Ricardo Salgado assume responsabilidades na situação do grupo Espírito Santo

(dr) BES.pt

Ricardo Salgado, presidente do BES

Ricardo Salgado, presidente do BES

O presidente do Banco Espírito Santo, Ricardo Salgado, assumiu numa entrevista publicada esta quinta-feira ter responsabilidades nos problemas financeiros que o grupo atravessa, e admitiu que os acionistas deveriam ter prestado mais atenção à parte não financeira.

Numa entrevista hoje publicada pelo Jornal de Negócios, Ricardo Salgado afirmou que os problemas na Espírito Santo International (ESI) tiveram como base uma menor atenção dada à área não financeira do grupo desde 2008, devido à crise.

O Banco de Portugal detetou irregularidades nas contas da ESI e concluiu, com base numa auditoria divulgada na quarta-feira, que a situação financeira é grave.

A conclusão do Banco de Portugal consta do prospeto do aumento de capital do BES divulgado na CMVM, no qual é acrescentado que a holding está num processo de reorganização.

Na entrevista ao Negócios, Ricardo Salgado sublinha que “o grupo cometeu erros“.

“A crise bateu forte e bateu forte no grupo. As necessidades de concentração das nossas atenções e esforços no setor financeiro, principalmente a partir de 2008, levaram a uma menor atenção na área não financeira“, afirmou o líder do BES.

“Todos nós cometemos erros e eu assumo que o grupo cometeu erros, mas erros provocados pela nossa estrutura e organização no topo, à qual deveríamos ter prestado mais atenção”, acrescentou.

De acordo com Ricardo Salgado, embora a ESI seja a holding de topo do grupo e onde se sentam os cinco principais acionistas, todos são da área financeira.

No entanto, “a necessidade de concentração e de tempo para dar a volta à crise levou a que não tivéssemos prestado atenção à nossa organização administrativa, financeira e contabilística no topo do grupo”, disse.

Segundo Ricardo Salgado, os problemas apanharam os acionistas “desprevenidos e despreparados” para a situação, devido à dispersão enorme de atividades e holdings que o grupo tinha.

“Nunca ninguém nos disse que tínhamos de consolidar as holdings. O nosso responsável pela área dizia que só com 30% do capital a exigir a consolidação é que nós devíamos fazer a consolidação”, adiantou o fundador do BES, admitindo que os acionistas perceberam depois que não era assim e que “havia uma parte da dívida que estava mal contabilizada“.

Decisão não foi do BdP

Sublinhando que o grupo começou de imediato a fazer uma reestruturação, Ricardo Salgado garantiu que a análise das empresas mostrou “que o grupo é sustentável” e que “a dívida é sustentável”, mas que tinha de constituir uma provisão.

“Foi a Pricewaterhouse, como auditor, que propôs uma provisão de 600 milhões. O Banco de Portugal imediatamente ordenou uma auditoria à ES International, uma auditoria especial à KPMG. E A KPMG propõe uma provisão de 600 milhões”, lembrou.

“O que ficou decidido é que iríamos constituir uma provisão de 700 milhões. Então foi o grupo – já vi muitas vezes escrito que foi o Banco de Portugal – que decidiu que a provisão devia ser toda no ESFG [Espírito Santo Financial Group]”, referiu Ricardo Salgado.

O BES publicou na terça-feira à noite o prospeto do aumento de capital de até 1.045 milhões de euros, no âmbito do qual o banco vai emitir até 1.607 milhões de novas ações, ao preço de 0,65 euros cada uma.

Segundo o ESFG, a provisão extraordinária nas contas de 2013 foi feita devido à preocupação de que várias empresas não financeiras do grupo Espírito Santo, caso da Espírito Santo International, não tenham capacidade de reembolsar o papel comercial colocado junto de clientes do BES.

O prospeto do aumento de capital refere ainda que a Espírito Santo International tem “em marcha um programa de reorganização do seu grupo e de desalavancagem” para “reequilibrar a sua situação financeira” e “proceder ao reembolso do passivo”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …