Rio “nunca se mostrou disponível” para uma coligação de direita

António Cotrim / Lusa

O líder parlamentar do CDS-PP, Nuno Magalhães

O líder da bancada do CDS, Nuno Magalhães, acredita que, apesar de não ser provável, “é possível” conseguir uma maioria de 116 deputados à direita. E não fecha a porta a ser candidato à liderança do CDS.

Em entrevista ao jornal Público, Nuno Magalhães, líder da bancada do CDS, assegura que o partido “não será a muleta de António Costa” caso este precise de uma coligação para viabilizar um Governo.

“O CDS já foi muito claro e tem uma marca distintiva em relação a qualquer outro partido, nomeadamente ao PSD. Com este PS, o CDS não será a muleta de António Costa. António Costa fez a sua opção, uma opção à esquerda mais à esquerda. Neste momento, António Costa joga em vários tabuleiros, ora é com o PCP, ora com o Bloco, ora com o PSD e até ao PAN pisca o olho”, declarou.

O cabeça-de-lista por Setúbal considera também que a direita ganharia em fazer “uma coligação de direita“, que incluísse o CDS, o PSD e o Aliança, mas Rui Rio “não o desejou”.

“Acho que o centro-direita português, e estou a incluir o PSD e o Aliança, ganharia até do ponto de vista aritemético, por causa do método de Hondt, em fazer uma coligação. Isso não foi possível por aquilo que eu vi e li, porque o presidente do PSD não desejou”, afirmou Nuno Magalhães.

“Noto que a atual direção do PSD, e o atual presidente do PSD, nunca se mostrou disponível”, acrescentou ainda, distinguindo tal postura da posição da líder centrista, Assunção Cristas. “A presidente do CDS sempre disse que estaria disponível para qualquer solução que propiciasse os 116 deputados.”

Sobre este número, o líder da bancada centrista acredita que é possível à direita recuperar a maioria parlamentar. “Se me pergunta se é provável, eu diria que não. Se é possível, é. Não vou para a campanha a pensar no pior cenário, vou a pensar no melhor.”

Na mesma entrevista ao diário, Nuno Magalhães defendeu que o partido tomou a atitude certa ao assumir-se mais à direita durante a campanha para as eleições europeias, optando por um discurso definido pelo órgão nacional do partido “direcionado para o eleitorado mais tradicional no CDS”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-governador do Rio de Janeiro libertado. Luiz Pezão passará a usar pulseira eletrónica

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) brasileiro libertou na terça-feira o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, substituindo a sua prisão preventiva por medidas cautelares alternativas, como uso de pulseira eletrónica, anunciaram fontes …

EUA, Canadá e México assinam revisão do NAFTA. Pacto comercial tem 25 anos

Representantes dos Estados (EUA), do Canadá e do México assinaram na terça-feira uma nova revisão do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), um pacto comercial entre os três países, que já tem 25 anos. Segundo noticiou …

Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade. As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de …

Trabalhadores dos Registos em greve a 26, 27 e 28 de dezembro

O Sindicato Nacional de Registos vai estar em greve contra o decreto-lei aprovado pelo Governo, acusando Marcelo Rebelo de Sousa de não ter tido "sensibilidade na análise do diploma do sistema remuneratório". O Sindicato Nacional de …

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …

Greta Thunberg é a "Personalidade do Ano" da revista Time

Greta Thunberg é a “Personalidade do Ano” mais jovem alguma vez escolhida pela revista Time. A capa da edição de 23 de dezembro foi divulgada esta quarta-feira. A revista norte-americana Time elegeu a ativista climática sueca …

Erupção do Whakaari. Nova Zelândia encomendou 120 metros quadrados de pele para tratar os feridos

A Nova Zelândia já encomendou 120 metros quadrados de pele humana aos Estados Unidos para tratar os 30 feridos do vulcão Whakaari, na Ilha Branca. Cirurgiões neozelandeses têm trabalhado sem parar dado o número de queimados …