyen disse que Portugal terá “a tarefa de liderar” com a recuperação da pandemia quando chegar à presidência do Conselho da UE em 2021. E promete uma proposta “mais humana …