Rio pede a António Costa para encerrar escolas já na quinta-feira

Mário Cruz / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, pediu esta quarta-feira ao primeiro-ministro, António Costa, que encerre as escolas, já a partir desta quinta-feira, como forma de conter a epidemia de covid-19.

“Faço-lhe um apelo público para que determine o encerramento das escolas” a partir de quinta-feira, escreve Rui Rio, em comunicado, no seguimento das notícias de que Costa “vai repensar, ainda hoje, a questão das aulas presenciais”.

Na mesma nota, escreve o jornal Público, o líder do PSD considera que, “desde o início ,que o PSD tem facilitado ao Governo todos os instrumentos de que ele necessita para o combate à pandemia”, apesar de o Executivo “pouco” o querer ouvir.

“Não nos quis ouvir, por exemplo, na possibilidade de adiamento das eleições, nem sequer no encerramento das escolas a partir do 6º ano”, pode ler-se na nota, que dá ainda conta que o Governo “decretou um confinamento muito permissivo, sendo que o funcionamento pleno das escolas é o caso mais evidente dessa permissividade”.

Rui Rio justifica ainda que faz este apelo através de um comunicado por se encontrar ainda a cumprir isolamento profilático: “Por força do confinamento a que ainda estou sujeito, tenho de o fazer por esta via, mas, se o comportamento político que tenho tido nesta grave crise nacional algum respeito lhe merece, espero que pondere com o seu sentido da responsabilidade este meu apelo“, acrescenta.

O apelo de Rio surge depois de Presidente da República ter afirmado que o Governo vai ponderar, entre esta quarta e quinta-feira, o eventual encerramento das escolas, podendo tomar uma decisão antes da sessão alargada com epidemiologistas.

Marcelo Rebelo de Sousa falava perante cerca de 50 alunos no auditório da Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, numa ação de campanha como candidato às eleições presidenciais do próximo domingo. Segundo o chefe de Estado, o Governo irá ponderar “se se deve esperar até à sessão com os epidemiologistas marcada para terça-feira” para tomar uma decisão sobre a manutenção ou não da abertura de escolas.

“É uma questão que se vai colocar entre hoje e amanhã [quinta-feira]”, acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa apontou como “dados adicionais relevantes” a ter em conta nessa decisão o crescimento de casos em Portugal da “variante britânica” do novo coronavírus e a “disseminação social nas escolas”.

“Essa ponderação muito serena tem de se fazer”, afirmou.

A TSF avançou também que o vai reunir-se ainda nesta quarta-feira com epidemiologistas.

O encontro será presidido pela ministra da Saúde, Marta Temido, e pela ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, que se encontrarão depois com o primeiro-ministro, quando este regressar de Bruxelas, onde discursou esta manhã.

A reunião com especialistas poderá servir para um eventual ajuste das medidas no novo confinamento, especialmente sobre o eventual encerramento das escolas.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Costa é casmurro, e está-se marimbando para docentes, alunos e afins.
    Aliás, aparentemente, até se está marimbando se morrem 100 ou 200 ou 10 por dia. A postura é igual.

  2. É esse o principal problema do Sr. Rui Rio, anda de mão estendida a pedir esmola ao Sr. Costa! Ó Sr. Rui Rio, não peça, EXIJA!!

RESPONDER

Governador de Nova Iorque volta a ser acusado de assédio sexual

O governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, foi acusado por outra ex-assessora de assédio sexual, que foi sua assistente executiva e conselheira de políticas de saúde até novembro do ano passado. Segundo noticiou no sábado o New …

Francisco Assis alerta Governo para riscos das raspadinhas

O presidente do Conselho Económico e Social (CES), Francisco Assis, vai promover um estudo sobre o impacto social do vício da raspadinha e informar o Governo, na esperança de que este repondere o lançamento da …

Mais de 75% dos refugiados sírios podem sofrer de stress pós-traumático

Mais de três quartos dos refugiados sírios podem estar a sofrer de distúrbios mentais, como transtorno de stress pós-traumático (TEPT), dez anos após o início da guerra civil no país. De acordo com um artigo do …

AVC foi a principal causa das 112.334 mortes em 2019

As doenças circulatórias foram as principais causas das 112.334 mortes verificadas em Portugal em 2019, divulgou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística, assinalando que a mais mortífera foi o acidente vascular cerebral (AVC). Em 2019, …

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …