Roman Protasevich, de ativista adolescente a inimigo do governo da Bielorrússia

Toms Kalnins / EPA

Retratos de Roman Protasevich e Sofia Sapega durante um protesto em Minsk, Bielorrússia

O jornalista bielorusso Roman Protasevich, foi detido no passado domingo, depois de o avião da Ryanair onde viajava ter sido obrigado a aterrar em Minsk. Roman Protasevich é um ativista, que começou a partilhar as suas ideologias na internet quando ainda era adolescente.

Em 2012, aos 17 anos e ainda a frequentar o Ensino Secundário, foi detido por coordenar dois grupos na rede social russa Vkontakte contra o presidente Alexander Lukashenko. Um dos grupos tinha o nome “Estamos cansados deste Lukashenko”, que governa a Bielorrússia desde 1994, um ano antes do nascimento de Roman Protasevich.

Protasevich contou que foi agredido nos rins e no fígado. “Urinei sangue durante três dias. Fui ameaçado de que iria ser acusado de assassinatos não solucionados”, afirmou.



Durante o interrogatório, os agentes da Agência de Segurança da Bielorrússia, que ainda usam a sigla KGB, da época soviética, exigiram as palavras passes dos grupos de que fazia parte nas redes sociais.

Roman Protasevich trabalhou como fotógrafo para meios de comunicação social da Bielorrússia, e em entre 2017 e 2018 recebeu uma bolsa Vaclav Havel, para aspirantes a jornalismo independente.

O jornalista decidiu sair da Bielorrússia em 2019, depois de começar a trabalhar como para o canal opositor da aplicação Nexta (“Alguém”, em bielorrusso) do Telegram. Mais tarde, acabou por se tornar chefe dae redação do canal, que atualmente conta com mais de 1,2 milhões de assinantes.

O canal teve um papel muito importante na organização dos protestos contra o presidente Alexander Lukashenko, partilhando habitualmente detalhes como horários e datas das manifestações.

“Atividades terroristas”

Roman Protasevich vive entre a Polónia e a Lituânia, dois países que acabaram por se tornar centros de exilados bielorrussos, e é atualmente o editor do canal BGM, que conta cerca de 260.000 assinantes.

A sua companheira, Sofia Sapega, também foi detida no passado domingo, é estudante de Direito na Universidade Europeia de Humanidades (EHU) de Vilnius, capital da Lituânia.
O ativista fez a cobertura das eleições presidências de 2020, nas quais a representante da oposição, Svetlana Tikhanovskaya, enfrentou Lukashenko.

Após a vitória de Alexander Lukashenko, protestos sem precedentes explodiram no país, e as autoridades responderam com violência.

A Bielorrússia emitiu em novembro uma ordem de detenção contra Roman Protasevich, devido ao seu trabalho no Nexta, alegando que ele estava “envolvifo em atividades terroristas”.

No seu perfil no Twitter, Protasevich falou da situação num tom irónico, definindo-se como o “primeiro jornalista terrorista da história”.

Na Bielorrússia, em caso de condenação, a acusação por “atividades terroristas” pode resultar em pena de morte.

Quando o avião da Ryanair foi obrigado a aterrar em Minsk, os passageiros afirmam que ouviram Roman Protasevich a afirmar que “enfrentava o risco de pena de morte”.

O último tweet de Roman Protasevich foi no dia 16 de maio, tendo sido uma referência à cobertura fotográfica da visita de Tikhanovskaya a Atenas, cidade de onde partiu o voo da Ryanair, com destino a Vilnius.

// AFP

PARTILHAR

RESPONDER

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …

Trabalhadores da CP e IP iniciam hoje greve ao trabalho extraordinário e feriados

Os trabalhadores da CP - Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) entram este domingo em greve ao trabalho extraordinário e feriados, até 31 de agosto, por aumentos salariais. A greve, convocada pelo Sindicato …

Mesmo longe da Casa Branca, Trump foi o político republicano que mais arrecadou dinheiro em 2021

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump é o político do Partido Republicano que mais arrecadou dinheiro este ano, apesar de ter deixado o cargo a 20 de janeiro, segundo a imprensa local. Os comités políticos …

Marcelo satisfeito com reabertura “sensata”. Alívio das restrições arranca hoje

O levantamento gradual das restrições em função da vacinação contra a covid-19 arranca este domingo com regras aplicáveis em todo o território continental, inclusive o limite de horário de encerramento até às 2h00 para restauração …

Restos mortais de morcego-vampiro podem desvendar mistérios sobre a espécie extinta

A descoberta da mandíbula de um morcego que viveu há 100 mil anos pode ajudar a responder a algumas incógnitas sobre a espécie extinta. Os restos mortais foram encontrados numa caverna na Argentina. De acordo com …

Vacinação de crianças saudáveis está aberta à "livre escolha dos pais"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, salientou este sábado que as autoridades de saúde não proibiram a vacinação contra a covid-19 para crianças saudáveis, considerando que “esse espaço continua aberto à livre escolha …